fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Cana de Açúcar Política Agrícola

China se prepara para adotar 10% de etanol na gasolina

Na linha de melhorar a qualidade do ar nas grandes cidades, a China está em fase de aprovação de uma nova lei que pode fazer a felicidade dos produtores de álcool pelo mundo inteiro: ela visa obrigar o uso de 10% de etanol misturado na gasolina do país, segundo adiantou o Broadcast/Estadão.

Essa informação foi discutida no último dia 07 de agosto, em Pequim, com o secretário da Agricultura paulista, Gustavo Junqueira (Foto) e com Marcello Ometto da Única, durante conversa que ambos tiveram com representantes da Anfavea local (CAAM).

A intenção, inclusive, é de “estabelecer uma parceria Brasil-China para testar carros brasileiros flex fuel e também estudar a transferência de tecnologia de produção do etanol de cana e milho”, detalha Junqueira.

Ele lembra, também, que isso significa grande potencial de investimento no setor de cana de açúcar, aumento da produção de milho e recursos aplicados em novas destilarias de etanol de milho.

Se de fato a China adotar o padrão de 10% de etanol na gasolina, isso vai representar uma revolução no setor de biocombustíveis e no agro brasileiro.

O Brasil produz e consome, atualmente, algo como 30 bilhões de litros de etanol / ano. Com 10% de mistura, a China responderia por uma demanda extra mundial de 15 bilhões de litros.

Na fabricação de veículos, o plano dos chineses, segundo os dois interlocutores, é dobrar o número de carros dos atuais 240 milhões para 500 milhões. E desses, segundo informações lá recebidas, a indústria vai conseguir fabricar, contribuindo para a limpeza do ar, um limite de 30% de veículos elétricos.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Related posts

Emater-MG firma parceria para ampliar a assistência técnica e o crédito rural em Minas Gerais

Censo nacional de variedades de cana realizado pelo IAC reforça redução da concentração varietal

Revista Attalea Agronegócios

Produtores de cana denunciam favorecimento de indenizações para usinas

Deixe um comentário