Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Café

[Escritório Carvalhaes] – Boletim semanal – ano 85 – n° 47

ESCRITÓRIO CARVALHAES
A mais antiga publicação periódica do café brasileiro –
desde 1933, a melhor fonte de pesquisa sobre o mercado mundial de café.
www.carvalhaes.com.br

 

Santos, sexta-feira, 23 de novembro de 2018

O mercado de café esta semana apresentou-se calmo e ainda mais desmotivado. Os preços praticados atualmente são desestimulantes para os cafeicultores e o feriado municipal em diversas cidades brasileiras na terça-feira, conjugado com um feriado nacional nos EUA na quinta-feira, esvaziou ainda mais as negociações.

Dia 20, terça-feira, foi feriado municipal da Consciência Negra, na cidade de São Paulo, maior centro financeiro do Brasil, e na cidade de Santos, maior porto exportador de café do Brasil. Ontem, quinta-feira, dia 22, dia de Ação de Graças, foi feriado nacional nos EUA e a ICE Futures US não operou, deixando o mercado mundial de café sem seu principal termômetro.

Os contratos de café em Nova Iorque fecharam em baixa em todos os dias em que houve pregão esta semana. Hoje, os que vencem em março próximo perderam 315 pontos. No acumulado da semana, esses contratos perderam 535 pontos. O dólar se valorizou frente ao real esta semana, compensando parte das perdas na ICE. Mesmo assim tivemos uma semana bastante negativa para os preços do café, o que afastou os vendedores e esvaziou o mercado físico brasileiro.

Essa combinação de preços do café em baixa e dos insumos em forte alta está preocupando bastante os cafeicultores brasileiros. Sobem os preços de defensivos, fertilizantes, energia elétrica, combustíveis e frete, enquanto os operadores em Nova Iorque derrubam o preço do café.

Em reunião extraordinária do Conselho Internacional do Café, realizada no dia 14 de novembro, em Londres, foi apreciado o plano de ação da OIC – Organização Internacional do Café para a implementação da Resolução 465, que trata da sustentabilidade econômica da cafeicultura frente à crise de preços baixos (veja mais informações em nosso site).

Na terça-feira, 20 de novembro, o CNC – Conselho Nacional do Café, o CECAFÉ – Conselho dos Exportadores de Café do Brasil e a OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras, participaram de uma iniciativa conjunta de 75 entidades representantes de diferentes segmentos econômicos do Brasil, que tem como objetivo sensibilizar o presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre a necessidade de revogar o tabelamento do frete (veja mais informações em nosso site).

A “Green Coffee Association” divulgou que os estoques americanos de café verde totalizaram 6.176.867 em 19 de outubro de 2018. Uma baixa de 261.353 sacas em relação às 6.438.220 sacas existentes em 30 de setembro de 2018.

Até dia 22, os embarques de novembro estavam em 1.494.934 sacas de café arábica, 143.697 sacas de café conillon, mais 101.300 sacas de café solúvel, totalizando 1.739.931 sacas embarcadas, contra 1.747.688 sacas no mesmo dia de outubro. Até o mesmo dia 22, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em novembro totalizavam 2.703.289 sacas, contra 2.634.898 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 16, sexta-feira, até o fechamento de hoje, dia 23, caiu nos contratos para entrega em março próximo 535 pontos ou US$ 7,08 (R$ 27,07) por saca. Em reais, as cotações para entrega em março próximo na ICE fecharam no dia 16 a R$ 575,06 por saca, e hoje dia 23 a R$ 561,23. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 315 pontos.

Escritório Carvalhaes

Powered by Rock Convert

Related posts

[Marco Antônio Jacob] – As reais perspectivas brasileiras de produção de arábica para a safra 2015/2016

Revista Attalea Agronegócios

1º Concurso de Qualidade de Cafés COOPERCAM premia os vencedores

CAFEÍNA COCATREL: Integração e informação marcam o lançamento do Grupo das Mulheres que Produzem

Deixe um comentário