fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Abelhas NOTÍCIAS

Abelhas Nativas Sem Ferrão e ambientes urbanos

Astrid de Matos Peixoto Kleinert

Temos plena consciência de que as últimas décadas foram marcadas pela migração das pessoas para centros urbanos e cidades e que desde 2008 mais da metade da população mundial mora em cidades alterando e descaracterizando estes ambientes.

Ao mesmo tempo, no sentido oposto, muitas iniciativas têm contribuído para amenizar estes efeitos, e dentre eles, a criação de áreas verdes com vegetação nativa ou exótica que reduz corredeiras e impactos dos ventos e impactos das ilhas de calor, que propicia um aumento dos locais de lazer e eventos e na melhoria da qualidade do ar onde se instalam espaços para atividades físicas e bem estar psicológico.

Áreas de vegetação criam ainda oportunidades de produção de alimentos e fitoterápicos e principalmente proporcionam experiências na natureza pelo aumento da observação e sensibilidade incluindo aqui os conceitos de biodiversidade e dos processos vitais.

E uma das iniciativas dentro deste contexto está neste livro que nos propõe um aumento de conhecimento de plantas amigas dos polinizadores de áreas urbanas da região de São Paulo, com especial detalhamento dos respectivos polens que por si só encantam pela beleza e diversidade, mas principalmente porque são um material especifico de reconhecimento onde estes visitantes e polinizadores buscam recursos para a sua sobrevivência.

Confira a publicação organizada pelas pesquisadoras Astrid de Matos Peixoto Kleinert e Cláudia Inês da Silva.

OU CLIQUE NO LINK ABAIXO

https://drive.google.com/file/d/1YFVx6NX5CsLX0glUnmjRwdMCBXMebdNE/view?usp=sharing

Related posts

APROBIO homenageia presidente Jair Bolsonaro pelo apoio e reconhecimento da importância do biodiesel para o país

Revista Attalea Agronegócios

Vírus identificados recentemente na China infectam carrapatos bovinos no Brasil

Inscrições para Programa de Residência Profissional Agrícola terminam na próxima semana

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário