Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Aves e Suínos

Galinha EMBRAPA 051: opção para Agricultura Familiar

A integração e diversificação de atividades é uma maneira que pequenos e médios produtores têm para a busca da sustentabilidade da propriedade. E a produção de ovos é uma das alternativas disponíveis, utilizando recursos existentes na propriedade, sem alto investimento.

Com a proposta de atender esses produtores, especialmente para produção de ovos caipiras, coloniais e orgânicos, a EMBRAPA desenvolveu a Poedeira Colonial 051. A produção dessas aves é de ovos de mesa de casca marrom, também chamados de vermelhos em algumas regiões do país.  Uma das características da poedeira da Embrapa é a rusticidade, o que favorece a adaptação em sistemas menos intensivos, com ótima produção de ovos e longevidade.

A poedeira colonial EMBRAPA 051 produz em média 345 ovos por ciclo produtivo, quatro vezes mais que a média de 80 ovos de uma galinha comum. A galinha também é considerada de duplo propósito, com capacidade para produção de ovos pelas fêmeas e de carne pelos machos. A poedeira se destina a criações semiconfinadas ou agroecológicas. Apesar de apresentar características coloniais, a EMBRAPA 051 tem todas as vantagens da avicultura comercial, como o controle sanitário e a garantia de qualidade do produto oferecido ao consumidor.

Para atingir os melhores índices de desempenho, produtores devem seguir um programa de alimentação, manejo, saúde animal e de luz adequado à linhagem da Embrapa e de acordo com cada fase. Essas orientações estão disponíveis no Guia de Manejo das Poedeiras Coloniais de Ovos Castanhos – Embrapa 051. A nova versão, atualizada e disponível em 2017, apresenta as recomendações baseadas na experiência dos pesquisadores que desenvolveram a linhagem, lançada em 2001, e em trabalhos recentes de pesquisa de campo.

Entre as metas para os lotes da EMBRAPA 051, destacam-se como indicadores de desempenho a viabilidade no final da cria e recria de 99% e ao final do período de produção acima de 92%, respectivamente, na 20ª e 90ª semanas de idade. O esperado durante o período de postura é até 345 ovos por ave, com início na 20ª semana e pico entre a 27ª e 29ª semana de idade. A meta é que os ovos tenham um peso médio de 57 gramas na 40ª semana.

As poedeiras coloniais Embrapa 051 são galinhas híbridas, resultantes do cruzamento entre linhas Rhode Island Red e Plymouth Rock Branca, selecionadas na EMBRAPA Suínos e Aves.

No site http://www.embrapa.br/diacampo você acessa a grade completa da programação, além de reportagens dos programas.

FONTE: Monalisa Leal Pereira – EMBRAPA Suínos e Aves 
 

Related posts

Leitões: A importância da fase de preparação e seus efeitos pós-desmame

Revista Attalea Agronegócios

Surtos de Febre Suína Africana na China e Romênia mobilizam autoridades

Wisium: Projeto ajuda a aumentar a rentabilidade do produtor

Deixe um comentário