Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Café

Fertiláqua auxilia cafeicultores a atingir maior nível de produtividade no 27º Seminário do Café

A equipe técnica da Aminoagro, do Grupo Fertiláqua, um dos maiores em nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, estará presente pela primeira vez no 27º Seminário do Café, que ocorre entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro, em Patrocínio (MG).

Realizado pela ACARPA – Associação dos Cafeicultores da Região de Patrocínio, o seminário é considerado um dos principais eventos da cafeicultura, e conta com uma diversificada programação técnica, além da exposição de máquinas de insumos e produtos para atividades agrícolas.

Na ocasião, a empresa irá ressaltar sua expertise no manejo de café por meio do Programa Construindo Plantas – PCP 360, que traz soluções para todos os estágios da cultura, com o objetivo de desenvolver lavouras mais produtivas.  O PCP trabalha desde antes do plantio – com a revitalização de solo e a qualidade de controle da mato competição –, passando por sementes, desenvolvimentos vegetativo e reprodutivo, até ao fim do processo, a colheita.

No estande, será possível conferir de perto as diferenças no enraizamento de plantas que utilizaram o PCP e que não utilizaram soluções da Aminoagro. “São plantas com dois anos e meio e na área plantada foram utilizados produtos como o MOL Top e o Raiz”, explica Sávio Jordi, Represente Técnico de Vendas da Aminoagro.

O PCP vai ao encontro do objetivo da Feira neste ano que é garantir a rentabilidade dos cafeicultores desde a produção ao consumo, tudo isso para melhorar o desempenho dos produtores, sejam eles pequenos, médios ou grandes. “A região de Patrocínio é a maior em produção de café no mundo. Há dois anos investimos mais nessa cultura que é uma das principais do país. Estar presente na Feira irá reforçar a marca da Aminoagro perante nossos clientes e demais produtores locais”, afirma Jordi.

Sobre o Grupo Fertiláqua

Um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, a empresa Fertiláqua atua por meio das marcas Aminoagro, Dimicron e Maximus, a linha Longevus no segmento de cana-de-açúcar, e a linha Golden Seeds para sementeiras e produtores de sementes.

A companhia pertence ao fundo de investimento Aqua Capital. Com mais de 300 colaboradores e presença em todo o Brasil, e em outros países da América Latina, a empresa investe em pesquisa, tecnologia e inovação. A Fertiláqua conta com a sede administrativa em Indaiatuba/SP, fábricas em Cidade Ocidental (GO) e Cruz Alta (RS), um centro de distribuição em Cuiabá (MT), dois Laboratórios de Análise de Sementes (LAS) e dois Centros de Inovação Tecnológica (CIT).

O grupo disponibiliza uma iniciativa pioneira, o Programa Construindo Plantas (PCP), com ações específicas em cada fase das culturas, do plantio à colheita, para potencializar o desenvolvimento de plantas mais eficientes, e um solo com melhores qualidades físicas, químicas e biológicas, buscando com isso sistemas com maiores potenciais produtivos e consequentemente rentabilidade. Com o objetivo de reconhecer a qualidade das sementes de soja no mercado brasileiro, foi criado pelo grupo o selo Sementes de Verdade.

Mais informações no website: www.fertilaqua.com

FONTE: Camila Lopes – Alfapress Comunicações
camila.lopes@alfapress.com.br

Powered by Rock Convert

Related posts

[Cristiane Lourenço] – Do campo à xícara: comércio de café no Brasil tem como aliado o uso de inovação digital e economia compartilhada

Pesquisadores criam sistema que substitui lenha na secagem de grãos

Revista Attalea Agronegócios

APPCER promove Concurso de Qualidade de Café Fairtarde

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário