fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Corte Bovinos de Leite

Testes de Diagnóstico Rápido da Biogénesis Bagó chegam ao Brasil

Tecnologia já utilizada em vários países, mas inédita no Brasil, pode ser utilizada nos rebanhos trazendo mais facilidade e agilidade para o produtor

A Biogénesis Bagó, empresa de biotecnologia especializada no desenvolvimento, produção e comercialização de produtos para saúde e produtividade animal, traz com exclusividade para o Brasil os testes rápidos para Diagnóstico de Prenhez em vacas e para o Diagnóstico de BVD (Diarreia Viral Bovina). O método pode ser utilizado com 99% de precisão.

A tecnologia inédita no País foi desenvolvida pela IDEXX Laboratórios, empresa líder mundial em diagnóstico veterinário, listada entre as 10 maiores indústrias veterinárias do mundo com mais de 100 tipos de kits de diagnóstico para animais de produção. Seus produtos são utilizados como prova oficial para diagnóstico nos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina.

Quando comparado às técnicas mais tradicionais de diagnóstico, tanto na detecção da prenhez de vacas como na detecção de animais infectados como no caso da Diarreia Viral Bovina (BVD), as novas tecnologias proporcionarão mais praticidade e facilidade ao produtor e aos veterinários, principalmente para pequenos e médios rebanhos.

“Estamos trazendo para o Brasil um novo e disruptivo conceito em como se trabalhar o diagnóstico dentro das propriedades. Para mim, esse é um momento histórico na indústria veterinária brasileira ao trazermos produtos inovadores que farão muita diferença para que o produtor e os técnicos possam produzir cada vez mais rápido e melhor”, salienta o Country Manager da Biogénesis Bagó Marcelo Bulman, ressaltando que a pecuária moderna está alicerçada em seis pilares: sanidade, nutrição, genética, diagnóstico, gestão e reprodução. “Nesse sentido, a parceria com a IDEXX para trabalharmos o pilar do diagnóstico trará muita sinergia para o mercado envolvendo um elo importante da cadeia que são as lojas agropecuárias em todo o País”, detalha.

Marcelo Bulman, country manager da Biogénesis Bagó. (Créditos: Biogénesis Bagó)

O Gerente Nacional de Marketing da Biogénesis Bagó Carlos Godoy destaca que a empresa colocará à disposição do mercado os testes rápidos de diagnósticos mais modernos do mundo. “Um novo modelo de oferecer ao produtor brasileiro e aos técnicos a melhor, mais fácil e rápida maneira de tomada de decisão frente aos desafios da pecuária. Dados do último censo mostram que 35% do número de cabeças de bovinos no Brasil pertence a pequenos e médios produtores que, por sua vez, não conseguem ser assistidos por técnicos ou profissionais especializados em diagnóstico. Importante salientar que esse mesmo segmento é responsável por 64.2% da produção de leite no país”, completa Godoy.

Carlos Godoy, gerente de marketing da Biogénesis Bagó Brasil. (Créditos: Biogénesis Bagó)

A Food Safety & Bovine Latin America Sales Manager da IDEXX Andrea Leão-Carneiro explica que disponibilizar ferramentas de diagnósticos que possam ser usadas no campo por veterinários e pecuaristas sempre foi um desafio. Foi o que motivou a IDEXX e a Biogenesis Bagó a se unirem em busca de uma solução para tornar isso uma realidade ao mercado de saúde animal no Brasil.

“Esta união foi concretizada por uma sinergia entre nossas visões e valores, que têm como base o respeito aos animais, às pessoas, ao ecossistema, com foco na inovação, em soluções e por sempre estarmos em busca de melhorias, seguindo tendências mundiais. Isso fez com que uníssemos nossos conhecimentos e expertises, juntos aos profissionais da saúde animal e aos pecuaristas para entregar ao mercado o melhor que sabemos fazer: solução integrada com foco em um mundo sustentável, sem perdermos a essência do servir com excelência aos nossos clientes e parceiros com produtos e serviços de qualidade e confiança”, descreve.

A Biogénesis Bagó será distribuidora exclusiva da IDEXX no Brasil com o teste de diagnóstico rápido de prenhez, o teste de detecção do vírus da BVD em animais persistentemente infectados e os testes de diagnóstico da tuberculose bovina e detecção sorológica de anticorpos contra a Brucelose. Esses serão os primeiros de uma série que estão sendo programados para serem lançados em curto e médio prazo.  Todos poderão ser comercializados para os produtores de corte e leite, veterinários e técnicos, por meio das revendas parceiras em todo o País.

Teste de Tuberculina Bovina. (Créditos: Biogénesis Bagó)
Teste de Prenhez em Vacas. (Créditos: Biogénesis Bagó)
Testes Rápidos em Tuberculina Aviária. (Créditos: Biogénesis Bagó)

CONFIRA COMO FOI O LANÇAMENTO

Sobre a Biogénesis Bagó

A Biogénesis Bagó, empresa líder nos principais mercados da América Latina, com projeção global, e comprometida com o desenvolvimento de soluções para a saúde e sustentabilidade da produção pecuária por meio da biotecnologia. A empresa desenvolve e comercializa produtos e serviços veterinários criados para garantir a saúde e melhorar a produtividade dos rebanhos bovinos de carne e leite. Conta com um portfólio de mais de 70 produtos e 650 registros em distintos países da América Latina, China e Ásia.

Com escritórios na Bolívia, Brasil, América Central, México, Uruguai e Ásia, sua sede está localizada na Argentina, com fábricas em Monte Grande e Garín (província de Buenos Aires). No Brasil, conta com uma planta fabril na cidade de Araçoiaba da Serra (SP).

A empresa é a maior provedora de vacinas antiaftosa do mundo, tanto que três em cada 10 vacinas antiaftosa aplicadas na América são produzidas pela Biogénesis Bagó. A capacidade anual de produção da empresa é de 400 milhões de doses de vacinas contra febre aftosa, 30 milhões de doses de vacina antirrábica e 100 milhões de doses de vacinas combinadas.

Em 2014, 2016, 2018 e 2020 foi nomeada pela revista inglesa Animal Pharm como a melhor empresa de saúde animal da América Latina.

Related posts

[José Leonardo Ribeiro] – Suplementação de bovinos no período das águas

[Fernando Dambrós Pereira] – Diarreia Viral Bovina (BVD): Como a Europa está tentando erradicar a doença

Creep Feeding: Alimentação privativa de bezerros pode aumentar em mais de 30 kg o peso na desmama

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário