Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Leite

Produção leiteira da CAPAL tem média quatro vezes maior que a nacional

Capacidade produtiva dos cooperados pode ser conferida na 47ª edição da Expoleite, feira que será realizada em julho no Paraná.

A CAPAL negocia 9 milhões de litros de leite por mês. Essa quantidade, registrada em junho deste ano, é 12% maior que o mesmo período de 2018 e quatro vezes superior à média nacional, que variou entre 3% e 3,5% o crescimento. Os visitantes da 47ª Expoleite, feira organizada pela CAPAL e que será realizada entre 25 e 27 de julho em Arapoti (PR), poderão conferir de perto a qualidade dos animais da região.

Segundo o coordenador de pecuária leiteira da CAPAL, Roberto Caldeira, o primeiro semestre deste ano foi excelente para o produtor da cooperativa, superando a média brasileira de produção. No período, houve boas condições para produção (maior oferta), com o cenário internacional e o câmbio voltando a favorecer as importações. Além disso, a disponibilidade financeira per capita cresceu. Entretanto, no segundo semestre, apesar da produção (em volume) continuar subindo, os preços não deverão acompanhar essa tendência, já que, até o momento, é apontada piora na perspectiva do Produto Interno Bruto (PIB).

“Deve haver uma redução no valor por litro devido ao impasse na economia do País. O consumo de leite UHT e de derivados, como muçarela e iogurte, além das férias escolares, impactam essa redução do valor”, explica Caldeira.

O coordenador da CAPAL destaca a capacidade de gestão dos cooperados, ou seja, mesmo com uma queda no valor, com um trabalho profissional na propriedade o produtor deve trabalhar para a redução dos custos e, assim, manter a margem de rentabilidade com a produção em alta. Os cooperados produzem uma média de 2,5 mil litros de leite/dia, com uma média de produção por vaca de 28 litros.

Programação da Expoleite

No dia 25 de manhã serão realizados o Clube de Bezerras e o Clube Infantil, além da palestra sobre economia rural ministrada por Tobias Katsman, zootecnista e produtor de leite. No período da tarde será a vez do primeiro julgamento da Feira, do gado jovem holandês Vermelho e Branco, seguido do adulto da mesma variedade. Também está na programação do primeiro dia a palestra “Mulheres Cooperativistas”, ministrada pelo professor da Fundação Getúlio Vargas e CEO do Grupo Datacenso, Claudio Shimoyama.

No dia seguinte pela manhã o prêmio “Qualidade do Leite” será entregue. A palestra principal, ministrada pelo professor, escritor e referência em gestão de vendas, marketing e agronegócio, José Luiz Tejon, também acontece no segundo dia. A palestra “Leite, cooperação e superação” focará na produção leiteira. À tarde, será realizado o julgamento do gado jovem holandês Preto e Branco e a palestra com tema da área agrícola, desta vez com o representante da empresa FC Stone.

No último dia de evento, sábado, será realizada a Copa dos Puxadores, o julgamento do gado adulto holandês Preto e Branco e as premiações.

SERVIÇO
47ª Expoleite
Quando:
 25 a 27 de julho
Onde: Parque de Exposições CAPAL
Rua Luís Binoto, 164, Arapoti (PR)
www.capal.coop.br/expoleite

Sobre a CAPAL Cooperativa Agroindustrial

Fundada em 1960, a CAPAL conta atualmente com mais de 3 mil associados, distribuídos em 14 unidades de negócios, nos estados do Paraná e São Paulo. A cadeia agrícola responde por cerca de 70% das operações da cooperativa, produzindo mais de 640 mil toneladas de grãos por ano, com destaque para soja, milho e trigo. A área agrícola assistida ultrapassa os 140 mil ha. O volume de leite negociado pela CAPAL mensalmente é de 9 milhões de litros, proveniente de 360 produtores com uma média de produção de 2,5 mil litros/dia.

FONTE: Luis Fernando Duarte – PG1 – Capal Cooperativa Agroindustrial
luisfernando@pg1com.com

Related posts

[Glayk Humberto e Vânia Mirelle] – Nutrigenômica: a nova tendência da biotecnologia do genoma na nutrição animal

Revista Attalea Agronegócios

FAESP manifesta necessidade de medida urgente sobre antidumping de leite em pó

EMBRAPA: Riscos de plantas tóxicas nas pastagens é tema de série de publicações

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário