fbpx
Revista Attalea Agronegócios
NOTÍCIAS Política Agrícola

Novos produtos de baixo impacto para o controle de pragas têm registro publicado

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, no dia 31 de dezembro, a última relação de defensivos agrícolas registrados em 2021, com destaque para os produtos de baixo impacto. Do total de registros que constam no Ato nº 55 da Coordenação-Geral de Agrotóxicos e Afins, 15 estão nessa categoria. No balanço anual, foram oito novos ingredientes ativos desses produtos contra seis dos químicos convencionais.

A prioridade no registro de produtos de baixo impacto é um compromisso com a sustentabilidade e continua a pleno vapor no Brasil”, destaca a coordenadora-geral substituta de Agrotóxicos e Afins, Marina Dourado.

Em 2021, o número de registros é bastante expressivo: 92 produtos registrados, principalmente à base de agentes biológicos ou microbiológicos e extratos vegetais para o controle de pragas e doenças na agricultura. Em 2020, foram 95 registros

Trabalho conjunto

Na linha dos produtos de baixo impacto, merecem destaque os chamados “produtos fitossanitários com uso aprovado para a agricultura orgânica”. Para essa categoria, houve um recorde: 51 novos registros em 2021, contra 38 em 2020. 

O resultado é considerado relevante pela equipe técnica, pois significa o reconhecimento do trabalho conjunto realizado ao longo de dez anos entre MAPA, ANVISA e IBAMA na publicação das especificações de referência (ER), ou seja, normas que servem de base para o registro desses produtos e que, em julho de 2021, atingiram a marca histórica de 50 especificações publicadas.

“Hoje, temos mais de 200 produtos fitossanitários com uso aprovado para a agricultura orgânica registrados à disposição do produtor e esse número deve aumentar ainda no primeiro trimestre de 2022, considerando as várias solicitações em análise atualmente”, destaca a chefe da Divisão de Registro de Produtos Formulados, Tatiane Nascimento.

Quadro 1. Série histórica do número de produtos de baixo impacto registrados, com crescimento significativo nos últimos anos

Mais opções e uma novidade

Além dos produtos de baixo impacto, o Ato nº 55/2021 trouxe ainda o registro de 25 produtos considerados “clones”, isto é, moléculas que foram autorizadas anteriormente e estão em uso no campo hoje.

“É importante ampliar a concorrência nesse mercado para que o produtor não fique dependente de uma ou outra empresa e, sim, tenha a possibilidade de escolher de quem ele quer comprar o produto”, ressalta Tatiane Nascimento.

Do total de produtos que aparecem no Ato nº 55, alguns contêm mais de um ingrediente ativo e a maioria já está registrada em países, como Estados Unidos e Austrália, ou na Europa. Um desses casos é o do herbicida à base de Oxatiapiprolina, única molécula inédita na lista.

Segundo a coordenadora Marina Dourado, o registro traz mais tranquilidade ao setor produtivo, diante de uma possível falta de matéria-prima para a produção dos herbicidas que serão utilizados na próxima safra. “Nossa preocupação era que o produtor não ficasse desassistido e com o registro da Oxatiapiprolina, ampliamos o leque de produtos para várias culturas, até mesmo aquelas com suporte fitossanitário insuficiente, também chamadas de minor crops”, destaca.

Vale ressaltar que para obter o registro como agrotóxico no Brasil, todos os produtos – inclusive os de baixo impacto – passam por uma rigorosa análise técnica dos órgãos responsáveis pela saúde, meio ambiente e agricultura, que verificam se ele é eficiente e seguro para uso com base em critérios científicos e alinhado às melhores práticas internacionais. 

Tabela 1. Status regulatório por ingrediente ativo nos Estados Unidos, Europa e Austrália, considerando os produtos listados no Ato CGAA nº 55/2021

INGREDIENTES ATIVOSOBSERVAÇÕES (ex: i.a. inédito, biológico, orgânico)USAEUROPAAustrália
Acetato de (Z)-11-hexadecenilaProduto de baixo impacto – feromônio utilizado no monitoramento de insetosRegistradoRegistradoNão Registrado
Acetato de (Z)-9-tetradecenilaProduto de baixo impacto – feromônio utilizado no monitoramento de insetosRegistradoRegistradoNão Registrado
Ametrina RegistradoNão RegistradoRegistrado
Amicarbazona+A4:E63 RegistradoNão RegistradoRegistrado
Azoxistrobina RegistradoRegistradoRegistrado
Bacillus amyloliquefaciensProduto biológicoRegistradoRegistradoRegistrado
Beauveria bassianaProduto biológicoRegistradoNão RegistradoRegistrado
BenziladeninaProduto de baixo impacto (regulador de crescimento)RegistradoRegistradoRegistrado
Bicarbonato de PotássioProduto de baixo impacto (os íons que compõem o bicarbonato de potássio fazem parte do metabolismo normal humano, além de serem
facilmente absorvíveis no interior do tecido vegetal.)
RegistradoRegistradoRegistrado
Ciantraniliprole  RegistradoRegistradoRegistrado
Ciproconazol RegistradoRegistradoRegistrado
Cletodim RegistradoRegistradoRegistrado
Clomazona RegistradoRegistradoRegistrado
Clorotalonil RegistradoNão RegistradoRegistrado
Clorpirifós RegistradoNão RegistradoRegistrado
Dibrometo de Diquate RegistradoCanceladoRegistrado
Difenoconazol RegistradoRegistradoRegistrado
Dimetomorfe RegistradoRegistradoRegistrado
Diurom RegistradoRegistradoRegistrado
Famoxadona RegistradoRegistradoNão Registrado
Fenpropimorfe RegistradoNão RegistradoNão Registrado
Fipronil RegistradoNão RegistradoRegistrado
Fluxapiroxade RegistradoRegistradoRegistrado
Fosfeto de Aluminio RegistradoRegistradoRegistrado
Glifosato (Sal de Isopropilamina) RegistradoRegistradoRegistrado
Glufosinato (Sal de Amônio) RegistradoNão RegistradoRegistrado
Hexazinona RegistradoNão RegistradoRegistrado
Imidacloprido RegistradoRegistradoRegistrado
Indoxacarbe RegistradoRegistradoRegistrado
Isaria fumoroseaProduto biológicoRegistradoRegistradoNão Registrado
Mancozebe RegistradoRegistradoRegistrado
Mesotriona RegistradoRegistradoRegistrado
Metarhizium anisopliaeProduto biológicoRegistradoRegistradoRegistrado

Related posts

MAPA: Produtividade da agropecuária brasileira cresce 3,43% ao ano

GEDAVE: Instituto Biológico reúne representantes da indústria de agroquímicos para reforçar adesão

Revista Attalea Agronegócios

JMZ Peças Agrícolas inaugura unidade em São Sebastião do Paraíso (MG)

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário