fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Tecnologia

Silo-bolsa ganha força no Brasil

Há algum tempo, o silo-bolsa se consolidou na Argentina como uma excelente solução para armazenamento. No Brasil, esta tecnologia vem, ano a ano, ganhando espaço e tudo indica que, em breve, será tão valorizada aqui quanto é no país vizinho. Este contexto deve ser impulsionado pelo recorde estimado para 2020 (cerca de 245,9 milhões de toneladas, de acordo com o IBGE).

Neste contexto, há um outro fator importantíssimo: segundo especialistas, o Brasil apresenta um déficit de armazenagem e, por ser uma solução flexível e de fácil instalação, o silo-bolsa aumentará a sua participação no mercado.

Para que você conheça mais sobre esta tecnologia, Dayana Caroba, gerente comercial da Silox, empresa que utiliza a tecnologia e qualidade do grupo Nortène, destaca a seguir mais cinco benefícios:

1 – Valorização da colheita

A época da colheita nem sempre é a ideal para a comercialização do produto. Com o silo bolsa, existe a possibilidade de o agricultor aguardar a época mais valorizada para negociar a sua safra.

2 – Otimização da logística

A falta de estradas, o valor elevado de fretes, e a escassez de caminhões pela alta demanda da época, são fatores que podem comprometer a colheita. O silo bolsa garante o trabalho ininterrupto.

3 – Custo/Benéfico

Com resultados comprovados em diversas culturas, o silo-bolsa tem ótimo custo-benefício, principalmente por utilizar matérias-primas de qualidade, como o metaloceno e o dióxido de titânio.

4 – Além da economia, a solução traz outras vantagens para o produtor:

A Separação da safra por lotes e produtos por qualidades especificas; produtos com umidades diferentes; produtos com diferentes teores de proteína ou coloração; e, em armazéns, evita a mistura entre bons produtos e os de qualidade inferior (produtos da pré-limpeza).

5 – Hermeticamente fechado

A principal função do silo-bolsa é ser uma barreira de oxigênio, que proporciona um ambiente hermeticamente fechado e anaeróbico, impedindo o desenvolvimento de insetos (caruncho e pragas), mantendo, assim, a qualidade do produto armazenado.

Portanto, o silo-bolsa é um grande aliado para o agronegócio brasileiro, além de ser uma tecnologia que promove a alta sustentabilidade.

FONTE: Cristina Arinelli – Ação Estratégica Comunicação
atendimento3@acaoestrategica.com.br

Related posts

Drones: Empresas públicas e privadas discutem o uso na pulverização e no controle biológico da lavoura

Revista Attalea Agronegócios

Nova Plataforma InCeres traz mais soluções para Agricultura de Precisão

Uso de energia solar tem forte expansão no agronegócio

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário