fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Café

Geadas: Fundação PROCAFÉ apresenta ao CNC metodologia utilizada no levantamento das áreas afetadas

O Conselho Nacional do Café (CNC) promoveu no último dia 08, um encontro entre os membros do Comitê de Estatística da instituição e o presidente da Fundação PROCAFÉ, José Edgard Pinto Paiva, e o pesquisador Dr. José Braz Matiello, um dos responsáveis pelo trabalho de levantamento das áreas afetadas pelas geadas.

O estudo foi proporcionado pela Organização das Cooperativas do Brasileiras (OCB), validado pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) e será utilizado para classificar e qualificar os produtores que terão direito aos recursos especiais do Funcafé (R$ 1.319 bilhão), reservados exclusivamente às propriedades atingidas pela seca e geada.

O Comitê de Estatística do CNC buscou entender a metodologia utilizada pela Fundação Procafé durante o estudo (veja o vídeo abaixo). Segundo Matiello, ao todo foram visitadas 1.385 propriedades nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná, principais regiões atingidas pelos eventos climáticos adversos.  

Os dados principais levantados no questionário foram:

1. área total de cafés adultos e de plantas novas;
2. áreas de produções, colhidas ou a colher;
3. áreas afetadas por geadas com respectivos níveis de danos;
4. a previsão de colheita para 2022, sendo antes da geada e depois dela;
5. A intenção do produtor com relação ao manejo (irá recepar, renovar a lavoura, abandonar ou migrar de cultura).

Silas Brasileiro, presidente do CNC, agradeceu a disponibilidade do presidente, José Edgard, e do pesquisador Dr. José Matiello, em apresentar a metodologia utilizada no estudo pela instituição. “Nosso reconhecimento à fundação ProCafé e aos pesquisadores da equipe pelo exímio trabalho. Agradecemos também à Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que não tem medido esforços para dar celeridade a todo o processo de liberação dos recursos. Por fim, enaltecemos o presidente da OCB, Marcio Lopes de Freitas, por todo apoio ao setor cafeeiro, demonstrado em todos os momentos”.

Assista a seguir a apresentação do Dr. José Braz Matiello:

Related posts

1º Encontro dos Cafeicultores de Campo do Meio e Região: documento com reivindicações foi entregue ao governo federal

[Davi Moscardini] – Como escolher o fertilizante fosfatado para implantação do cafezal?

Revista Attalea Agronegócios

Operação Expresso mira esquema de sonegação bilionário na comercialização de café

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário