CooperativasEVENTOS - DESTAQUES

AGRISHOW 2023: Cooperativas de Crédito estão animadas para os negócios

Cooperativas de crédito estão animadas para atingir suas metas, sejam em liberações de créditos ou vendas diretas aos seus clientes, na Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, que está sendo realizada até sexta-feira, dia 5 de maio. 

O Sicoob-SP, que captou R$ 1 bilhão em 2022, disponibilizou R$ 2 bilhões para as 14 cooperativas paulistas associadas. “Agora temos recursos e as empresas têm condições de entrega dos produtos”, destaca o diretor executivo do Sicoob-SP, Rodrigo Moraes. O sistema de crédito disponibilizou uma linha especial de consórcio na feira, com taxa de administração a partir de 6,38%, e financiamento próprio com juros a partir de 15% e isenção de IOF. 

“Nossa expectativa é faturar, para os nossos cooperados, R$ 1,8 bilhão”, afirma o CEO da Coopercitrus, Fernando Degobbi. O valor superaria o R$ 1,5 bilhão de 2022, com mais de 60 empresas expondo seus produtos no estande Shopping Rural. Degobbi diz que o movimento é maior que em 2022 e destaca que mais de 400 profissionais estão empenhados para atingir o objetivo, além de que foram enviados 12 mil convites aos produtores rurais cooperados. 

O Sicredi, com 105 cooperativas no país, alia a divulgação institucional da marca com o atendimento aos associados, oferecendo duas linhas de crédito: a TFB (do BNDES) e a própria, o CPR, ambas a partir de 17%/ano, mas a taxa pode ser negociada a cada caso. Segundo o gerente de desenvolvimento de crédito, Gilson Nogueira Farias, o Sicredi tem R$ 5 bilhões disponíveis para financiamentos na feira e as propostas de negócios são feitas, pela segunda vez na feira, pelo aplicativo DigiAgro. Em 2022 foram captados R$ 30 milhões em propostas. “A feira está satisfatória e, apesar de adversidades do mercado, captamos R$ 20 milhões em propostas nos dois primeiros dias”, afirma Farias. 

O gerente corporativo de negócios da Coplacana, José de Paula Neto, diz que a meta é pelo menos repetir os números do ano passado: R$ 50 milhões. “A feira está boa e estamos atingindo as projeções de vendas”, afirma Paula Neto. Já o diretor de negócios da Cresol Pioneira, de Dois Vizinhos (PR), Marcelo Ludvichak, diz que “o objetivo é fortalecer a marca e mostrar que estamos em São Paulo”. 

Credicitrus está apresentando taxas especiais para os produtores associados, incluindo os limites pré-aprovados de crédito para o setor, como: aquisição de insumos dentro do convênio de intercooperação com a Coopercitrus, custeio agrícola/pecuário, compra de máquinas e equipamentos novos, financiamento de veículos e aquisição de energia fotovoltaica. 

A Agrishow é uma iniciativa das principais entidades do agronegócio no país: Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira, e é organizada pela Informa Markets, integrante do Grupo Informa, uma das maiores promotoras de feiras, conferências e treinamentos do mundo com capital aberto.

FOTO PRINCIPAL: CEO da Coopercitrus, Fernando Degobbi

Related posts

Otimismo no agronegócio impulsiona AGRISHOW 2019

Mario

Expodireto 2019: Organizadores modulares, Caixa Pickup Box e Cortador dirigível Trotter são destaques da Tramontina

Mario

Cooperativas saem otimistas do ENCA 2019

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais