fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Café

Geadas: Fundação PROCAFÉ apresenta ao CNC metodologia utilizada no levantamento das áreas afetadas

O Conselho Nacional do Café (CNC) promoveu no último dia 08, um encontro entre os membros do Comitê de Estatística da instituição e o presidente da Fundação PROCAFÉ, José Edgard Pinto Paiva, e o pesquisador Dr. José Braz Matiello, um dos responsáveis pelo trabalho de levantamento das áreas afetadas pelas geadas.

O estudo foi proporcionado pela Organização das Cooperativas do Brasileiras (OCB), validado pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) e será utilizado para classificar e qualificar os produtores que terão direito aos recursos especiais do Funcafé (R$ 1.319 bilhão), reservados exclusivamente às propriedades atingidas pela seca e geada.

O Comitê de Estatística do CNC buscou entender a metodologia utilizada pela Fundação Procafé durante o estudo (veja o vídeo abaixo). Segundo Matiello, ao todo foram visitadas 1.385 propriedades nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná, principais regiões atingidas pelos eventos climáticos adversos.  

Os dados principais levantados no questionário foram:

1. área total de cafés adultos e de plantas novas;
2. áreas de produções, colhidas ou a colher;
3. áreas afetadas por geadas com respectivos níveis de danos;
4. a previsão de colheita para 2022, sendo antes da geada e depois dela;
5. A intenção do produtor com relação ao manejo (irá recepar, renovar a lavoura, abandonar ou migrar de cultura).

Silas Brasileiro, presidente do CNC, agradeceu a disponibilidade do presidente, José Edgard, e do pesquisador Dr. José Matiello, em apresentar a metodologia utilizada no estudo pela instituição. “Nosso reconhecimento à fundação ProCafé e aos pesquisadores da equipe pelo exímio trabalho. Agradecemos também à Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que não tem medido esforços para dar celeridade a todo o processo de liberação dos recursos. Por fim, enaltecemos o presidente da OCB, Marcio Lopes de Freitas, por todo apoio ao setor cafeeiro, demonstrado em todos os momentos”.

Assista a seguir a apresentação do Dr. José Braz Matiello:

Related posts

[José Donizeti Alves] – Na colheita do café colha apenas os frutos, deixando as folhas e ramos.

Revista Attalea Agronegócios

Prêmio Região do Cerrado Mineiro 2018 apresenta inovações

Revista Attalea Agronegócios

Café da região de Apucarana (PR) aposta na tecnologia para avançar no mercado internacional

Deixe um comentário