fbpx
Revista Attalea Agronegócios
AgroRevendas Café EVENTOS - DESTAQUES

2º Tour de Campo Agro Alta demonstra a eficácia dos tratamentos após cinco safras de café

Com a participação de 83 cafeicultores, foi realizado no final de maio o 2º Tour Tecnológico Agro Alta, evento já tradicional na cafeicultura da Região da Alta Mogiana. Organizado pela Agro Alta, revenda agropecuária com matriz em Ribeirão Corrente (SP) e com filial em Pedregulho (SP), dirigida pelos diretores Marcos e Talita Gamba. A visitação ocorreu em 4 propriedades cafeeiras, com 5 estações tecnológicas, onde os visitantes puderam conferir, in loco, os resultados obtidos com a tecnologia Agro Alta, com base nos portfólios Compo Expert, PrimaSea e De Sangosse.

“A proposta do Tour Tecnológico Agro Alta é de demonstrar o trabalho que a empresa vem desenvolvendo no mercado, desde a sua fundação em 2017. Isto representa cinco anos de trabalho e cinco safras de café. Queremos mostrar os resultados de nossa tecnologia desde a fase de plantio, passando por lavouras já com um ano e meio, outras que foram esqueletadas e também lavouras em produção. Procuramos demonstrar a nossa tecnologia seja em lavouras de sequeiro ou em lavouras irrigadas. São condicionadores de solo, tratamentos nutricionais, adubação de cobertura, controle de fitossanitários. Após a visita nestas lavouras e, levando em consideração estes dois últimos anos em que as lavouras passaram por problemas climáticos sérios, o cafeicultor poderá avaliar o trabalho desenvolvido pela Agro Alta nestas últimas quatro safras. Nossa proposta é mostrar para o cafeicultor que o manejo a longo prazo entrega resultado, independentemente da situação climática pelo qual a sua lavoura vai passar”, explicou Marcos Gamba, diretor da Agro Alta.

Marcos Gamba, diretor da Agro Alta.

“Observar a importância de apresentar para os nossos parceiros, o quanto ainda podemos explorar do potencial de nossas lavouras, acredito que tenha sido esse o maior objetivo do 2º Tour de Campo. O manejo Agro Alta vem com um novo conceito em nutrição, um portfólio que é acompanhado de: segurança, qualidade e agilidade a campo. E não menos importante, o quanto consegue agregar em produtividade, sanidade e desenvolvimento das lavouras tratadas”, ressaltou o Técnico Agrícola Márcio Alberto Cruz Gamba, da equipe Agro Alta.

Márcio Alberto Cruz Gamba, Técnico Agrícola da equipe Agro Alta.

“Foi um dia muito produtivo para nós, onde conseguimos mostrar o que temos de melhor para oferecer aos produtores: tecnologia, inovação, alta produtividade, lavouras mais preparadas e uma grande parceria”, afirmou o Engº Agrº Lucas Samuel Soares de Souza.

Já o Engº Agrº Washington Cézar dos Santos destacou a importância do evento por mostrar a tecnologia, o manejo sustentável e a viabilidade econômica trabalhado pela Agro Alta. “O 2º Tour de Campo Agro Alta foi a oportunidade ideal para levarmos ao produtor de café conhecimentos que possibilitam excelentes produtividades de café, de modo sustentável e economicamente viáveis. Visitamos diferentes fazendas de café na região que já fazem uso do manejo Agro Alta, que vem acompanhado de produtos e técnicas inovadoras em adubação, controle de pragas e doenças e gestão da propriedade de acordo com os objetivos dos produtores e situação de mercado”, afirmou Washington.

Engº Agrº Washington Cézar dos Santos, da equipe Agro Alta.

De acordo com o Engº Agrº Marcos Roberto Pereira, Coordenador de Vendas Região Sudeste da Compo Expert Brasil Fertilizantes, o objetivo da Agro Alta e da Compo Expert com a realização do 2º Tour de Campo foi o de apresentar o “Tratamento Agro Alta para o Cafeeiro”, que em destaque coloca o tratamento nutricional em todo o ciclo da cultura, desde o plantio até a colheita, passando por fases de ano de produção a ano de esqueletamento.

“Apresentamos aos agricultores sempre o melhor em performance, qualidade e tecnologia no portfólio de fertilizantes da Compo Expert. Como o Basacote® P-Max 6M, membro da linha de fertilizantes com altíssima tecnologia, especialmente desenvolvida para liberação controlada dos nutrientes por meio do recobrimento completo dos grânulos pelo polímero elástico Poligen. O produto é composto por matérias primas de alta qualidade e pureza. A liberação de seus nutrientes ocorre por processo de difusão, o que garante a disponibilização de forma adequada às exigências das culturas, minimizando ainda mais as perdas por lixiviação e os efeitos nocivos de salinidade. Já o Fetrilon® Combi1 é um coquetel de micros nutrientes de alta solubilidade, de resposta imediata e eficaz. O Hakaphos® é uma linha de fertilizantes hidrossolúveis, que contém macro e micronutrientes, sendo alguns destes quelatizados com EDTA. Esta linha é composta por nutrientes essenciais, desenvolvida para atender e suprir as demandas nutricionais de diversas culturas. As quatro diferentes formulações fornecem os nutrientes sem elementos nocivos e de fácil assimilação, proporcionando uma nutrição adequada às culturas, com baixo índice de impurezas, como cloro e sódio. O Basfoliar Black Evolution® SL, nosso poderoso organomineral líquido, que apresenta alto teor de Carbono Orgânico Total e Ácidos Fúlvicos, associado à presença de Aminoácidos Essenciais e ao fornecimento de nutrientes, que contribuem para o melhor desenvolvimento das culturas. O Basfoliar® Multi Si é um fertilizante mineral em suspensão com formulação balanceada e específica para suprimento de zinco, manganês e cobre, com aporte complementar de silício, que ajuda no combate à pragas e doenças, além de promover o equilíbrio e correção dos micros elementos. O Solubor®, é um octaborato de sódio com elevado aporte de boro. De fácil manuseio e compatível com a maioria dos produtos fitossanitários. O Basfoliar® CitoBor é um fertilizante líquido com formulação específica para suprimento de boro, associado ao efeito bioativador do extrato de alga Ascophyllum nodosum, idealizado para potencializar o efeito conjunto, otimizar a aplicação, melhorar a translocação de nutrientes e o transporte de açúcares, auxiliando na resistência das plantas às doenças e à condições de estresse, visando incremento de produtividade. O Basfoliar® Top é um fertilizante bioativador que contém em sua formulação nitrogênio, fósforo e extrato da alga Ecklonia maxima, processada em seu estado natural; tem características compostas em sua formulação para melhoria dos mecanismos fisiológicos das plantas. O Vitanica® RZ é um fertilizante bioativador com tecnologia exclusiva Compo Expert, extremamente versátil, com eficiência tanto via sistema radicular quanto via foliar, reforçando o desenvolvimento do sistema radicular, melhorando o estabelecimento de culturas, com plantas sadias e vigorosas. Por fim, o NovaTec® é uma linha de fertilizantes diferenciados para uso via solo, com diferentes formulações que aportam macro e micronutrientes de alta qualidade e eficiência, que incorpora a avançada tecnologia NET (Nitrogen Efficient Technology) desenvolvida para a estabilização do nitrogênio, tecnologia esta exclusiva da empresa, que se baseia na inibição temporária da conversão amônio em nitrato e, consequentemente, melhora a eficiência da adubação nitrogenada e diminui suas perdas. Embasados nestas linhas de produtos, damos total condições ao cafeicultor, com uma melhor assistência técnica, com alto padrão de conhecimento e todo o aporte possível para que ele consiga ter excelência em produção e qualidade em seu café”, detalhou Marcos Pereira.

O Engº Agrº Marcos Roberto Pereira, Coordenador de Vendas Região Sudeste da Compo Expert Brasil Fertilizantes

1ª ESTAÇÃO

A primeira estação foi realizada no Sitio Primavera, dos cafeicultores Wagner e Waleria Polo, com tratamento em duas lavouras. Na primeira lavoura, com a cultivar “Catuaí” de 10 anos, sequeiro e esqueletadas no ano passado, com tratamento Agro Alta desde outubro de 2021, foram utilizados para a nutrição: Basfoliar® Café SL, Fetrilon® Combi 1, Hakaphos® Violeta 13-40-13 e Zenith 45. Já para proteção foram aplicados, utilizando tecnologia Langer Pro: Actlase ZM, Basfoliar® Multi Si, Lumina Cupros e Actrop. Para a Fisiologia das plantas, foram aplicados utilizando tecnologia Fighter: Basfoliar® Avant Natur, Basfoliar® Black Evolution, Basfoliar® Top SL e Basfoliar® CitoBor. Como tratamento de solo e raízes, foram utilizados: Primaz, Solubore Vitanica RZ e os agentes microbiológicos Bacillus methylotrophicus, Bacillus subtilis e Trichoderma asperillum.

Ainda na primeira estação, no Sítio Primavera, os participantes do Tour Tecnológico puderam também conferir a aparência da lavoura recém-implantada de “Obatã-Amarelo”, com 60 dias de idade, totalmente irrigado. Na adubação de plantio foi utilizado o Basacote® P-Max (17-43-00). “Trata-se de um fertilizante de liberação controlada, que fornece macro e micronutrientes por até 6 meses após a aplicação. Possui por característica a baixa volatilização e lixiviação, além de não provocar a salinização na zona radicular”, disse Washington Santos.
Ainda nesta lavoura recém-implantada, foi utilizado o One.A Pro, produto que desempenha um papel crucial na proteção de plantas em condições de estresses. “Neste talhão, a lavoura de café foi implantada numa área que recebeu o cultivo de cana de açúcar por muitos anos. E as mudas sentiram um pouco. Além disto, já prevendo um clima frio mais intenso neste ano, indicamos a utilização do One-A Pro por possuir uma função termoprotetora, isto é, age na proteção da célula vegetal contra a degradação térmica dos compostos, seja nas geadas, seja nas escaldaduras”, ressaltou Marcos Gamba.

1ª ESTAÇÃO: lavoura de sequeiro esqueletada em 2021 no Sítio Primavera
1ª ESTAÇÃO: lavoura nova e irrigada no Sítio Primavera
1ª ESTAÇÃO: Marcos Gamba e Marcos Pereira apresentam aos participantes os resultados do manejo Agro Alta no Sítio Primavera.
1ª ESTAÇÃO: Márcio Gamba apresenta aos participantes os resultados do manejo Agro Alta no Sítio Primavera.
1ª ESTAÇÃO: Marcos Pereira (Compo) orienta participantes sobre do manejo Agro Alta no Sítio Primavera

2ª ESTAÇÃO

Na segunda estação, Marcos Gamba apresentou aos participantes os resultados obtidos com o tratamento Agro Alta, implantado desde dezembro de 2020, no Sítio Bom Jesus, dos cafeicultores Leandro e Danilo Freire. Na lavoura de Catuaí-62 de sequeiro, com 17 meses de idade, o manejo foi conduzido desde o plantio até a condução do segundo ano. Como nutrição, foram utilizados: Vitalle, Fetrilon® Combi 1 e Hakaphos Violeta 13-40-13. Na proteção, foram aplicados, com tecnologia Langer Pro: Basfoliar Multi Si, Luminaa Cupros e Actcrop. Como tratamento fisiológico, foram utilizados: Basfoliar Black Evolution e Basfoliar® Top SL, ambos com tecnologia Basfoliar H Plus. Para a adubação de plantio, foi utilizado o Basacote P-Max, fertilizante de liberação controlada e nitrogênio controlado. Como adubo de cobertura, foi utilizado o Novatec N-Max (24-05-05). E também foi utilizado o Primaz como enraizador e para a proteção de raízes, associado ao Vitanica RZ e Acrécio como enraizadores.

2ª ESTAÇÃO: Marcos Gamba apresenta o manejo Agro Alta no Sitio Bom Jesus.
2ª ESTAÇÃO: o cafeicultor Danilo Freire aprovou o manejo Agro Alta no Sitio Bom Jesus.

3ª ESTAÇÃO

A caravana teve continuidade na propriedade do cafeicultor Manoel Oliveira Lima, o Sítio Polina. Na terceira estação, a lavoura de sequeiro de Catuaí-99, com 8 anos de idade e com tratamento Agro Alta desde outubro de 2020, recebeu tratamento nutricional a base de: Basfoliar® Café SL, Fetrilon® Combi 1, Hakaphos Violeta 13-40-13 e Hakaphos Base 07-12-40. Para a proteção foi utilizado apenas o Actcrop, com tecnologia Basfoliar H Plus. Como tratamento fisiológico foram utilizados Basfoliar Avant Natur, Basfoliar Black Evolution, Basfoliar® Top SL e Basfoliar® CitoBor. O Primaz foi utilizado como condicionador de solo.

3ª ESTAÇÃO: Marcos Gamba e Washington Santos apresentam o manejo Agro Alta no Sitio Polina.

4ª ESTAÇÃO

No Sítio São João Batista, dos cafeicultores Leonardo José Bolonha e José Carlos Veronez, foram organizadas as duas últimas estações do Tour Tecnológico Agro Alta. Na primeira, numa lavoura de Catuaí irrigado, com 13 anos de idade, foram utilizados para a nutrição: Basfoliar® Café SL, Fetrilon® Combi 1, Hakaphos Violeta 13-40-13 e Hakaphos Base 07-12-40. Para a proteção da cultura: Basfoliar Multi Si. Como tratamento fisiológico, utilizou-se: Basfoliar Black Evolution, Basfoliar® Top SL e Basfoliar® CitoBor. Como tratamento de solo, utilizou-se o condicionador de solo: Primaz; para a adubação de cobertura: Novatec; como fertilizante especial: Solubor, a base de boro; e os agentes microbiológicos: Bacillus methylotrophicus, Bacillus subtilis e Trichoderma asperillum.

4ª ESTAÇÃO: Marcos Pereira, Washington Santos e Marcos Gamba apresentam o manejo Agro Alta na 1ª lavoura do Sitio São João Batista.
4ª ESTAÇÃO: José Carlos Veronez e Leonardo Bolonha (Sítio São João Batista).

5ª ESTAÇÃO

Na segunda lavoura, formada ha 25 anos com Catuaí-99 (frutos vermelhos) e Catuaí-62 (frutos amarelos), foi utilizado o mesmo tratamento. “A única diferença é que é uma lavoura de sequeiro que estamos implantando a irrigação neste ano”, explicou Leonardo Bolonha.

“Trabalho há mais ou menos quatro safras em parceria com a Agro Alta. Estamos com 45 hectares totalmente conduzidos com a linha da Compo Expert e da PrimaSea. São produtos de liberação controlada, que diminui a quantidade de aplicação, reduz meus custos de produção, além de serem produtos que aumentam a eficiência de absorção na planta do cafeeiro. Estou muito satisfeito com os produtos e com a assistência técnica da Agro Alta”, afirmou o cafeicultor.

Segundo Leonardo, todos os produtos indicados são muito bons. Mas ressalta um deles. “Eu considero que o precursor do sucesso entre todas as tecnologias que utilizamos do tratamento Agro Alta seja o Primaz. É um condicionador de solo que fornece cálcio de rápida absorção pela planta. Trata-se de um excelente produto para o tratamento nutricional da lavoura do café. Depois que começamos a utilizar este produto que observamos uma melhoria muito grande das plantas, principalmente com relação à pragas e doenças, bem como na produtividade. Destaco, também, o Solubor®, um produto muito bom, que disponibiliza boro via drench, que pode ser misturado com outros produtos, inclusive homeopatias que utilizamos. Gostei também do adjuvante Fighter, da De Sangosse. Considero que seja uma linha de produtos de alta produtividade, que vem melhorando a nutrição da lavoura e que vem entregando bastante resultados”, finalizou Leonardo Bolonha.

5ª ESTAÇÃO: Marcos Pereira (Compo) e Marcos Galba finalizam o Tour Tecnológico

FONTE: Engº Agrº Carlos Arantes Corrêa – REVISTA ATTALEA AGRONEGÓCIOS
Edição de Junho de 2022. (Créditos fotos: Revista Attalea Agronegócios)

Related posts

Senado aprova Política Nacional de Incentivo ao Café de Qualidade

EMATER-MG lança cartilha com orientações de prevenção ao coronavírus durante a colheita do café

[Grupo Vittia – Samaritá] – Benefícios do uso de extratos de algas a cafeicultura

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário