fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Leite

Búfalos: Pesquisas do IZ torna a Agricultura de SP referência internacional

A difusão das tecnologias em Bubalinocultura da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo tem alcançado criadores do país e exterior. Por meio do Instituto de Zootecnia (IZ/Apta), sua Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Registro (SP) faz parte do roteiro “Búfalo Tour” no Brasil, promovido pela Associação Brasileira dos Criadores de Búfalo (ABCB). No último evento, em outubro, a Unidade recebeu a comitiva de bubalinocultores da Guatemala, México e Brasil.

Segundo o chefe de seção técnica da Unidade de Pesquisa do IZ, pesquisador Nelcio Antonio Tonizza de Carvalho, a Instituição tornou-se relevante para visitas e eventos da ABCB, já que as pesquisas do IZ visam a bubalinocultura paulista, nacional e internacional. “Com isso, a difusão das tecnologias em Bubalinocultura da Secretaria de Agricultura chegam mais rápido a um grupo expressivo de produtores, considerando que somos referência nesta área”, destaca.

Os visitantes foram nas áreas onde estão divididos os lotes maternidade, novilhas/garrotes, búfalas leiteiras e animais que são utilizados no experimento que envolve trabalhos com células tronco. “Os participantes puderam consolidar a ideia de que nossas pesquisas são altamente relevantes para o mercado e que estamos comprometidos com as necessidades dos produtores ao transferir tecnologias inovadoras e de grande impacto para suas atividades”, declarou Nelcio.

Renato Amaral, médico veterinário e presidente do Conselho Deliberativo Técnico da ABCB, responsável pela visita, disse que mantém contato com a Unidade de Pesquisa do IZ para obter informações sobre reprodução de búfalos. “Minhas dúvidas são sempre atendidas, e tenho segurança e confiança na utilização dos protocolos de Inseminação Artificial por Tempo de Fixo (IATF) e Transferência de Embriões em Tempo Fixo (TETF) desenvolvidos nesta Unidade do IZ”, ressaltou.

Os participantes do Búfalo Tour iniciaram a jornada de visitas no dia 12 de outubro na região do Vale do Ribeira. Os próximos destinos foram as regiões de Sorocaba (SP), Itapetininga (SP), Tietê (SP), Botucatu (SP), Jaú (SP), Dourado (SP), Amparo (SP), São João da Boa Vista (SP) e Sul de Minas Gerais.

Unidade de Bubalinocultura do IZ

Há mais de 30 anos, a Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Registro (SP) é uma das poucas unidades de pesquisas do Brasil a realizar trabalhos exclusivamente com búfalos. Está situada no Vale do Ribeira, região em que a agropecuária é a segunda atividade mais importante, depois do setor de serviços.

Dados extraoficiais apontam para um total de 200 propriedades produtoras de leite de búfalas no Vale e, de acordo com levantamento realizado pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária da SAA, a quantidade de búfalos nesta região é de 33 mil cabeças, anunciando o Vale do Ribeira como a região com o maior rebanho bubalino no Estado de São Paulo, criados em pequenas e médias propriedades.

Related posts

AGROLEITE 2018: eSense, nova geração de monitoramento e inteligência de vacas da Allflex

Revista Attalea Agronegócios

Pinhalense entra no mercado do tratamento industrial de sementes

Revista Attalea Agronegócios

Suplementação nutricional dos animais é solução para alavancar produtividade

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário