fbpx
Revista Attalea Agronegócios
AGENDA Agronegócios em Geral Café Eventos EVENTOS - DESTAQUES NOTÍCIAS

A sustentabilidade do café ganha força no Brasil

No dia 10 de novembro, das 7h às 18h, a cidade mineira de Patrocínio, recebe a 2ª edição do Simpósio Brasileiro de Manejo Biológico da Cultura do Café, principal encontro para discutir o controle biológico do Café na América do Sul.

O evento reúne pesquisadores, cientistas, produtores, consultores, estudantes e profissionais da área, com o objetivo de orientar os participantes no manejo integrado de pragas e doenças que contribuem para o progresso do manejo biológico, além de 4 palestras técnicas com convidados.


Um dos principais momentos será quando Taissara Abdala Martins, Gerente de Marketing e Sustentabilidade da Café Nestlé, contará sobre a sustentabilidade no segmento.

A palavra sustentabilidade nos últimos anos, tornou- se muito utilizada. Em alguns casos, é fácil argumentar que isso confundiu um pouco seu significado e peso. De qualquer forma, torna-se um cenário difícil de navegar para empresas e consumidores. Quando se fala em sustentabilidade do café, acontece o mesmo.

A cada dia que passa, o mercado de café enfrenta uma crescente teia de desafios ambientais, sociais e econômicos que ameaçam a subsistência de muitas pessoas e o futuro do setor. Entrar para a “sustentabilidade”: uma forma de poupar o meio ambiente e recompensar as partes interessadas de maneira justa, ao mesmo tempo em que se cria um setor cafeeiro durável e próspero.

O desenvolvimento sustentável é o avanço que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atender às suas. De acordo com Taissara, na agricultura, e no café em particular, temos a oportunidade de ir além da prevenção de impactos negativos. “É possível reparar ecossistemas danificados. Imagine se cada xícara de café consumida em todo o mundo estivesse contribuindo ativamente para a luta contra as mudanças climáticas, por exemplo”, explica.


Se você empreender um projeto para maximizar lucros e usar métodos de produção de baixo custo, provavelmente negocia danos ambientais e / ou exploração de trabalhadores, que serão categoricamente insustentáveis. Durante a palestra ela irá pontuar cada tópico, contribuindo com o conhecimento dos presentes.

O Simpósio é promovido pela AG Consultoria. Serão 9 horas de imersão na cultura do café. Ele acontece no formato presencial, respeitando todas as medidas de prevenção contra o Covid-19 (público sentado e com obrigatoriedade de uso de máscara, disponibilização de álcool em gel).

Para saber mais desse evento e sua programação acesse o site:
https://www.sympla.com.br/simposio-brasileiro-de-manejo-biologico-da-cultura-do-cafe__1380531, as inscrições do evento serão até dia 09 de novembro.

FONTE: Ares Comunicação – Fabiana Barcelos – ares@arescomunicacao.com.br

Related posts

[Marco Antônio Jacob] – Não é utopia: Perdas de 16 milhões de sacas de arábicas

Revista Attalea Agronegócios

Preço do café na Bolsa não paga nem os custos de produção no Brasil

Revista Attalea Agronegócios

Abertas as inscrições para o 8º Seminário de Meliponicultura de Franca (SP)

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário