fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Corte Bovinos de Leite NOTÍCIAS Política Agrícola

Vacinação de bovídeos contra a febre aftosa encerra neste sábado, 30/11, em São Paulo

O criador tem até este sábado, dia 30 de novembro, para vacinar os bovídeos (bovinos e bubalinos) com idade de zero a 24 meses contra a febre aftosa no estado de São Paulo.

Até a manhã desta sexta-feira, 29/11 foi informada ao Sistema de Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave) a vacinação de 76,04% dos animais nesta fase etária. O total de bovídeos que devem receber a vacinação é de 4,3 milhões de cabeças. O Gedave é o sistema informatizado da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que é gerenciado pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária.

Estão cadastradas no sistema, 105 mil propriedades com registro de bovídeos aptos a serem vacinados. Deste total 71 mil propriedades já declararam a vacinação em seus animais.

A declaração deve ser feita até o dia 7 de dezembro. Deve ser declarado todo o rebanho bovídeo e não somente os que foram vacinados. É preciso declarar todos os animais de outras espécies existentes na propriedade, tais como equídeos (equinos, asininos e muares), suídeos (suínos, javalis e javaporcos), ovinos, caprinos e aves (granjas de aves domésticas, criatórios de avestruzes).

A vacinação é obrigatória. Deixar de vacinar e de comunicar a vacinação sujeita o criador a multas de 5 Ufesps (132,65 reais) por cabeça por deixar de vacinar, e 3 Ufesps (79,59 reais) por cabeça por deixar de comunicar. O valor de cada Ufesp – Unidade Fiscal do Estado de São Paulo é 26,53 reais.

Dados Gedave de 29/11/2019

Na relação abaixo, o percentual de bovídeos com idade de zero a 24 meses aptos a serem vacinados; o total de bovídeos vacinados e declarado no sistema; e o percentual de vacinados em cada regional de Defesa Agropecuária.

EDA de Andradina – 192.637 – 140.808 – 73,095 %
EDA de Araçatuba – 148.681 – 113.874 – 76,589 %
EDA de Araraquara – 49.828 – 36.716 – 73,685 %
EDA de Assis – 94.796 – 70.413 – 74,278 %
EDA de Avaré – 93.358 – 74.805 – 80,127 %
EDA de Barretos – 82.913 – 51.939 – 62,643 %
EDA de Bauru – 162.506 – 116.966 – 71,976 %
EDA de Botucatu – 114.352 – 82.855 – 72,456 %
EDA de Bragança Paulista – 83.261 – 59.666 – 71,661 %
EDA de Campinas – 42.679 – 26.293 – 61,606 %
EDA de Catanduva – 46.828 – 38.649 – 82,534 %
EDA de Dracena – 142.096 – 105.097 – 73,962 %
EDA de Fernandópolis – 108.596 – 82.470 – 75,942 %
EDA de Franca – 74.783 – 54.643 – 73,069 %
EDA de General Salgado – 207.479 – 163.719 – 78,909 %
EDA de Guaratinguetá – 128.583 – 103.433 – 80,441 %
EDA de Itapetininga – 120.047 – 95.261 – 79,353 %
EDA de Itapeva – 77.692 – 51.369 – 66,119 %
EDA de Jaboticabal – 32.748 – 24.684 – 75,376 %
EDA de Jales – 169.722 – 137.034 – 80,740 %
EDA de Jaú – 51.612 – 40.719 – 78,894 %
EDA de Limeira – 43.674 – 31.310 – 71,690 %
EDA de Lins – 152.707 – 125.711 – 82,322 %
EDA de Marília – 168.569 – 135.668 – 80,482 %
EDA de Mogi das Cruzes – 8.678 – 5.074 – 58,470 %
EDA de Mogi-Mirim – 35.852 – 26.981 – 75,257 %
EDA de Orlândia – 45.427 – 31.562 – 69,479 %
EDA de Ourinhos – 111.356 – 90.479 – 81,252 %
EDA de Pindamonhangaba – 123.465 – 90.837 – 73,573 %
EDA de Piracicaba – 66.645 – 47.630 – 71,468 %
EDA de Presidente Prudente – 306.112 – 230.726 – 75,373 %
EDA de Presidente Venceslau – 340.373 – 273.908 – 80,473 %
EDA de Registro – 41.083 – 26.022 – 63,340 %
EDA de Ribeirão Preto – 52.007 – 37.618 – 72,333 %
EDA de São João da Boa Vista – 129.929 – 108.535 – 83,534 %
EDA de São José do Rio Preto – 178.288 – 136.299 – 76,449 %
EDA de São Paulo – 2.219 — 563 – 25,372 %
EDA de Sorocaba – 57.977 – 39.940 – 68,889 %
EDA de Tupã – 133.798 – 95.005 – 71,006 %
EDA de Votuporanga – 129.654 – 104.981 – 80,970 %

TOTAL – 4.353.010 – 3.310.262 – 76,045 %

Related posts

Christiano Nascif é o novo superintendente do Senar Minas

Revista Attalea Agronegócios

EPAMIG ILCT cria plataforma digital para difundir conhecimentos lácteos

Produtos de Origem Animal irregulares procedente de Minas Gerais são apreendidos em Atibaia (SP)

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário