Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Café

Pinhalense fornece Grande Benefício Ecológico Úmido e Unidade de Secagem na Colômbia

A cooperativa líder de café na Colômbia, de los Andes Cooperativa, inaugurou em dezembro passado um benefício úmido e secagem ecológicos de última geração fornecidos pela Pinhalense.

O benefício La Chaparrala, o terceiro e maior benefício regional da cooperativa, foi projetado pela Pinhalense tendo em mente os sistemas atuais e futuros de colheita, em um momento em que a Colômbia está considerando seriamente a mecanização da colheita de café.

Localizado no município de Andes, no departamento de Antioquia, o novo benefício processará café de mais de 800 fazendas que têm uma produção total estimada de 45.000 sacas de 60 kg. A cooperativa vê a nova central como um forte apoiador da sustentabilidade na área do projeto, com processamento centralizado moderno e eficiente que agregará valor ao café dos agricultores e protegerá o meio ambiente ao redor do rio que fornece água para a cidade de Andes.

A linha ecológica de benefício úmido da Pinhalense, com baixo consumo de água, separa as cerejas de acordo com seu grau de maturação e as processa separadamente para obter o máximo de cada produto em termos de qualidade e preço.

Diferentes produtos serão despolpados, fermentados a seco, lavados e secados separadamente a fim de garantir os maiores retornos possíveis aos produtores. Os secadores usarão a casca do café como combustível e todas as águas residuais serão tratadas para garantir que os três pilares da sustentabilidade sejam abordados.

A combinação dos lavadores LSC e despolpadores de baixo consumo de água ECO SUPER introduz a capacidade de despolpar separadamente as cerejas 100% maduras, de melhor qualidade, independentemente da mistura de cereja recebida no benefício.

Estes serão os cafés de alta qualidade, livres dos sabores indesejados das cerejas verdes que estão sendo colhidas em quantidades cada vez maiores. Cerejas semi-maduras e sobre maduras, que têm suas próprias qualidades e mercados específicos, serão despolpadas separadamente para maximizar os retornos sem comprometer a qualidade do produto principal.

Secadores rotativos horizontais de baixa temperatura são usados ​​para manter a qualidade de todos os cafés. Secadores bi-partidos foram fornecidos para secar os volumes menores de café semi-maduros e sobre maduros despolpados além dos naturais cujas porcentagens tendem a aumentar no final da colheita.

O benefício La Chaparrala exigiu um investimento de mais de R$ 20 milhões provenientes da cooperativa juntamente com parceiros privados, incluindo uma doação do F. Gaviña & Sons, importador e torrefador americano, e financiamento pela empresa belga Incofin.

A tecnologia e os equipamentos brasileiros da Pinhalense contribuíram para tornar este um projeto verdadeiramente internacional – colombiano, brasileiro, americano e belga –, como mencionado pelo gerente geral de los Andes, Juan David Rendón, na abertura de La Chaparrala.

 

FONTE: Bruno Pessa – ADS COMUNICAÇÃO CORPORATIVA
brunop@adsbrasil.com.br 

Powered by Rock Convert

Related posts

Café Especial: última chamada para inscrições no Cup of Excellence Brazil 2018

Revista Attalea Agronegócios

[Ensei Neto] – A torra do café e a acidez

Revista Attalea Agronegócios

[Silas Brasileiro] – Balanço Semanal do CNC — 12 a 16/03/2018

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário