fbpx
Revista Attalea Agronegócios
NOTÍCIAS

Janelas de plantio mais curtas exigem precisão nas aplicações

Com janelas cada vez mais curtas para colheita e plantio, os produtores têm procurado soluções em produtividade para otimizar o tempo dos processos na lavoura. Para isso o planejamento é fundamental, como considerar qualidade de solo e semente, mão de obra, logística de insumos, análise de mercado, condições das máquinas e escolha estratégica de maquinários.

Uma das tendências é a busca por maquinários de alta capacidade, gerando assim alto rendimento operacional, economizando tempo de logística em paradas para abastecimento, como é o caso dos distribuidores de fertilizantes e corretivos. Pensando nisso, empresas como a MP Agro Máquinas Agrícolas, localizada em Ibaté, interior de São Paulo, oferece ao mercado máquinas como a Taurus Truck, projetada para ser acoplada em caminhões e ainda mais recente linha Taurus Robust, modelo de arrasto de alta capacidade.

Com estrutura 100% em aço inox, a Taurus Truck pode ser acoplada em caminhão chassi fixo ou no sistema roll on-off e possui capacidades de 25.000 e 30.000. Esse tipo de equipamento gera grande economia em hora/máquina com alto rendimento diário, substituindo o trabalho de até 03 tratores, devido a sua velocidade e capacidade, como explica o supervisor de aplicação MP Agro, Reinaldo Damasio. “Com a utilização desse tipo de equipamento, a economia no rendimento operacional pode chegar a 50%, com combustível, mão de obra e hora máquina”, destaca.

Preocupação na aplicação correta

Outro fator importante para o ganho operacional e produtivo, no caso da distribuição de insumos a lanço, é que o produtor sempre mantenha a máquina revisada e corretamente regulada para garantir uma ótima aplicação e assim alcançar os resultados esperados com o cultivo.

Para fazer essa regulagem com eficiência, existe uma técnica muito simples e eficaz que é chamado de “teste de bandeja”, para realizar o teste, são usadas 21 bandejas dispostas de 2 em 2 metros no campo. A máquina passa sobre esses recipientes aplicando o produto e com acúmulo de produto em cada uma delas é possível aferir a faixa de aplicação e homogeneidade.

Ainda de acordo com Damásio, após o teste o produtor conseguirá ajustar as palhetas, que são responsáveis pela homogeneidade da aplicação. Elas podem ser ajustadas através de pontos de regulagem localizadas nos discos. “Realizando esses procedimentos prévios, o produtor garante a aplicação de insumos na quantidade necessária, gerando economia e rendimento durante suas adubações”, destaca.

Escolha do equipamento

Para os que ainda não possuem ou vão adquirir novos equipamentos para distribuição de adubo, gesso e calcário, a dica é sempre optar por máquinas confiáveis, duráveis com tecnologia embarcada e que tenham uma ótima aplicação. Nessa escolha o produtor deve levar em conta a facilidade de manutenção, materiais de boa qualidade usados na fabricação, como aço inox e componentes de primeira linha para garantir confiabilidade.

A Taurus Truck, por exemplo, possui um importante diferencial além de sua estrutura e capacidade, o sistema de distribuição consiste no ângulo exato de lançamento dos grãos fazendo com que o fertilizante que está sendo aplicado, caia sobre o solo sem danificar as folhas das plantas. “A velocidade de aplicação fica em média de 25km/ha chegando até 400ha por dia com lanço de até 36m de largura para adubos granulados. Para produtos em pó como calcário ou gesso, alcança faixas de até 16m com ampla uniformidade e autonomia devido a sua alta capacidade de carga”, completa o supervisor.

Além da escolha criteriosa da máquina, é preciso se atentar ao tipo de insumo a ser utilizado, seja ele orgânico ou sintético. “Para uma boa aplicação é ideal sempre usar as formulações que o solo necessita especificado pelo agrônomo através de análise. Já no caso da aplicação do fertilizante granulado e em pó a dica é sempre prezar por usar produtos de boa qualidade para não impactar na aplicação”, finaliza Damásio.

MP Agro – Fundada em 2012 e com sede em Ibaté-SP, a empresa nasceu com o propósito de trazer as melhores e mais confiáveis soluções tecnológicas em inox ao mercado agrícola. Possui um portfólio de produtos voltados para distribuição de fertilizantes, o que os tornam especialistas no segmento.

FONTE: Rural Press – Kassiana Bonissoni – kassiana.ruralpress@gmail.com

Related posts

Fertilizantes passam a ter registro automático

CNA debate desafios para exportação de produtos lácteos

Revista Attalea Agronegócios

99,51% dos bovídeos com até 24 meses foram vacinados contra febre aftosa em São Paulo

Deixe um comentário