Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Corte

Shopping “Reserva Bom Jesus” será em Uberaba (MG), durante a ExpoZebu.

A formação do rebanho Sindi de Ronaldo Bichuette já tem mais de uma década de criação na Fazenda Bom Jesus da Lapa, em Veríssimo (MG), microrregião de Uberaba (MG). A base do plantel foi estruturada com a aquisição de novilhas da linhagem AJCF e depois diversificada com a entrada de genética de matriarcas e raçadores de famílias do Sindi do Nordeste.

Em 2018, o redirecionamento do trabalho de melhoramento da Bom Jesus, com exploração intensiva de FIV em um time restrito de doadoras, possibilitou a oferta de um excedente de alta qualidade genética para o mercado.

Esse ano a produção volta a ser destaque com um lote especial apartado pelo assessor Arthur Targino para o Leilão “Las Bela Brasil”, em 2 de maio, e com os 60 produtos do Shopping Reserva da Bom Jesus.

“O gado de Ronaldo Bichuette representa o topo de um rebanho formado a partir dos principais troncos genéticos do Sindi nacional, primando pela fertilidade, funcionalidade e desempenho superior, sob rigorosos critérios de seleção. Os touros se destacam pela funcionalidade, excelente desenvolvimento de musculatura, rusticidade e racial lapidado, verdadeiros vetores das principais características produtivas para os modelos de gestão pecuária que priorizam os resultados econômicos por área. Já as fêmeas da marca Bom Jesus representam a síntese de uma seleção impecável nos quesitos fertilidade e habilidade maternal”, destaca o assessor pecuário Arthur Abdon Targino.

O Shopping Reserva da Bom Jesus será realizado na Fazenda Experimental “Orestes Prata Tibery Junior” de 27 de abril a 3 de maio de 2019, durante a ExpoZebu. Estarão expostos para comercialização a preços fixos 45 touros e 12 fêmeas. Os interessados poderão visitar o local das 9h às 17h. A coordenação das vendas está sob a responsabilidade da Programa Leilões.

Sobre o Sindi da Bom Jesus: O foco da seleção estabelecido em caracterização racial e todo o pacote de vantagens do Sindi que tem dupla aptidão e contempla rusticidade, precocidade, eficiência, desempenho superior, qualidade de carcaça, habilidade materna e ótimo ganho de peso são perseguidos pelo criador com inspiração em memórias da sua formação de zebuzeiro.

“Eu me interessei pela raça Sindi quando ainda era menino. Meu pai tinha propriedades de recria e engorda no Triângulo Mineiro e meio século atrás era bem complicado garimpar lotes e vinha gado de todo lugar. A gente percebia que os animais de cruza Sindi se desenvolviam de forma diferente e no abate eram os que mais impressionavam”, conta Ronaldo Bichuette.

A Fazenda Bom Jesus da Lapa conquistou título de Melhor Expositor na ExpoZebu 2013 e, já teve a vaca Aroeira JNB como Grande Campeã do Torneio Leiteiro da mostra, no ano de 2015, com produção total de 98,18 litros e média de 32,73 litros/dia.

Na mesma exposição Urtiga P, que integrava o plantel sagrou-se Matriz Modelo na pista de julgamento Torres Homem Rodrigues da Cunha. “As qualidades que a gente no rebanho de genética o Sindi imprime no gado comercial e no cruzamento. Eu sempre digo que o Sindi se defende. A raça é pouco exigente e dá resultado na fazenda, com gado leiteiro ou de corte”, explica o criador.

Related posts

Programa Carne Angus Certificada tem nova gerente nacional

Cresce a procura pela genética da raça Wagyu

Revista Attalea Agronegócios

Vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa começa em Minas em 1º de maio

Deixe um comentário