Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
AgroRevendas EVENTOS - DESTAQUES

E-commerce pode entrar na estratégia comercial dos distribuidores de insumos agropecuários

Painel do Congresso ANDAV debateu os desafios para as distribuidoras se manterem competitivas e relevantes.

O distribuidor de insumos agropecuário brasileiro precisa encontrar mecanismos de introduzir o e-commerce em suas estratégias comerciais. O conselho foi dado por Gustavo Barbosa, diretor comercial da Luft Solutions, ao participar do painel Competitividade: Os Desafios das Distribuidoras para se Manterem Competitivas e Acima de Tudo Relevantes, promovido durante o Congresso ANDAV – Fórum & Exposição.

“Esse é um canal de vendas que não pode ser ignorado, pois no ano passado ele foi responsável por 12% das vendas mundiais e movimentou no ano passado R$ 61 bilhões no Brasil em 2018, um crescimento de 15% sobre o ano anterior”, afirmou Barbosa, que lembrou o quanto esse segmento depende do apoio dado ao produtor, trabalho que, na maioria dos casos, é feito pelo distribuidor.

Outro participante do painel, Luciano Daher, diretor comercial da Syngenta, disse que concorda com a análise de Barbosa sobre se pensar no e-commerce como alternativa de vendas, mas salientou que o distribuidor tem de se manter próximo do agricultor.

“O e-commerce é importante, mas o empresário do ramo de distribuição tem de, antes de tudo, fazer bem feito o simples que sempre fez, prestando um serviço personalizado, ter velocidade de resposta às demandas dos clientes e ganhar escala”, afirmou, destacando que um distribuidor alinhado com seu cliente sempre terá seu espaço no mercado.

Pedro Calabrez fala sobre a arte de viver a transformação no Congresso ANDAV
(Créditos: Divulgação Clarion Events)

Em relação à competitividade, questão principal do painel, moderado por Antonio Henrique, presidente do Conselho Diretor da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (ANDAV), Matheus Cônsoli, sócio da Markestrat Group lembrou que o desafio maior do distribuidor é ter de lidar hoje com um produtor que está melhor informado e mais profissionalizado, inclusive tendo à frente dos negócios uma nova geração.

Em Transformação

O professor e escritor Pedro Calabrez, autor do best seller Em busca de Nós Mesmos, destacou a capacidade de transformação do ambiente por parte do ser humano o que não depende de tecnologia avançada, mas de uma mudança de padrão de pensamento.

Ele ressaltou a relação entre medo, insegurança e pobreza, oposto a relação de segurança, confiança e riqueza. “Países onde há maior confiança da população também são os países mais riscos. A desconfiança gera o medo que, por sua vez, leva ao egoísmo e à corrupção. Isso tem um custo alto para o país, como, por exemplo, em taxa de juros. Do mesmo jeito ocorre com a empresa, levando a um efeito em escala de atitudes não éticas ou até mesmo a perda dos bons colaboradores”, finalizou.

Consolidado como um dos maiores e mais importantes eventos da distribuição de insumos agropecuários do mundo, o Congresso ANDAV – Fórum e Exposição é uma realização da ANDAV, com organização da Clarion Events Brasil.

Fórum do IX Congresso ANDAV, com o macrotema: “O Distribuidor 4.0”, abordou as barreiras encontradas pelo distribuidor de insumos agropecuários, destacando soluções inteligentes. Além disso, o 2º Encontro das Mulheres na Distribuição trouxe para discussão assuntos relacionados à liderança, sucessão e desenvolvimento profissional. Foram realizadas também três oficinas do EDUCANDAV, programa de treinamentos da ANDAV, com os temas vendas e marketing, financiamentos e barter.

 

FONTE: Noemi Oliveira – MECÂNICA COMUNICAÇÃO
noemi@meccanica.com.br

Powered by Rock Convert

Related posts

11º SIMCAFÉ: oportunidade de negócios, política setorial e palestra sobre gestão na abertura do simpósio

Revista Attalea Agronegócios

Com novo sistema, colheitadeira MF 6690 da Massey Ferguson permite troca em minutos na colheita de diferentes culturas

TOP FARMERS 2018: Tecnologia de ponta, um tema comum a cinco mesas com debate

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário