Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Bovinos de Corte

Abate de novilha é recorde em 2018

O abate de novilha foi recorde nos três primeiros trimestres do ano. De acordo com dados divulgados pelo IBGE nessa quarta-feira, 12 de dezembro, o abate de novilhas no acumulado de janeiro a setembro chegou a 10,59% do total, maior volume para o período, considerando-se toda a série histórica dos abates de bovinos (macho e fêmeas) desde 1997. Até então, o maior volume havia sido registrado em 2014, com 9,71% do abate total no acumulado dos nove meses do ano.

Em valores absolutos, de janeiro a setembro deste ano, foram abatidas 2,5 milhões de novilhas, enquanto que, no mesmo período de 2014, esse número foi de 2,4 milhões. Além de mudança estrutural na cadeia, o recebimento de preços mais altos por esta categoria de animal também atraiu o interesse da venda de fêmeas novas.

Quanto ao mercado interno de boi gordo, neste início de dezembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo tem refletido um mercado relativamente firme. Valores diferenciados seguem sendo registrados, o que se deve a diferentes urgências de compradores/vendedores e aos tamanhos dos lotes comercializados.

Parte dos frigoríficos continua com escalas alongadas, enquanto muitos pecuaristas já encerraram o ano contábil, postergando as novas efetivações. Entre 5 e 12 de dezembro, o Indicador subiu 0,8%, fechando em R$ 150,00 nessa quarta-feira, 12.

(FONTE: Cepea – ESALQ/USP)

Related posts

Lama: um dos principais desafios de confinar no período das águas

Afecções podais: problema em todos os sistemas de criação

Revista Attalea Agronegócios

Estado da Paraíba “proíbe” a utilização da Inseminação Artificial na pecuária

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário