fbpx
Revista Attalea Agronegócios
NOTÍCIAS

Sanphar entrega máscara de pano para reforçar a proteção de seus colaboradores no trajeto de ida e volta do trabalho

Devido à pandemia mundial de Covid-19, encontrar máscaras de proteção tornou-se um desafio em todo o mundo. Como a nova orientação dos órgãos de saúde é que todos usem máscaras ao sair de casa e os itens descartáveis são preferencialmente para uso dos profissionais de saúde, que estão mais propensos a ter contato com o vírus, as empresas que oferecem serviços essenciais e, por essa razão, mantêm suas linhas de produção ativas buscam alternativas para reforçar a proteção dos seus colaboradores. Esse é o caso da Sanphar, empresa de saúde animal do Erber Group, com plantas de produção em Campinas (SP) e em Belo Horizonte (MG).

Para isso, a Sanphar reforçou a parceria com o Programa Mãos à Obra, do qual é apoiadora, e também seu compromisso com a sociedade ao entorno comprando centenas de máscaras de pano para entregar aos seus colaboradores. A confecção das máscaras de pano ficou a cargo dos alunos que fazem parte do projeto.

“Desta forma, os colaboradores da Sanphar passam a dispor desse item extra de proteção durante o trajeto entre suas residências e a empresa, que é essencial principalmente para quem usa transporte público”, anuncia Cristina Hayashi, Diretora de Recursos Humanos do Erber Group Latam. “Lembrando que essa é apenas uma iniciativa dentre as várias que a Sanphar planejou para esse período. Outros EPIs estão sendo fornecidos e mudamos alguns processos para evitar aglomerações”, complementa.

O Programa Mãos à Obra oferece cursos gratuitos na região do bairro Campo Grande, em Campinas (SP), para quem deseja se inserir no mercado de trabalho. Desta forma, atende à população em situação de desemprego com ampliação de conhecimentos e valorização das habilidades e do talento, a partir da instrumentalização para o trabalho.

“As máscaras de pano são reutilizáveis. Portanto, basta lavar, secar e usar novamente. Além da preocupação constante da Sanphar com a segurança e saúde dos colaboradores também tem a preocupação em apoiar a sociedade de onde a fábrica está inserida”, conta Hayashi.

O Mãos à Obra oferece diferentes cursos, incluindo aulas de desenvolvimento de habilidades técnicas em artesanato a partir de materiais reaproveitáveis. O projeto é idealizado pelo Sesi, que disponibiliza os profissionais e o material didático dos cursos; Casa de Maria de Nazaré, que identifica, define e cadastra os participantes interessados em participar do programa; e a própria Sanphar, que patrocina e, por meio de feiras e bazares realizados dentro de suas instalações, permite que as pessoas assistidas tenham a oportunidade de expor e vender seus produtos aos seus colaboradores.

Proteção em tempos de pandemia

Além de fornecer as máscaras de pano em parceria com o Programa Mãos à Obra, a Sanphar está seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde. A empresa oferece todos os EPIs de segurança, que incluem luvas e álcool gel. Parte dos colaboradores está trabalhando em sistema de home office, incluindo todos os que fazem parte do grupo de risco. O refeitório opera em escala, com apenas um colaborador por mesa para evitar aglomerações e manter a distância mínima de 2 metros.

“Também cancelamos as viagens a clientes e reuniões presenciais e reforçamos os contatos remotos por meio de ligações, mensagens de texto e vídeo conferências. Nossa atividade é essencial e estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para garantir a segurança de colaboradores e o normal abastecimento dos clientes”, finaliza Cristina.

Sobre a Sanphar

A SANPHAR® é a divisão de saúde animal do Grupo Erber, com sede global na Áustria, referência em pesquisa e desenvolvimento de desinfetantes, fármacos e aditivos para aves e suínos. Site: www.sanphar.net/pt

 

FONTE: Rodolfo Vieira Sta Press | Grupo Texto
(+55) 11 3039-4100    (+55) 11 98240-3434

Related posts

Emissões da agropecuária do Brasil correspondem a 0,83% da mundial

Revista Attalea Agronegócios

Solinftec inaugura sua nova sede em Sinop (MT) e projeta um crescimento de 32%

Revista Attalea Agronegócios

Cafés saem da lavoura em Minas Gerais direto para a xícara de estrangeiros

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário