Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
NOTÍCIAS

Bayer e Universidade Federal de Lavras (MG) assinam parceria para fomento da pesquisa agronômica

Centro de Expertise em Agricultura Tropical (CEAT) da Bayer e UFLA firmam acordo com o objetivo de desenvolver novas tecnologias para a agricultura brasileira.

A fim de incentivar e aprimorar a pesquisa agronômica, a Bayer e a Universidade Federal de Lavras (MG) assinaram uma parceria de colaboração técnico-científica para o desenvolvimento de novas tecnologias para a agricultura brasileira. Biotecnologia, agricultura digital, além de projetos que envolvam sistemas produtivos, como os de soja e milho, estão no cerne do acordo da Parceria Público Privada.

Após este primeiro passo da assinatura do acordo, a Bayer avalia as propostas de projetos existentes na UFLA, seleciona aqueles que mais se adequem às demandas dos negócios da Empresa e debate os temas envolvendo experts tanto da Bayer quanto da Universidade. Desta forma, ao mesmo tempo que a pesquisa acadêmica é valorizada, a Bayer corrobora com seus três pilares de inovação, sustentabilidade e transformação digital.

“Este formato de acordo gera transparência e permite conversar de maneira mais aberta com outros setores, entendendo as linhas de pesquisa e de que forma os dois times podem chegar aos melhores resultados, visando a inovação na agricultura e o apoio ao produtor rural. Os projetos escolhidos recebem aporte financeiro da Bayer e, além disso, equipes de ambas as partes trabalham em conjunto na parte intelectual do estudo”, explica Dirceu Júnior, diretor do Centro de Expertise em Agricultura Tropical (CEAT) da Bayer.

Bayer e Universidade Federal de Lavras (MG) assinam parceria para fomento da pesquisa agronômica.

“Ao unirmos nossos esforços é possível endereçar soluções inteligentes e tangíveis para o sucesso da agricultura tropical. Parcerias como esta são possíveis devido à grande resiliência de ambas as partes, algo que precisa ser mudado no Brasil, a fim de reduzir a burocracia em prol da ciência, inovação e tecnologia, fortalecendo assim o interesse da iniciativa privada pelas PPPs”, defende José Roberto Soares Scolforo, reitor da UFLA.

A Bayer acredita na eficiência de parcerias com entidades públicas, haja vista que o CEAT já acumula acordos com outras instituições como a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e a própria Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em diferentes frentes de pesquisa como nanotecnologia e comportamento dos polinizadores.

 

FONTE: Mariana Grilli – Weber Shandwick
mgrilli@webershandwick.com

Related posts

Genes que tornam a cana de açúcar mais resistente à seca são identificados

MAPA publica norma para peixe salgado e peixe salgado seco

Revista Attalea Agronegócios

Bayer apresenta sua visão sobre o futuro da agricultura

Deixe um comentário