Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Café EVENTOS - DESTAQUES

11º SIMCAFÉ: oportunidade de negócios, política setorial e palestra sobre gestão na abertura do simpósio

Com uma estrutura impecável, estandes muito bem organizados, com a participação das principais empresas do agronegócio café, palestra sobre gestão e uma solenidade oficial de abertura recheada das principais autoridades do setor, teve início na manhã desta terça-feira, dia 09 de abril, o 11º SIMCAFÉ – Simpósio do Agronegócio Café da Alta Mogiana, evento organizado pela COCAPEC – Cooperativa dos Cafeicultores e Agropecuaristas.

Durante todo o dia, os visitantes puderam conferir e visitar os mais de 80 estandes empresas de insumos agrícolas, máquinas e implementos, saúde animal, concessionárias de veículos, meio ambiente e sustentabilidade, entre outras.

Os cooperados da COCAPEC poderão adquirir os maquinários em condições exclusivas através da modalidade de troca por café, em que o produto colhido por eles é a moeda.

A solenidade oficial de abertura do evento aconteceu no final da tarde. Contou com a participação do várias autoridades do setor cafeeiro, como o Engº Agrº Carlos Yoshiyuki Sato (diretor-presidente da COCAPEC), Alberto Rocchetti Netto (diretor-vice presidente da COCAPEC), Saulo de Carvalho Faleiros (diretor-secretário da COCAPEC), Silas Brasileiro (presidente executivo do CNC – Conselho Nacional do Café), Engº Agrº Maurício Miarelli (coordenador do CNC e presidente do SICOOB-Credicocapec), Rodrigo Castejon (Subsecretário de Relações Institucionais, representando Gustavo Junqueira, Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo), Edivaldo del Grande (presidente da OCESP – Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo e diretor da OCB – Organização das Cooperativas do Brasil), André Cunha (diretor da AMSC – Associação de Cafés Especiais da Alta Mogiana), José Henrique Mendonça (presidente do Sindicato Rural de Franca e presidente da Fundação Experimental do Café Alta Mogiana), Anderson Minamihara (secretário municipal de Desenvolvimento) e Frank Sérgio Pereira (vice-prefeito de Franca).

Engº Agrº Carlos Yoshiyuki Sato, presidente da COCAPEC
Maurício Miarelli (coordenador do CNC e presidente do SICOOB-Credicocapec)
Rodrigo Castejon (Subsecretário de Relações Institucionais, representando Gustavo Junqueira, Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo)
Edivaldo del Grande (presidente da OCESP – Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo e diretor da OCB – Organização das Cooperativas do Brasil)

Após a solenidade, Silas Brasileiro proferiu uma rápida palestra, abordando o tema mais debatido e cobrado pelos produtores de cafés de todo o Brasil: a baixa atuais dos preços. Na palestra “Os Desafios de um Mercado Especulativo”, o presidente do CNC apresentou números referentes às safras 2018/2019, comparando com a de 2019/2020 e ressaltou: “Não há caminho além da busca permanente do equilíbrio entre a oferta e a demanda”

Silas exemplificou ainda, com números interessantes, o principal motivo pelo qual o Brasil não pode ser considerado o responsável pela atual queda de preços do café nas bolsas mundiais. Em cinco anos, México & América Central aumentou sua produção em 17%, enquanto Ásia & Oceania em 9,8% e África em 5,9%. Neste mesmo período de cinco anos, a produção na América do Sul (englobando Brasil e Colômbia) caiu em 1,6%.

Outra informação apresentada por Silas Brasileiro para a atual situação cafeeira no mundo, deve-se à questão consumo per capita. “Com dados fechados em 2017, enquanto o Brasil – maior produtor mundial -, apresenta consumo médio de 6,25 kg/hab/ano, outros produtores mundiais apresentam consumo interno pífio: Vietnã (1,52kg/hab/ano), Colômbia (2,14 kg/hab/ano), Honduras (2,40 kg/hab/ano) e Uganda (0,34 kg/hab/ano)”, ressaltou o presidente do CNC.

Silas Brasileiro (presidente executivo do CNC – Conselho Nacional do Café)

Logo após a palestra de Silas Brasileiro, coube ao Engº Agrônomo Caio Eduardo Lazarini Garcia proferiu a palestra “A Importância da Gestão Técnica e Econômica e Seus Impactos na Rentabilidade”. Caio é Consultor Técnico do Projeto Educampo Café (SEBRAE-MG) desde 2007 na cidade de Patrocínio (MG), atendendo 18 Produtores e 43 propriedades de café. Além disso, é cafeicultor desde 2016 em Indianópolis (MG). Ele é formado pela Faculdade de Agronomia “Dr. Francisco Maeda” (FAFRAM), Ituverava (SP), concluído em 2006 e pós-graduado em Gestão do Agronegócio Café (USP/PENSA) em 2009 e em Manejo de Solo (Esalq/USP) em 2019.

SERVIÇO
11º SIMCAFÉ – Simpósio do Agronegócio Café da Alta Mogiana
Dias = 9 e 11 de abril
Horário = das 9h às 18 horas
Local = Espaço Villa Eventos, em Franca/SP – Rod. Ronan Rocha – Km 29 / sentido Franca-Patrocínio Paulista.

Consultores Agronômicos no estande do Grupo Vittia no 11º SIMCAFÉ
Consultores Agronômicos no estande da Bayer do Brasil no 11º SIMCAFÉ
Consultores Agronômicos no estande da Compass Minerals no 11º SIMCAFÉ
Consultores Técnicos no estande da Korin no 11º SIMCAFÉ
Estande Palinialves no 11º SIMCAFÉ
Estande MIAC no 11º SIMCAFÉ
Estande SWZ no 11º SIMCAFÉ
Powered by Rock Convert

Related posts

Palini & Alves realiza Dia de Campo na Fazenda Pinheiros, em Campos Gerais (MG)

Revista Attalea Agronegócios

AGRISHOW 2019: Ministros Tereza Cristina e Ricardo Salles confirmam participação na Solenidade de Abertura

Startup cria superdrone voltado para agricultura de precisão

Deixe um comentário