fbpx
Revista Attalea Agronegócios
EVENTOS - DESTAQUES Outros Grãos

XIII Congresso Nacional de Feijão começa no dia 28 e será totalmente virtual

A Embrapa realizará, entre os dias 28 e 30 de outubro, o XIII Congresso Nacional de Pesquisa de Feijão (CONAFE). O objetivo geral do evento é ser um fórum para apresentações e debates sobre inovações em tecnologias e negócios, possibilitando a atualização de todos os profissionais e produtores envolvidos com a cultura, visando o fortalecimento dos elos da Cadeia de Valor do Feijão.

Realizado pela Embrapa Arroz e Feijão, o Conafe tem entre os seus palestrantes, como de costume, os maiores nomes da pesquisa do feijão e da Agricultura, como o ex-ministro Alysson Paulinelli, principal responsável pela modernização de desenvolvimento da Embrapa, indicado nesse ano para o Prêmio Nobel da Paz, em virtude de seu trabalho junto à Agricultura e toda a sua contribuição para a sustentabilidade da alimentação no Planeta.

1º DIA
Em sua participação, Alysson Paulinelli levantará a discussão acerca das inovações tecnológicas da Agricultura 4.0 e como elas podem contribuir com a produção de grãos na lógica da integração sustentável. A conferência irá demonstrar ao público como a integração de todas estas tecnologias pode contribuir para que o Brasil continue a ser protagonista da produção de grão de feijão, além de incrementar a exportação.

Além desse, a programação do primeiro dia traz palestras que abordarão os seguintes temas: “Controle de doenças”, “Automação na Produção de Grãos”, “Biotecnologia no Melhoramento de Feijão”, “Riscos Agroclimáticos para a Cultura do Feijão”, “Tradição Japonesa e Soluções para a Cultura do Feijão”, entre outros.

2º DIA
A abertura do dia 29 será com a conferência “Intensificação Sustentável: O Papel do Manejo do Solo nos Sistemas Agrícolas” e o tema será apresentado por João Carlos de Moraes Sá, professor da Universidade Estadual de Ponta Grossa, no Paraná. A palestra dará ênfase no papel fundamental das boas práticas de manejo para aumento de produtividade e estabilidade de produção; resiliência a estresses bióticos e abióticos; e aumento da eficiência do uso de insumos. Com destaque para o Sistema de Plantio Direto e diversificação de culturas, João Carlos apresentará exemplos de como a melhoria da qualidade do solo (química, física e biológica) impacta positivamente a produtividade e rentabilidade das culturas, incluindo feijão. 

Entre os temas seguintes, estão: “Proteção do início ao Fim contra as Doenças do Feijão”, “Dessecação Pré-Colheita”, Solução para os Problemas Fitossanitários”, “Manejo de Nutrientes como Fator de Sustentabilidade”, “Nutrição na Baixa Transpiração” e “Cultivares de Feijão para Diferentes Regiões do Brasil”.

3º DIA
O dia 30 se inicia com o Painel “Desafios e Soluções para a Produção de Feijão nas Principais Regiões Produtoras”, com as palestras de Edson Antônio Pina, engenheiro Agrônomo na Agro-Sistemas; Hélio Orides Dal Bello, Diretor Presidente da Associação Brasileira de Consultores de Feijão (ABC Feijão); Taurino Alexandrino Loiola, engenheiro agrônomo e extensionista; e Luís Cláudio de Faria, pesquisador da Embrapa Arroz e Feijão; que abordarão, respectivamente, questões referentes ao Estado do Mato Grosso, Regiões Centro-Oeste e Sudeste, Região Sul e Região Nordeste. Em seguida, acontecerá o debate sobre o assunto discorrido.

Após esse painel, acontecerá o lançamento do livro “Arroz e Feijão: Tradição e Segurança Alimentar”, editado pelos membros do corpo técnico da Embrapa Arroz e Feijão, Carlos Magri Ferreira e José Alexandre Freitas Barrigossi. Entre outras questões, a obra aborda o alimento como fator mais importante na determinação das condições de saúde da população, estimando que metade da carga global de doenças se deva à alimentação não saudável. Sobre isso destaca-se que, no século atual, tem predominado a troca de padrões alimentares tradicionais das sociedades — a alimentação conhecida como “comida de verdade”, por padrões baseados no consumo de produtos ultraprocessados.

Os momentos que darão continuidade ao Congresso nesse dia são: “O Uso de Microorganismos Benéficos no Manejo do Feijoeiro”, “Tendências e Oportunidades para o Mercado do Feijão-Comum”. Logo após, virão a Cerimônia de Premiação dos melhores trabalhos inscritos no Evento e as Homenagens a expoentes da Cultura do Feijão. Em seguida, acontece a assembleia de encerramento do XIII Conafe.

Veja a PROGRAMAÇÃO completa

PARA O MUNDO
Pela primeira vez em ambiente virtual, o Conafe abordará temas relacionados à pesquisa, automação de processos, manejo da cultura, fitossanidade, nutrição de plantas, microrganismos benéficos, impactos do clima na produção de grãos, intensificação sustentável, biotecnologia, melhoramento genético, consumo e mercado, entre outros. O Conafe recebe, como público, os mais variados atores da Cadeia Produtiva do Feijão. São pesquisadores de instituições públicas e privadas, professores, estudantes, produtores, consultores e profissionais da indústria do feijão, que vêm em busca de conhecer as inovações sobre o tema. Nesta edição, por se realizar em ambiente virtual, a pesquisa rompe fronteiras e as informações e o conhecimento estarão ao acesso de pessoas interessadas de todo o Planeta. 

O Evento é realizado pela Embrapa Arroz e Feijão, com patrocínio da Basf, IHARA, Syngenta, Bayer, Camil, Senar Goiás e ICL, apoio da Emater-Goiás e organização da Win Eventos.

Related posts

Agrishow: Centro do IAC referência mundial sobre defensivos agrícolas apresentará seus projetos

Revista Attalea Agronegócios

26º Seminário do Café 2018 agradou com novo formato e interatividade do público

Revista Attalea Agronegócios

Expozebu 2021 terá painéis técnicos com a participação de grandes pesquisadores

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário