Image default
ARTIGOSCafé

[José Donizeti Alves] – Na colheita do café colha apenas os frutos, deixando as folhas e ramos.

JOSÉ DONIZETI ALVES

Engº Agrº, Profº Depto Biologia e do Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal / UFLA

 

A safra 2018 será recorde e isso pode ampliar a bienalidade entre as safras deste e do próximo ano. A causa primária desta anormalidade fisiológica (bienalidade) é o esgotamento das reservas das plantas em função da elevada força dos frutos em drenar para sí, os fotoassimilados prontamente produzidos e uma grande fração daqueles armazenados.

Em anos de alta produção como o atual, os frutos são capazes de acumular em média 54% da matéria seca total da planta em detrimento da fração vegetativa do cafeeiro. Uma das consequências imediatas é a queda de folhas que futuramente farão falta nas fases de pré e pós-florada.

Como já destacado em outro texto, as folhas passam para a condição de fonte, produzindo e exportando carboidratos entre 25-30 dias após a sua emissão.

Antes disso, assim como os frutos elas são drenos, importando e utilizando esses carboidratos para seu crescimento e desenvolvimento. Portanto, mesmo com um novo enfolhamento, é grande a probabilidade de que em setembro/outubro não haja folhas na condição de fonte, em quantidade suficiente para atender na plenitude as necessidades energéticas exigidas no pegamento da florada.

A situação poderá se agravar ainda mais caso aconteça aquilo que os especialistas em colheita denominam de “erosão caulinar”, caracterizada por uma desproporcional agressão a copa do cafeeiro provocando intensa desfolha e acentuada quebra de ramos em qualquer tipo de colheita, mecanizada, semi-mecanizada ou manual.

Portanto, uma dica para diminuir a bienalidade da lavoura e muitas vezes negligenciada por ser muito simples, é procurar preservar ao máximo a estrutura da copa do cafeeiro destacando para os colhedores e com constantes observações “in loco”, a necessidade de preservar ao máximo o ambiente gerador de frutos e/ou novos ramos para a próxima safra, colhendo apenas os frutos e deixando na planta os ramos e as folhas.

Related posts

Varginha (MG) recepciona Concurso Inova Unis 2019: “Água, Café e Sustentabilidade”

Mario

[Débora Rocha] – A Necessidade da Evolução do Agronegócio na Agricultura Familiar e seu Impacto Sustentável ao Combate ao Desmatamento

Mario

Cooxupé registra aumento na qualidade do café da safra 2020

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais