Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Milho e Soja

Vazio Sanitário da Soja começa neste sábado para SP, RO, SC, MT e MS

Treze estados mais o Distrito Federal adotam o período sem plantas vivas de soja no Brasil. Além disso, o Paraguai também aderiu a medida para evitar a proliferação da pior doença da cultura, a ferrugem asiática.

A safra 2019/2020 ainda não começou, mas para evitar grandes incidências da pior doença para a soja do país, a ferrugem asiática, o vazio sanitário vai começar. Na safra passada foram registrados 390 casos, sendo o Rio Grande do Sul (que não tem vazio sanitário) o estado que mais ocorrências registrou, mais uma vez. Abaixo separamos alguns pontos importantes ressaltados pela Embrapa Soja sobre o tema.

O vazio sanitário é o período de no mínimo 60 dias em que não se pode semear ou manter plantas vivas de soja no campo. O objetivo do vazio sanitário é reduzir a sobrevivência do fungo causador da ferrugem-asiática durante a entressafra e assim atrasar a ocorrência da doença na safra.

A Ferrugem-Asiática

O fungo que causa a ferrugem-asiática é biotrófico, o que significa que precisa de hospedeiro vivo para se desenvolver e multiplicar. Ao eliminar as plantas de soja na entressafra quebra-se o ciclo do fungo, reduzindo assim a quantidade de esporos presentes no ambiente.

“O importante do vazio sanitário é que ela ajuda a evitar a ferrugem, que é uma doença muito severa. Se ela chega muito cedo, pode aumentar muito o custo de produção, com mais aplicações de fungicidas. Temos um risco maior de perder em produtividade”, explica a pesquisadora da Embrapa, Claudine Seixas.

O produtor que não cumprir o vazio estará sujeito a penalidades como multas. Os estados também têm sanções aos que não seguirem.

“Mais importante que essas multas, o primeiro beneficiado a fazer um bom vazio sanitário é o agricultor, que terá essa doença cada vez mais tarde. Então o bom manejo da ferrugem começa na entressafra, fazendo o vazio sanitário – lembra a pesquisadora da Embrapa”, finaliza a pesquisadora.

Confira abaixo o calendário para o vazio sanitário

O primeiro estado a iniciar o período do vazio sanitário no país foi o Paraná, no dia 10 de junho. E, agora, neste próximo sábado, dia 15, entram na roda: Mato Grosso, Rondônia, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Santa Catarina. O Paraguai já iniciou o período de vazio, no dia 1 de junho. Vale lembrar que o Rio Grande do Sul não adota a medida ainda.

 

FONTE: Canal Rural

Related posts

Soja supera o Milho em área plantada e segue em expansão no Estado de São Paulo, aponta IEA

Circuito de palestras discutiu manejo da silagem de milho de alta qualidade no Paraná

Revista Attalea Agronegócios

Produtividade da lavoura de milho depende de nutrientes bem aplicados

Deixe um comentário