fbpx
Revista Attalea Agronegócios
AgroRevendas EVENTOS - DESTAQUES

E-commerce pode entrar na estratégia comercial dos distribuidores de insumos agropecuários

Painel do Congresso ANDAV debateu os desafios para as distribuidoras se manterem competitivas e relevantes.

O distribuidor de insumos agropecuário brasileiro precisa encontrar mecanismos de introduzir o e-commerce em suas estratégias comerciais. O conselho foi dado por Gustavo Barbosa, diretor comercial da Luft Solutions, ao participar do painel Competitividade: Os Desafios das Distribuidoras para se Manterem Competitivas e Acima de Tudo Relevantes, promovido durante o Congresso ANDAV – Fórum & Exposição.

“Esse é um canal de vendas que não pode ser ignorado, pois no ano passado ele foi responsável por 12% das vendas mundiais e movimentou no ano passado R$ 61 bilhões no Brasil em 2018, um crescimento de 15% sobre o ano anterior”, afirmou Barbosa, que lembrou o quanto esse segmento depende do apoio dado ao produtor, trabalho que, na maioria dos casos, é feito pelo distribuidor.

Outro participante do painel, Luciano Daher, diretor comercial da Syngenta, disse que concorda com a análise de Barbosa sobre se pensar no e-commerce como alternativa de vendas, mas salientou que o distribuidor tem de se manter próximo do agricultor.

“O e-commerce é importante, mas o empresário do ramo de distribuição tem de, antes de tudo, fazer bem feito o simples que sempre fez, prestando um serviço personalizado, ter velocidade de resposta às demandas dos clientes e ganhar escala”, afirmou, destacando que um distribuidor alinhado com seu cliente sempre terá seu espaço no mercado.

Pedro Calabrez fala sobre a arte de viver a transformação no Congresso ANDAV
(Créditos: Divulgação Clarion Events)

Em relação à competitividade, questão principal do painel, moderado por Antonio Henrique, presidente do Conselho Diretor da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (ANDAV), Matheus Cônsoli, sócio da Markestrat Group lembrou que o desafio maior do distribuidor é ter de lidar hoje com um produtor que está melhor informado e mais profissionalizado, inclusive tendo à frente dos negócios uma nova geração.

Em Transformação

O professor e escritor Pedro Calabrez, autor do best seller Em busca de Nós Mesmos, destacou a capacidade de transformação do ambiente por parte do ser humano o que não depende de tecnologia avançada, mas de uma mudança de padrão de pensamento.

Ele ressaltou a relação entre medo, insegurança e pobreza, oposto a relação de segurança, confiança e riqueza. “Países onde há maior confiança da população também são os países mais riscos. A desconfiança gera o medo que, por sua vez, leva ao egoísmo e à corrupção. Isso tem um custo alto para o país, como, por exemplo, em taxa de juros. Do mesmo jeito ocorre com a empresa, levando a um efeito em escala de atitudes não éticas ou até mesmo a perda dos bons colaboradores”, finalizou.

Consolidado como um dos maiores e mais importantes eventos da distribuição de insumos agropecuários do mundo, o Congresso ANDAV – Fórum e Exposição é uma realização da ANDAV, com organização da Clarion Events Brasil.

Fórum do IX Congresso ANDAV, com o macrotema: “O Distribuidor 4.0”, abordou as barreiras encontradas pelo distribuidor de insumos agropecuários, destacando soluções inteligentes. Além disso, o 2º Encontro das Mulheres na Distribuição trouxe para discussão assuntos relacionados à liderança, sucessão e desenvolvimento profissional. Foram realizadas também três oficinas do EDUCANDAV, programa de treinamentos da ANDAV, com os temas vendas e marketing, financiamentos e barter.

 

FONTE: Noemi Oliveira – MECÂNICA COMUNICAÇÃO
noemi@meccanica.com.br

Related posts

Gehaka expõe medidor de umidade de grãos G610i na EXPOCAFÉ

Revista Attalea Agronegócios

Sistema FAESP/SENAR-SP marca presença na Agrishow 2019

8º Congresso ANDAV: Gestão e Inovação são destaques no último dia

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário