CaféCafé e Mercado

[ATLANTICA COFFEE] – Relatório Semanal 10 Mai 2024

EQUIPE ATLANTICA COFFEE
[Relatório Semanal – 06 a 10/05/2024]
Somos uma Trading Company do Grupo Montesanto Tavares, o maior grupo de café do Brasil
que atua em todas as etapas da cadeia cafeeira, desde a
produção dos cafés até a comercialização dos blends no exterior.
As empresas do GMT (Atlantica Coffee, Ally Coffee, Cafebras, Armazéns Gerais Leste de Minas e

as fazendas do GMT Farms) estão localizadas na América do Sul,
Europa, América do Norte e atuam em todos os continentes.
www.atlanticacoffee.com/blog

KCNY e câmbio 

O mercado de café trabalhou entre 192,15 e 203,60 centavos de dólar por libra peso na bolsa de Nova York nesta semana, para o vencimento julho/24, com uma volatilidade de 1145 pontos. O início da colheita da safra do arábica brasileiro tende a pressionar as cotações, mas as preocupações com a oferta global de café e o impacto do clima nas lavouras de ambas as variedades continuam sendo pontos de atenção para o mercado cafeeiro. 

Evolução das cotações do vencimento julho/24 desde 01/01/24. Fonte: Barchart.

Na quarta-feira (08), o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu o ritmo das flexibilizações e reduziu somente em 0,25 p.p a taxa de juros, que passa a ser 10,50% ao ano, sendo esta a sétima redução seguida. Sendo assim, o dólar ficou cotado entre R$5,0487 e R$5,1767, com o real perdendo força diante da moeda americana. 

A Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) divulgou na última sexta (03) o relatório com posicionamento de Traders no mercado, referente à semana encerrada na terça (30), que pela segunda semana seguida diminuíram seu saldo líquido comprado em 1.729 lotes, para um total de 48.976 lotes contra um saldo anterior de 50.705 lotes. Nesta sexta (10) foi divulgado o relatório com os dados referente ao encerramento da última terça (07) mostrando venda de 5.633 lotes, permanecendo um total de 43.343 lotes comprados. 

Os estoques certificados continuam aumentando, apresentando um aumento de quase 80 mil sacas no último mês, e nesta semana ultrapassaram as 700 mil sacas, encerrando esta sexta-feira (10) em 711.871 sacas de 60kg. Restam, atualmente, 94.734 sacas pendentes de aprovação. 

JULHO/24: Mín: 192,15 | Máx: 203,60 | Último: 201,15 
BRL/USD: Mín: 5,0487 | Máx: 5,1767| Último: 5,1563 

*Dados até a finalização deste relatório 


CLIMA

Um ciclone extratropical deverá se formar neste final de semana no litoral da região Sul do Brasil dando origem a uma nova frente fria. A frente fria deverá ficar parcialmente estacionária no litoral da região Sul até quarta-feira, dia 15. A frente fria deverá avançar ao longo do litoral da região Sudeste entre os dias 16 e 17, mas não deverá causar mudanças nas condições do tempo nas regiões cafeeiras. 

Portanto, a massa de ar quente e seco deverá continuar predominando nos próximos dias nas regiões cafeeiras, sem previsão de chuvas e quedas das temperaturas. 


MERCADO DOMÉSTICO e FOB

A colheita já se iniciou em algumas regiões produtoras e já é possível ver ofertas de cafés novos em regiões como a Zona da Mata e Sul de Minas. Apesar disso, no mercado interno o ritmo de negociações ocorreu conforme necessidade, visto as bases descasadas entre compradores e vendedores, o que pode resultar em perdas para a ponta compradora que deixou para repor seus embarques no curto prazo. No FOB, as negociações seguem pontuais conforme necessidade, com os vendedores cautelosos e compradores aguardando melhores diferenciais. 

No mercado interno, as pedidas dos vendedores são como abaixo: 

  • Bebida dura bica good cup na casa de R$1.120,00; 
  • Bebida dura bica fine cup perto de R$1.180,00; 
  • Rio Minas bica corrida com 25 de cata perto de R$980,00; 
  • 600 defeitos na casa de R$980,00; 

LOGÍSTICA

  • Em abril, o Porto de Santos (SP), que é o principal ponto de escoamento do café no Brasil, registrou que 95 navios destinados à exportação do produto, o que representa cerca de 80% do total, enfrentaram atrasos ou precisaram modificar suas escalas. O maior período de atraso registrado foi de 30 dias, desde a abertura do primeiro até o último prazo estipulado. As informações foram divulgadas no mais recente Boletim Detention Zero (DTZ), fruto da colaboração entre a ElloX Digital e o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). 
  • As interrupções no transporte de contêineres pelo Mar Vermelho estão em ascensão, conforme relatado pela Maersk nesta segunda-feira. A empresa prevê que isso resultará numa redução de até 20% na capacidade do setor entre a Ásia e a Europa durante o segundo trimestre. Desde dezembro, a Maersk e outras empresas de transporte marítimo têm desviado suas embarcações em torno do Cabo da Boa Esperança, na África, para evitar ataques dos Houthi no Mar Vermelho. Os aumentos nos tempos de viagem têm levado a um aumento nos custos de frete. As informações foram divulgadas pelo portal Notícias Agrícolas. 

Navios com saída nas próximas 4 a 6 semanas já apresentam pouco alocação para novas reservas. Nesta semana as operações não foram afetadas por falta de container. 

Related posts

[Marcelo Fraga Moreira] – “Os fantasmas da recessão e da inflação assombram os mercados”

Mario

[Davi Moscardini] – Considerações sobre o fósforo na implantação do cafezal

Mario

InovaCafé recebe cafeicultores de nove países da América Latina

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais