fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Corte Tecnologia

Pollen: Parque Científico e Tecnológico traz inovação e tecnologia para a indústria de carnes

Soluções de diversas multinacionais voltadas às indústrias de carnes estão sendo testadas em Chapecó (SC), cidade catarinense que é referência nacional na produção suína, de aves e derivados, além de sede das principais agroindústrias do país. Trata-se de equipamentos de ponta voltados à automação e codificação em fábricas, tecnologia vinda de países como a Alemanha e França, no Pollen Parque Científico e Tecnológico

Frente ao projeto está a Soma Solution, que, em parceria com o Pollen Parque Científico e Tecnológico de Chapecó, instalou um laboratório com uma equipe de engenheiros no espaço. A empresa, que fornece produtos e soluções em codificação industrial, possui sede no município, mas escolheu o Parque Tecnológico por ser um ambiente de inovação, que possui atualmente 47 empresas, de diversas áreas do conhecimento, de startups a grandes empresas. Ele foi construído em parceria com a Prefeitura Municipal, o Governo do Estado e a Unochapecó há um ano e, em plena pandemia, teve ocupação total de seus seis pavimentos.

Entre algumas das soluções já testadas pelo grupo no espaço do Pollen Parque, estão produtos das empresas parceiras, como as multinacionais europeias, Balluff, fabricante de sensores; Festo, especializada em produtos para automação industrial e pneumática industrial; Gravotech, empresa de gravação e marcação industrial; Cognex, fabricante de sistemas de visão de máquina, software e sensores; entre outras.

Para o empresário e diretor operacional da Soma Solution, Gilberto Inacio Dick, estar inserido em um ambiente de intercâmbio inovador permite avançar ainda mais na área industrial. Os planos são de expansão. “Queremos contratar mais profissionais de engenharia e realizar um evento para o público agroindustrial”, diz. A notícia entusiasma a direção do Pollen. “Temos o prazer de contar com a Soma em nosso time de residentes do Parque Tecnológico. O desenvolvimento da nossa região acontecerá mais rápido se contarmos com indústrias mais competitivas e inteligentes, que aplicam soluções inovadoras em busca de maior produtividade e qualidade de ponta. A Soma já é responsável por grande parte disso”, afirma o gerente de Negócios do Pollen Parque Científico e Tecnológico, Rodrigo Savenhago.

A região Oeste é um celeiro na produção agroindustrial e Chapecó, onde está o laboratório, detém a sexta maior economia estadual e o quarto maior parque industrial de Santa Catarina, conforme dados da Associação Comercial e Industrial da cidade (ACIC).

Soma Solution está presente no Parque de Inovação

Mercado de carne

O Brasil ocupa uma importante posição no ranking mundial de produção de carne. Apenas neste ano, o País deverá produzir 9,85 milhões de toneladas de carne bovina, conforme informações divulgadas pelo boletim Grain Report, do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O volume deve superar as 9,5 milhões de toneladas registradas em 2021. Isso reforça a posição mundial do Brasil como o segundo produtor mundial de carne. Ainda, o complexo brasileiro de carnes compõe uma das principais cadeias do agronegócio nacional. Os números deixam essa posição muito clara: o setor representa, segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), 6% do Produto Interno Bruto (PIB) ou 30% do PIB do agronegócio, movimentando mais de 400 bilhões de reais.

O país também é referência em inovações para o processamento do produto. “Em Chapecó, o município desenvolve soluções inovadoras para o processamento de carnes. Um dos nossos principais ramos de trabalho é o alimentício e parte das nossas soluções é para frigoríficos. O segmento de processamento de alimentos é um ambiente de alta produção, desafiador, e a Soma realmente gosta desse desafio”, explica o Engenheiro de Aplicação, Jonas Zanella, que trabalha no laboratório do Parque.

A Soma Solution propõe soluções que automatizam e agilizam os processos industriais. Entre algumas ferramentas, estão, por exemplo, um conjunto completo de automação elétrica e pneumática; de leitores de códigos e sistema de visão, gravação e codificação industrial; além de produtos para detecção de contaminantes e checagem de peso.

Sobre o Pollen

O Pollen Parque é o primeiro Parque Tecnológico de Chapecó. Ele foi inaugurado durante a pandemia, possui diversas áreas do conhecimento, de empresas de software a fabricantes de máquinas, além de diversos serviços voltados à prospecção de soluções, escritórios de projetos e transferência tecnológica, que resultaram ao Parque 97 termos de cooperação firmados com o setor produtivo, 9 patentes depositadas, 70 projetos aprovados, cerca de R$ 13 milhões captados para a execução de ações e eventos direcionados à inovação.

FONTE: Jaine Machado
imprensa@engenhariadecomunicacao.com.br

Related posts

Brahman chega aos 25 anos no Brasil com reconhecimento internacional

Revista Attalea Agronegócios

GAtec apresenta ferramenta para Gestão à vista

Chega ao Brasil nova linhagem de Aberdeen Angus

Deixe um comentário