fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Café Cooperativas

Expocaccer celebra 25 anos reunindo a cadeia do café

Foi com a casa cheia que a Expocaccer comemorou seus 25 anos no dia 08 de setembro, último sábado, na Arena Cerrado, em Patrocínio.

Com o tema “Vivendo café e gerando valor compartilhado” a cooperativa projetou sua celebração com foco no cooperado e na reafirmação de sua essência cooperativista. O evento comemorativo também objetivou reunir todos os integrantes da cadeia do café, demonstrando a importância de cada um para o desenvolvimento da cooperativa e, consequentemente, seu sucesso. Assim, estiveram presentes cooperados e seus familiares, diretores, autoridades políticas, representantes do sistema cafeeiro, colaboradores, clientes e imprensa.

Valorização da trajetória

A celebração contou com a explanação de personagens que contribuíram para a criação da Expocaccer em 1993 e também autoridades do café que falaram sobre a representatividade da cooperativa para a cafeicultura da Região do Cerrado Mineiro, enfatizando seu crescimento.

Em sua fala, Aguinaldo José de Lima, um dos idealizadores da Expocaccer e hoje diretor da ABICS – Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel, relembrou o início da cooperativa e exaltou o seu desenvolvimento O presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Francisco Sérgio de Assis, que também é cooperado da Expocaccer, enalteceu o potencial da cooperativa, o seu crescimento e o seu alinhamento com os propósitos da Região do Cerrado Mineiro, bem como sua representatividade no mercado.

O presidente do CNC – Conselho Nacional do Café, Silas Brasileiro, que também compõe o quadro de cooperados, comparou a cooperativa de antes e a de agora, salientado a sua força no cenário da cafeicultura. O prefeito e também cooperado, Deiró Marra, abordou a geração de empregos e a importância da cafeicultura para o município de Patrocínio, o maior produtor de café do país. Deiró também destacou o trabalho da equipe da cooperativa e o empenho de todos em oferecer os melhores serviços aos cafeicultores, destacando a Expocaccer como uma fórmula de sucesso.

“Quando falamos de 25 anos, me lembro de força, juventude, vitalidade, renovação e crescimento. A Expocaccer de hoje é bem diferente daquela que começou em 1993, mas uma coisa não mudou: o cuidado com o cooperado. A paixão que nós temos pelo nosso negócio é expressada no trabalho da Expocaccer. Temos conseguido, juntos, cooperativa e cooperado, crescer de forma constante e continuada ao longo tempo”, afirmou o presidente da Expocaccer, Ricardo Bartholo.

Integração da cadeia do café

O momento das homenagens seguiu a linha da integração e valorização daqueles que fazem o negócio da Expocaccer acontecer todos os dias.

Os colaboradores com mais tempo de serviço, Luiz Antônio da Silva, Lusencor Vieira Borges e Ana Maria de Jesus, receberam uma placa comemorativa das mãos do presidente e também do superintendente, Simão Pedro de Lima.

Representando os fundadores, Aguinaldo José de Lima, retornou ao palco, juntamente com o cooperado, também fundador e Conselheiro de Administração, Maurício Carvalho Brandão, os quais receberam as placas do presidente da Expocaccer e do presidente da Federação, Francisco Sérgio de Assis.

Na sequência, Ricardo Bartholo, convidou a cooperada e conselheira administrativa, Érika Ruiz, para homenagear cooperados por segmentos, foram eles: Gabriel Alves Nunes, representando os jovens, uma vez que ele, juntamente com seu pai, Osmar Nunes Junior, foi o vencedor do CUP OF EXCELLENCE 2017, produzindo o café mais caro do mundo; Mariana Velloso Heitor Portugal; cooperada e conselheira administrativa que representa a força feminina e Devanir Rossini, cooperado que representa a importância e a dedicação dos pequenos cafeicultores para o negócio café.

Para homenagear os clientes, o presidente convidou o gerente comercial, João Ferreira Júnior para entregaram a placa comemorativa para a EISA Interagrícola, representada por Reginaldo Mundim, gerente da filial de Araguari.

Café de atitude e representativo

Durante o evento, a Dulcerrado promoveu o lançamento da Edição do Produtor. O café escolhido para a edição comemorativa foi produzido pelos irmãos Guimarães, Ricardo, Rogério e Francisco, cuja bebida tem notas aromáticas de mel, cerejas masceradas com toque de malte e cravo. O sabor remete à melaço, castanha e frutas amarelas com acidez cítrica.

Sobre a escolha deste café, falaram a trader, Sandra Moraes e a gestora da Dulcerrado, Poliana Gonçalves, enfatizando o sabor exótico e a experiência ao degustar este café que foi caracterizado por “ousado como poucos”. A experiência foi compartilhada com os convidados que saborearam a especialidade da bebida harmonizada com espetinho de queijo e peito de peru.

Francisco Guimarães, falou sobre a satisfação da família em ter o trabalho reconhecido pela Expocaccer e Dulcerrado, bem como a honra de terem sido escolhidos para uma edição mais que especial, representando a atitude, a inovação e a juventude na cafeicultura.

Vivendo café e gerando valor compartilhado

A cerimônia foi encerrada com um vídeo em que os serviços oferecidos pela cooperativa foram enfatizados e comentados pelos próprios cooperados. O material, que está disponível no canal da cooperativa no Youtube, mostra a força da união de todos os elos para o desenvolvimento e progresso da Expocaccer.

“Nosso nome está segmentado no mercado, somos reconhecidos como fornecedores de cafés finos. O trabalho dos nossos produtores é excepcional, fazendo cada vez mais, cafés de alta qualidade, que é o que mercado demanda. Nós só temos a agradecer ao cooperado, ao funcionário e a todos que nos apoiam todos os dias para alcançarmos os resultados que temos hoje. Que a força destes 25 anos se multiplique nos próximos que virão”, finaliza Ricardo Bartholo.

Related posts

Rio das Ostras ganha destaque nacional com Café Especial

Revista Attalea Agronegócios

[Rodrigo Corrêa da Costa] – Mercado do Café – 25/02 a 1º de Março de 2019

FEMAGRI 2019: Toledo do Brasil leva soluções para o homem do campo

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário