Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
EVENTOS - DESTAQUES Política Agrícola

Agrishow 2019: Governo do estado de SP apresenta em dois espaços projetos inovadores para o agronegócio paulista

Pela primeira vez, em 26 edições da Agrishow – Feira Internacional de Tecnologia Agrícola, em Ribeirão Preto, o Governo do Estado de São Paulo conta com estande central no circuito principal do público da feira, que ocorre de 29 de abril a 03 de maio, em Ribeirão Preto (SP).

Além desse estande central, o Governo de SP tem, como nas edições passadas da Agrishow, a área da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, mas desta vez totalmente repaginada apresentando projetos inovadores para modernizar o agronegócio paulista.

“Queremos mostrar ao público da Agrishow as inovações que estamos trabalhando para acelerar o desenvolvimento rural sustentável do nosso estado”, afirma o secretário de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo, Gustavo Junqueira.

Reconhecendo e confirmando a relevância do agronegócio para SP e para o País, o Governador João Doria faz anúncios para o setor em coletiva de imprensa na segunda-feira (29/4), às 16h, no estande do Governo do Estado de São Paulo, localizado à rua 15, entre A e B.

A Agrishow será palco para diversos anúncios do Governo de SP que buscam levar cidadania ao cidadão do campo. O principal projeto a ser lançado na feira tem o intuito de mapear as estradas do estado de São Paulo e disponibilizar para a população da zona rural a localização de sua propriedade, garantindo a oferta de serviços públicos, como saúde e segurança, além de facilitar a atuação de empresas privadas, cooperativas e associação de produtores. É o programa Rotas Rurais, em parceria com a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag) e Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Outro importante projeto para melhorar a vida do cidadão do campo será anunciado na terça (30/4), em reunião com cerca de 80 prefeitos da Região Metropolitana de Ribeirão Preto. A ideia é celebrar um convênio entre a SAA e prefeituras para a execução do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, integrando esforços para promover o desenvolvimento agropecuário e agroindustrial sustentável e proporcionar qualidade de vida aos paulistas, reconhecendo, apoiando e premiando os municípios que apresentarem os melhores resultados.

Durante a semana de Agrishow, a SAA também apresenta números atualizados do LUPA – Levantamento de Unidades de Produção Agropecuária, o censo rural de São Paulo. Informações de uso e ocupação do solo, dados socioeconômicos, tecnologias associadas a cada exploração agropecuária, máquinas e equipamentos, benfeitorias e instalações, acesso a programas governamentais e ao crédito rural são alguns dos dados compilados pelo sistema.

Outras iniciativas e ações serão lançadas em conjunto com demais pastas do estado, como as secretarias de Infraestrutura e Meio ambiente e Desenvolvimento Econômico.

Inovações tecnológicas para modernizar o agro paulista

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo apresenta na Agrishow novidades desenvolvidas para aumentar a produtividade, como novas variedades de cana-de-açúcar de alto desempenho (15% a mais de ganhos industriais) e longo período de utilização industrial, característica que flexibiliza a época da colheita.

Lança também a cultivar de feijão IAC 1850, que apresenta tolerância ao escurecimento do grão, importante atributo para toda a cadeia de produção, inclusive para o consumidor, que não quer um feijão escuro; além de um novo híbrido de milho para canjica e ração, exposição de sementes e mudas e de um minissilo de metal automatizado.

O cultivo sem defensivos químicos ganha força também com a nova variedade de amendoim orgânico a ser lançada na feira, ao lado da produção de café também sem agroquímicos – com a utilização de vermes de solo, além de técnicas de controle biológico como um todo. A Secretaria de Agricultura apresenta ainda seus trabalhos com ácaros predadores para controle de ácaros pragas no cultivo do café. Será feito também o lançamento do aplicativo “Gedave Agrotóxicos”, que faz o monitoramento de cada grama desses produtos vendido em território paulista.

A preocupação com os defensivos é o que motiva também uma série de iniciativas com ênfase na aplicação sustentável de agroquímicos: Adjuvantes da Pulverização, Aplique Bem, IAC-Quepia e Unidade de Referência são algumas das mais importantes medidas já adotadas no Brasil com objetivo de preservar a saúde do trabalhador rural.

A sanidade ganha espaço na Agrishow com a abertura da campanha de vacinação contra a febre aftosa em São Paulo, que pretende imunizar 11 milhões de bovídeos entre os dias 1 e 31 de maio. Na área vegetal, o destaque é uma técnica que viabiliza produção de maracujá em áreas contaminadas com a morte prematura.

A alimentação é outro tema que a SAA leva à Agrishow, com uma biblioteca digital de alimentação saudável que pode ser acessada por QR Code e avaliação sensorial de café tradicional, gourmet e superior. Um dos grãos mais importantes do estado ganha um lugar todo dele: o Espaço Café de São Paulo, onde estarão expostas pesquisas, tecnologias, inovações e ações de extensão rural para a área de café.

A carne também marca presença, com o evento “Comercializar eis a questão…”, no dia 2 de maio, na Arena do Conhecimento, reunindo importantes representantes do setor para discutir e apresentar informações que auxiliem os pecuaristas nas tomadas de decisões que impactem em melhores resultados no momento da comercialização da carne.

Powered by Rock Convert

Related posts

Recolhimento do FUNDESA é nova opção para pecuária em Minas Gerais

Revista Attalea Agronegócios

41º EXPOINTER: Trator estreito da Case IH preparado para fruticultura

Revista Attalea Agronegócios

Evento “HORIZONS” discute as tendências da produção de alimentos no Brasil e no mundo

Deixe um comentário