fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Café Cafés Especiais EVENTOS - DESTAQUES

Secagem, Fermentação e Via-Úmida serão debatidos no 1º Encontro de Qualidade no Campo, em Ibiraci (MG)

Os interessados em participar precisam fazer o Credenciamento Antecipado. As vagas são limitadas.

Muita expectativa. Este é o sentimento que paira na cabeça de cafeicultores e amantes do café de qualidade na Região da Alta Mogiana. No próximo sábado (02/07), a Fazenda Santa Mônica, do Grupo Eldorado, município de Ibiraci (MG), sediará o 1º Encontro de Qualidade no Campo.

O evento é uma organização do Grupo Eldorado, Cerejas do Café e da AMSC – Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Região da Alta Mogiana e contará com palestras de profissionais renomados e apresentações práticas.

“O objetivo do evento é disseminar conhecimento na produção de cafés especiais para os associados e para os produtores da Região da Alta Mogiana, além de outras regiões também. A ideia é aproveitar a safra para poder trazer assuntos que podem ajudar na produção ainda deste ano. O último dia de campo que a AMSC organizou na Fazenda Aleluia, nossa associada, foi um sucesso e abordou questões sobre secagem. Além deste evento na Fazenda Santa Mônica, ainda no mês de julho teremos outro dia de campo, desta vez em Altinópolis (SP), na Fazenda Limeira. Logos após este evento, anunciaremos o próximo. Estes ensinamentos compartilhados também servem para ser aplicados na produção dos lotes que serão inscritos no 20º Concurso de Qualidade de Café da Alta Mogiana. Este ano faremos um grande evento em comemoração aos 20 anos do certame”, explicou Edgard Bressani, cafeólogo, Q-Grader e presidente da AMSC.

Edgard Bressani, presidente da AMSC

“Será um evento muito interessante, inteiramente gratuito e recheado de conteúdo sobre secagem, fermentação e via úmida”, explicou o cafeicultor Jean Vilhena Faleiros, diretor do Grupo Eldorado.

“E claro, como sempre terá muita troca de experiência, porque Café Especial não se faz sozinho; ele une as pessoas”, ressaltou Gabriel Borges, gestor da AMSC.

Gabriel ressalta, ainda, a importância do Credenciamento Antecipado. “O conteúdo do evento é riquíssimo e poder ver tudo de perto faz toda a diferença. Então aproveite porque as vagas são limitadas. É necessário fazer a sua inscrição antecipadamente”, disse.

Para inscrições, CLIQUE AQUI e acesse o link.

Lembrando: “a vaga só é garantida após o cadastramento”.

O cafeicultor e empresário Jean Vilhena Faleiros

O evento terá início às 8 horas, com a recepção e boas-vindas aos participantes. O período da manhã concentrará palestras sobre qualidade de café, cujas tecnologias poderão ser implementadas ainda nesta safra. No período da tarde acontecerão as atividades práticas, com encerramento previsto para às 16 horas.

PROGRAMAÇÃO

Na primeira palestra do dia, o Engº Agrº Drº Bruno Ribeiro (diretor da Origina e consultor em pós-colheita de cafés) abordará o tema “Pós-Colheita Prática”. Bruno desenvolve trabalhos em praticamente todas as regiões produtoras de cafés do Brasil, em especial no Cerrado Mineiro e na Região da Alta Mogiana.

Engº Agrº Drº Bruno Ribeiro

Em seguida, o Engº Agrº Alessandro Guieiro (cafeicultor, Especialista em Microbiologia do Solo e diretor da AG Consultoria & Pesquisa) abordará o tema: “Paladar Consciente – Tendência Irreversível”. Alessandro desenvolve Programas de Cafeicultura Conservativa em várias regiões cafeeiras do Brasil.

Engº Agrº Alessandro Guieiro

Ainda no período da manhã, a Engª Agrª Drª Rosane Schwan (Professora Titular e Pesquisadora da UFLA, com Mestrado na UFV e PhD pela Universidade de Bath, Inglaterra, ambos na área de microbiologia) apresentará abordará o tema: “Os Benefícios da Fermentação Artisans”. A Fermentação Artisans é uma tecnologia que utiliza microorganismos selecionados do próprio ambiente do café e monitora variáveis como temperatura e tempo. Com isto, os cafeicultores podem gerenciar com mais eficiência os sabores de seu café, uma vez que, a fermentação controlada permite a repetição ao longo das safras de perfis sensoriais semelhantes e pode estimular o aroma, sabor e acidez da bebida.

Engª Agrª Drª Rosane Schwan

Finalizando o período da manhã e complementando o tema da palestra anterior, o consultor Diego Domingues Macedo (Centro de Pesquisas AP Agrícola) abordará o tema: “A Jornada Nucoffee Artisans”.

Após a pausa para um rápido almoço, o evento retorno às 13 horas, com as práticas de campo. Serão três estações experimentais. Na Estação 1 o tema a ser abordado será “Terreiro Suspensos”. Na Estação 2, “Fermentação – Nucoffee Artisans”.

Já na Estação 3, os participantes do “1º Encontro de Qualidade no Campo” terão a oportunidade de participar do Palini Campo Experience, evento de Lançamento da Nova Via Úmida.

Gostaríamos de agradecer o apoio das empresas AgroCP; COCAPIL – Cooperativa dos Cafeicultores e Agropecuaristas de Ibiraci; FMC; Nucoffee Artisans; Palinialves; e a Vittia, que contribuíram para que o “1º Encontro de Qualidade no Campo” seja realizado.

A AMSC
A Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana é uma associação sem fins lucrativos, que visa a promoção da Região da Alta Mogiana, além de auxiliar os produtores e membros da cadeia do café através de treinamentos, palestras e eventos.

SERVIÇO
Fazenda Santa Mônica
Estrada Ibiraci a Capetinga, km 8, zona rural, Ibiraci (MG)

Related posts

Cooxupé registra aumento na qualidade do café da safra 2020

Revista Attalea Agronegócios

HORTITEC 2022: Netafim destacou a importância na irrigação localizada em hortaliças e frutas

Revista Attalea Agronegócios

Primeira sequência do genoma do Coffea arabica é liberada ao público

Deixe um comentário