fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Leite

ILPF reduz temperatura ambiente em até 10º C e aumenta produção leiteira

Um estudo em andamento há oito anos na unidade da EMBRAPA Agrossilvipastoril, em Sinop (MT), Região Norte, está avaliando a melhor combinação dos componentes pecuária e floresta no sistema integrado para entender o ponto ótimo da produtividade para as fazendas. Com animais leiteiros, os estudos apontaram que um equilíbrio entre sombra e luz solar para o desenvolvimento das pastagens melhora bem-estar e o pastejo, aumentando a produção leiteira.

Os detalhes foram exibidos em reportagem no Giro do Boi do dia 21/02, contando com entrevista feita com a pesquisadora da unidade Roberta Carnevalli, engenheira agrônoma, mestre e doutora em ciência animal e pastagens e pós-doutora pela Massey University da Nova Zelândia.

A pesquisadora revelou quais são os indícios de quando o animal está sofrendo em demasia com o calor e alertou quais são os impactos desta situação. “Principalmente quando a gente pensa em gado de leite, porque o estresse térmico prejudica demais a produção animal. Ele fica muito estressado, começa a ter sinais de fadiga, colocando a língua para fora, parando de pastejar e isso tem um impacto muito grande na produção”, advertiu.

“Aqui nós estamos falando de temperaturas que atingem 40º C, 42º C. Nós estamos falando de redução de 6º C, 8º C, até 10º C a gente já identificou de redução aqui, de temperatura quando o animal está no sol e na sombra. É uma diferença muito grande, principalmente para o animal de leite. Ele consome mais, tem um bem-estar e ele vai responder a isso de maneira mais adequada”, acrescentou.

Esta resposta, segundo a pesquisadora, vem através de produtividade de leite. “O animal tem condições de produzir mais quando o ambiente é sombreado”, resumiu. Para os produtores que têm dúvidas sobre como implementar o melhor sistema integrado com floresta em sua propriedade, a pesquisadora disponibilizou seu e-mail: roberta.carnevalli@embrapa.br

Veja a reportagem completa no vídeo abaixo:

Foto: Gabriel Rezende Faria / Embrapa Agrossilvipastoril

 

FONTE: Giro do Bol – CANAL RURAL
www.girodoboi.com.br

Related posts

[Glayk Humberto Vilela e Vânia Mirele Carrijo] – Desafios do setor leiteiro

Revista Attalea Agronegócios

AGROLEITE 2018: eSense, nova geração de monitoramento e inteligência de vacas da Allflex

Revista Attalea Agronegócios

Laboratório de Qualidade do Leite investe em melhoria na prestação de serviços

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário