fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Café EVENTOS - DESTAQUES Máquinas e Implementos

1ª ALTA CAFÉ supera expectativas e deve fechar com R$ 30 mi em negócios

Por: CASA DA COMUNICAÇÃO

Feira termina nesta quinta-feira, no Villa Eventos, com entrada gratuita. São 89 expositores em uma área coberta de 3 mil metros

A 1ª ALTA CAFÉ (Feira de Negócios e Tecnologia da Alta Mogiana) deve encerrar nesta quinta-feira, 5 de março, com R$ 30 milhões em negócios concretizados. O montante corresponde às vendas em andamento e já realizadas pelos 89 expositores durante o evento, que contou com a presença do secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira, na abertura.

A primeira edição da ALTA CAFÉ é uma realização do Sindicato Rural de Franca e a AEAGRO (Associação dos Empreendedores do Agronegócio de Franca e região) e acontece desde a última terça-feira, 3 de março, no Villa Eventos. A entrada e o estacionamento são gratuitos.

Com a proposta de levar conhecimento e oportunidade de negócios para os cafeicultores, a ALTA CAFÉ apresenta inovações em máquinas e implementos agrícolas, novidades em sistemas de irrigação, motores e bombas, tecnologia para agricultura de precisão (drones, app e robôs), agroquímicos e agrobiológicos, tecnologia em energia e veículos automotores.

José Henrique Mendonça (presidente da feira e da AEAGRO) e José Reynaldo, o Zecão (Colorado Máquinas – John Deere)

Segundo o presidente da feira, José Henrique Mendonça, apenas no primeiro dia a feira superou o esperado para os três dias. “Estamos muito felizes, pois no primeiro dia alcançamos o movimento que imaginávamos para toda a feira. Ultrapassou a nossa expectativa tanto em negócios como em público”. Mendonça diz que ainda que muitas empresas já estão em contato para participar da próxima edição da ALTA CAFÉ que acontecerá em 2021 e será lançada em breve.

Gerente comercial da Colorado Máquinas, Leandro Jesus, diz que o resultado surpreendeu a equipe. “O primeiro dia de feira foi excelente. Além das vendas fechadas, muitos orçamentos foram feitos e as negociações estão em andamento. E não é só em maquinários, também negociamos soluções para agricultura de precisão e serviços”.

O gerente comercial do Grupo Vamos – Valtra, Rodrigo Segalla, também só tem elogios para a feira. De acordo com ele, desde o estacionamento, passando pelo credenciamento e a estrutura montada facilitaram o acesso dos expositores e visitantes. “Tudo ocorre sem complicações, de maneira simples e isso é muito bom. Em um dia de feira, tivemos um número de negócios que corresponde a 15 dias de trabalho na loja”.

Workshop

Outro destaque da ALTA CAFÉ é a realização de um workshop que tem como tema central “Tecnologia e Inovação na Produção Cafeeira”. As explanações começaram na terça-feira, 3 de março e seguem até amanhã, 5 de março, com intervalos de aproximadamente 45 minutos. Assuntos como tecnologias para cafeicultura sustentável de alta produtividade, o uso de ozônio no cultivo de café, agricultura digital, manejo monitorado e irrigação e clones de cafeeiros foram abordados no primeiro dia.

A economista Celina Ramalho foi uma das palestrantes do dia e ressaltou a importância de associar prática e teoria durante a feira. “É importante ter a ciência para bem utilizar os equipamentos. O produtor busca esse conhecimento”.

Para o palestrante Oliveiro Guerreiro Filho, a agricultura, em especial a de café, está cada vez mais pujante e moderna e é importante que aja um elo entre todos da cadeia cafeeira. “Uma feira como essa que divulga a tecnologia de máquinas e equipamentos também precisar oferecer informação, ter a parte técnica”. Nesta quinta-feira, as palestras abordarão a, a organização de países produtores do café e o perfil do profissional de agronomia.

Com entrada gratuita, a 1ª ALTA CAFÉ acontece das 8 às 17 horas, no Villa Eventos e reúne 89 expositores. O local conta ainda com restaurante, praça de alimentação, cafeterias e a presença de cinco instituições financeiras com condições especiais para produtores.

Related posts

“Cafeicultor tem que se profissionalizar” garante Wilson Goto, da Yara Internacional.

Tecnoagro 2019: SuperBAC na maior feira de inovação e tecnologia agropecuária do Mato Grosso do Sul

[Escritório Carvalhaes] – Boletim semanal – ano 85 – n° 42

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário