Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Irrigação Tecnologia

Alta tecnologia aplicada na Agricultura Familiar promete aumentar em até cinco vezes a produtividade em pequenas áreas

O sonho de qualquer produtor rural, seja ele de pequeno, médio ou grande porte, é poder produzir mais utilizando os mesmos recursos disponíveis. Algo que já é possível no Oeste da Bahia, onde agricultores investem em tecnologia para aumentar a safra sem ampliar a área plantada. O que poucos sabem é que esta realidade não é uma exclusividade dos grandes fazendeiros. Com a ajuda dos maiores, proprietários de pequenas áreas já seguem essa tendência.

Uma parceria inédita entre pequenos e grandes produtores rurais promete fortalecer a agricultura familiar na região, aumentando a produtividade em pequenas áreas. O teste foi realizado com o plantio de milho em oito pequenas propriedades (cerca de 1 hectare cada) localizadas na Unidade de Conservação APA da Bacia do  Rio de Janeiro. O desafio é aumentar a produtividade de 15 para 80 sacas do grão, por hectare cultivado.

Para alcançar o resultado pretendido, todo o processo de cultivo foi alterado, desde o preparo do solo, que passou pelo processo de fertilização, até o plantio, que antes era manual e desta vez foi mecanizado. Os grãos também foram selecionados. Os pequenos agricultores ganharam cultivares de alta qualidade para poderem semear.

A doação das sementes foi intermediada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) junto aos seus associados, os produtores rurais Luiz Pradella, Ubirajara Franciose e Erno Scherer. Já a máquina plantadeira foi uma cessão feita pela Fazenda Modelo, entidade mantida pelo Instituto Aiba (Iaiba) e Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB). A ação contou, ainda, com o apoio da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Retiro São Vicente.

Para o produtor rural Luiz Pradella, um dos doadores de insumo, a iniciativa revela uma preocupação da categoria em fortalecer o segmento, independentemente da escala de produção de cada um. “Essa ação revela a união de um único setor: a agricultura. Com isso, queremos mostrar que se pode produzir mais com pouco, basta fazer as escolhas e os investimentos certos”, frisou ele, ressaltando que todo grande produtor começou pequeno.

Concluído o plantio, a expectativa agora é para a colheita. É que com uma produtividade quase seis vezes maior, o cenário socioeconômico da comunidade beneficiada deve ser alavancado.

 

FONTE: Assessoria de Comunicação AIBA

Related posts

Agricultor de Piratuba (SC) produz energia elétrica para propriedade com painéis solares

Irrigação compartilhada vai aumentar potencial produtivo de pequenos produtores de Barreiras (BA)

Revista Attalea Agronegócios

Velbrax Agro projeta, produz e utiliza sistema com drones em agricultura de precisão

Deixe um comentário