Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
AgroQuímicos NOTÍCIAS

Ubyfol lança novas embalagens de fertilizantes líquidos

Mudanças foram realizadas com base nas necessidades dos agricultores e têm como objetivo facilitar principalmente a identificação dos produtos no dia a dia no campo.

Nos últimos anos a Ubyfol apresentou um amplo crescimento no mercado de nutrição vegetal. E para acompanhar essa expansão, a empresa adotou estratégias que transformarão toda sua comunicação. Como não podia ser diferente, a primeira mudança teria de começar nas embalagens dos produtos. Para isso, a empresa ouviu as demandas e necessidades dos clientes, agricultores de todo o Brasil, e desenvolveu um novo projeto que inclui a renovação das marcas de cada produto.

Segundo Marina Bragine Ferreira, analista de comunicação da empresa, esse projeto teve início a partir do segundo semestre de 2018 quando todo o portfólio Ubyfol foi atualizado, e cada produto ganhou sua cor própria, que permitiu não só associá-lo a um conceito de atuação, mas também melhorar sua identificação no dia a dia. “Ouvimos os produtores e identificamos suas principais necessidades, e foi com essa compreensão que a Ubyfol redesenhou sua linha de embalagens”, destaca.

A modernização dos rótulos e a adoção das tampas coloridas para os 10 principais produtos, trouxe maior organização das informações, maior agilidade no manuseio no campo e uma expressiva competitividade e valor no mercado de distribuição, que está cada dia mais exigente. “A nova linha de embalagens vai facilitar principalmente a identificação dos produtos pelos responsáveis pela preparação de caldas no campo”, diz a profissional.

O início do projeto prevê mudanças nas embalagens dos produtos líquidos. A primeira aparição da novidade ocorreu durante o Congresso ANDAV, em São Paulo, onde os visitantes e distribuidores viram as embalagens em primeira mão. De acordo com a analista da empresa, além das embalagens, o projeto contempla também a renovação da linha complementar que inclui baldes, caixas, fardos e etiquetas especiais. “A segunda etapa acontecerá no primeiro semestre de 2020, onde todas as embalagens dos produtos pó solúveis serão modificadas”, diz Marina.

Qualidade nas embalagens garantida

Os aspectos técnicos das embalagens, como tamanho e formato, permanecerão os mesmos, já que anteriormente foi feita a adequação dos modelos às necessidades do campo. Atualmente a Ubyfol trabalha com derivações de 1, 5 e 20 litros, sendo que 100% dos galões de 20 litros são produzidos na própria unidade industrial, e apenas as demais derivações adquiridas por fornecedores. “Temos uma capacidade de produção diária de 1.200 galões de polietileno de alta densidade, e o processo conta com média de 65% de matéria prima virgem e 35% reaproveitada, proveniente de rebarbas dos galões produzidos”, diz Marina.

O próximo passo é redesenhar também as embalagens estrangeiras, a começar pelo conteúdo em espanhol que é distribuído no Paraguai. O lançamento terá grande influência também no plano de mídia anual da Ubyfol e nas estratégias dos eventos nacionais, onde será contemplada a aparição das embalagens em todos os projetos.

Sobre a Ubyfol

Multinacional brasileira com sede em Uberaba (MG), que desde 1985, desenvolve produtos especiais, com macro e micronutrientes, para todas as culturas agrícolas. Possui um portfólio completo, com produtos de alta concentração, não sendo nocivos ao meio ambiente, oferendo ao mercado uma nutrição foliar de máxima performance e garantia de altas produtividades. Com profissionais especializados, possui assistência técnica de qualidade, com processos de vendas consultivos e bem estruturados, além de um relacionamento diferenciado.

Mais informações: www.ubyfol.com

 

FONTE: Kassiana Bonissoni – RURAL PRESS
www.ruralpress.com.br

Related posts

Projeto quer estabelecer parâmetros de agricultura conservacionista no Paraná

50ª EXPOAGRO: Franca (SP) sediará a etapa final do Circuito Nacional de Marcha de Muares

Mercosul e União Europeia firmam acordo de livre comércio

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário