fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Bovinos de Leite

Leite: Cada um com os seus problemas

BRUNO LIMA
Zootecnista, analista de mercado Bolsa do Leite
https://www.facebook.com/bolsadoleite/

 

Produtores de leite do mundo todo enfrentam dois anos de incertezas quanto a custos e consumo.

Durante a última semana, publicamos diversas notícias que demonstram isso: “Setor Argentino Enfrenta Profunda Crise, USDA Solicita Prioridade para Produtores de Leite na Política Agrícola Americana em 2019, Produtores uruguaios se reúnem com o presidente Tabaré Vasquez”, dentre outras.

É um claro sinal que a crise de consumo é mundial e que o desequilíbrio com o aumento de produção e o descompasso com os custos crescentes tem causado uma crise global na produção primária.

Temos acompanhado em nossos levantamentos que mesmo com queda de produção nas fazendas, está difícil emplacar vendas e preços no mercado interno. Mais um forte sinal da recessão no consumo de leite.

Teve início em 2018 um governo no Brasil que defende como pauta econômica geral o livre mercado e o liberalismo. Esse pensamento é positivo em setores que estão mais maduros e preparados que a pecuária de leite. Não existe uma válvula de saída de leite para que a balança comercial seja capaz de se equilibrar.

Portanto nesse momento, o produtor de leite brasileiro precisa de interferência governamental, até que se prepare para um futuro competitivo. O Brasil está em posição privilegiada em relação a outros países do mundo, principalmente do Mercosul, e nesse momento precisamos achar uma forma mais educada de falar para os outros países que querem nos vender leite: “CADA UM COM OS SEUS PROBLEMAS.”

Related posts

Girolando abre inscrições de animais para estreia na ExpoZebu

Protocolos de IATF para aumentar a taxa de concepção de vacas de leite

[Marcos Antônio Zordan] – O volátil mercado do leite

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário