Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Bovinos de Leite EMPRESAS

Os benefícios da introdução do facilitador de secagem de vacas leiteiras nas fazendas

Velactis traz ganhos em manejo, saúde do úbere e bem-estar

Com o advento das práticas de bem-estar animal, o setor de pecuária repensou a secagem das vacas leiteiras em busca de manejos que propiciem mais conforto e qualidade de vida para os animais.

O período seco é uma necessidade fisiológica das vacas. O procedimento ocorre cerca de 60 dias antes da data prevista de parição e marca o período de transição entre a lactação atual e a seguinte, garantindo um importante descanso.

Em busca de uma solução que facilite o processo e garanta o bem-estar dos animais, a Ceva Saúde Animal desenvolveu o Velactis, primeiro e único facilitador de secagem existente no mercado para as vacas de alta produção.

O produto inibe a secreção da prolactina, o que reduz a produção de leite e facilita a secagem. A ação do Velactis não é no úbere, mas sim central, por isso é aplicado em uma única dose intramuscular no momento da secagem.

A utilização do produto nas fazendas traz uma série de resultados positivos para os produtores. Na Granja São Roque, localizada em Chapecó, Santa Catarina, o produto é utilizado há cerca de quatro anos e os benefícios no rebanho são crescentes.

“Introduzimos o produto na fazenda como forma de experimento e acabamos vendo resultados satisfatórios. Atualmente, utilizamos o Velactis em 100% dos nossos animais que são secados. Uma das principais vantagens que percebemos foi no manejo. Na fazenda, temos lote único, e por isso não conseguimos reduzir a alimentação das vacas na época de secagem. Com o produto, secamos animais com produção acima de 30 litros de leite e no outro dia já notamos uma redução de úbere fantástica, com ele desinchado, sem leite, logo após a secagem. Isso fez com que víssemos a grande funcionalidade do facilitador de secagem na propriedade”, conta o produtor de leite da granja São Roque, Felix Junior.

Com a introdução do Velactis no rebanho, a propriedade consegue também otimizar sua produção, garantindo mais tempo produtivo das vacas no leite.

“Utilizamos na fazenda o controle leiteiro, e na análise vimos a queda de CCS nas vacas que utilizam o produto”, conta Junior. Os baixos índices de CCS indicam que as vacas estão com o úbere saudável e, consequentemente, que o leite produzido é de boa qualidade. “Antes o nosso protocolo de secagem já era de utilização de antimastítico e selante de teto e acabamos introduzindo o Velactis no processo. Hoje, conseguimos notar nas vacas que utilizam essa combinação de produtos uma grande queda da CCS”, explica Junior.

O uso do Velactis nas fazendas proporciona benefícios em todas as fases produtivas, com auxílio na produção, secagem e na lactação seguinte. O produto diminui o descarte de leite, reduz drasticamente a incidência de mastites, o que proporciona economia com a compra de antibióticos e de mão de obra. Além disso, a saúde do animal é preservada, o que significa menos enfermidades e descarte de animais.

Sobre a Ceva Saúde Animal

A Ceva Saúde Animal é atualmente a 6ª maior empresa de saúde animal do mundo, presente em mais de 110 países tem sua atuação focada na pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de produtos farmacêuticos e biológicos para animais de companhia, e produção (bovinos, suínos, equinos e aves). Mais informações disponíveis no site: www.ceva.com.br

 

Fonte: Gisele Assis – Tantas Comunicação 

gisele@tantas.com.br

Related posts

Envolvimento de profissionais do mercado em grupos de pesquisa garante melhoria no desenvolvimento tecnológico de produtos para a agricultura

Revista Attalea Agronegócios

25ª HORTITEC: Pindstrup lança Substrato Turfa de Sphagnum

Revista Attalea Agronegócios

Nematicida eleva número de perfilhos e aumenta produção da cana de açúcar

Deixe um comentário