fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Cana de Açúcar

Matura+, solução da Ubyfol para nutrição da cana-de-açúcar, apresenta performance acima da média 

Resultados comprovados em estudo de campo realizado nos estados de São Paulo, Goiás e Minas Gerais reforçam os investimentos em tecnologia e a importância do segmento de cana para a companhia   

A Ubyfol, multinacional brasileira líder no segmento de nutrição vegetal para cana-de-açúcar, oferece aos produtores solução para aumentar o potencial produtivo da cana. Além de contar com uma aplicação que proporciona bastante praticidade ao produtor, Matura+ tem se destacado por sua performance acima da média do mercado.   

De acordo com testes realizados pelo time da Ubyfol em 20 áreas, nos estados de São Paulo, Goiás e Minas Gerais, durante a safra 20/21, o uso de Matura+ elevou de maneira significativa os rendimentos na cultura de cana, comprovando o aumento de produtividade. Foram comparados resultados de área padrão (sem uso de nutrição na fase de maturação) com cultivos que receberam a aplicação de Matura+ no momento da maturação.  

Em relação à tonelada de cana por hectare (TCH), a área padrão rendeu 113,7 toneladas por hectare, enquanto nas áreas onde foi usado Matura+ o rendimento foi de 123,3 toneladas por hectare, o que representa um ganho médio de 9,6 em TCH. Já em relação produtividade média de açúcar por hectare (TAH), a área padrão apresentou índice de 16,9 toneladas e a área cultivada com Matura+, rendimento de 18,6 toneladas, um ganho médio de 1,7 tonelada por hectare.  

“A Ubyfol constantemente busca oferecer as melhores soluções ao segmento sucroalcooleiro, alinhada ao papel de destaque que a cana desempenha no agronegócio brasileiro. O Matura+ é um dos principais exemplos disso, uma solução fruto de investimento em pesquisas que melhora o índice de tonelada de açúcar por hectare (TAH), colaborando, naturalmente, para uma maior produção de açúcar e etanol”, ressalta Michel Piemonte, coordenador de desenvolvimento técnico de mercado da Ubyfol. 

O coordenador ainda destaca que, com a utilização dos nutricionais da Ubyfol no período vegetativo e com o Matura+ no momento da maturação, foi possível construir uma base forte e obter ganhos na qualidade industrial, tanto para o açúcar quanto para o etanol. “Esses são os resultados de dois anos de um intenso trabalho de pesquisa com a Professora Dra. Márcia Justino Rossini Mutton, da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias/Unesp, que vem proporcionando informações bastante relevantes sobre os benefícios destas tecnologias nutricionais ao produtor”, completa Piemonte. 

Matura+ oferece praticidade ao produtor e garante maior eficiência no processo de maturação da cana. Com o intuito de oferecer ainda mais versatilidade e praticidade ao produtor, o produto tem formulação líquida, o que facilita a precisão nas dosagens. O fósforo, um dos componentes-chave da fórmula, fornece mais energia para a planta e proporciona maior rendimento de cana por hectare e, consequentemente, mais produção de açúcar por hectare.  

Segurança e cuidados na aplicação 

A aplicação do Matura+ é feita de 30 a 40 dias antes da colheita, e pode ser realizada junto com maturadores químicos, sempre respeitando o período de carência de cada produto. É muito importante que todas as orientações de uso do produto sejam seguidas, conforme indicação na bula e no rótulo, para que sejam garantidas a eficiência no canavial e a segurança dos aplicadores.  

Os equipamentos de proteção individual (EPIs) devem sempre ser utilizados durante a manipulação das embalagens, a preparação da calda e a aplicação de Matura+.

Em caso de dúvidas, a Ubyfol disponibiliza uma central de atendimento para fornecer informações sobre seus produtos: informacao@ubyfol.com.br

FONTE: Ana Caroline Carvalho – KETCHUM
 anacaroline.carvalho@ketchum.com.br 

Related posts

Ubyfol apresentará na Agrishow linha de produtos para o setor canavieiro

[Arnaldo Luiz Corrêa] – Mercado do Açúcar – 12 a 16 de Novembro 2018

Revista Attalea Agronegócios

China se prepara para adotar 10% de etanol na gasolina

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário