fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Tecnologia

Velbrax Agro projeta, produz e utiliza sistema com drones em agricultura de precisão

Velbrax Agro monitora produção agrícola e tem planos para atuar nas áreas de mineração, construção civil e florestal; a empresa participa do sexto ciclo de aceleração do Sevna.

A Velbrax Agro, startup que faz parte do sexto ciclo de aceleração do Sevna Startups, no Supera Parque de Tecnologia e Inovação de Ribeirão Preto (SP), promete ser referência no desenvolvimento e comercialização de produtos destinados à agricultura de precisão no Brasil e também atuar em áreas como mineração, construção civil e florestal. A solução está em fase final de testes e validação no mercado.

Utilizando e produzindo ARPs (Aeronave Remotamente Pilotada), conhecida por drone, a startup pretende prestar ao produtor o serviço de monitoramento e análise de grandes áreas, realizando um mapeamento completo capaz de identificar falhas de produção agrícola em crescimento e áreas com estresse hídrico, além de mapear locais com baixa fertilidade, monitorar a qualidade e estimar a produção.

“Além do desenvolvimento do projeto aéreo, vamos otimizar a seleção de melhores componentes, sensores, softwares e ferramentas para garantir um trabalho de excelência e um controle inteligente das informações que serão coletadas. A combinação desses fatores resulta em um produto capaz de executar vários tipos de missões com autonomia e segurança”, garante o estudante de engenharia aeronáutica Fábio Cruz, co-fundador e CEO da Velbrax.

Um diferencial da startup é que além de produzir e montar os drones, a empresa também oferecerá treinamento de pilotagem. “As aeronaves que irão compor nosso portfólio vão atender uma diversidade de missões e poderão ser customizadas com propulsão híbrida, que estende a autonomia de voo consideravelmente. Temos projetos de drones pulverizadores otimizados para integrar e trabalhar em conjunto com os de monitoramento. Além disso, estamos desenvolvendo uma plataforma online de gerenciamento e processamento de imagens com modelos preditivos”, diz o publicitário e idealizador da marca Velbrax, Carlos Orion.

Este mês, a startup iniciou um projeto piloto de acompanhamento do cultivo de soja na região de Presidente Prudente (SP). Além do estado de São Paulo, a empresa pretende atender produtores de Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso e Goiás.

A Velbrax já participou do programa de pré-aceleração Raja Ventures Launch by Lemonade e do programa Gerdau Challenge at FIEMG LAB, ambos em Belo Horizonte (MG). Agora, faz parte do portfólio de startups do Sevna.

“O Sevna tem metodologias eficientes e conhecimento amplo de mercado para fazer o negócio acontecer literalmente. Aliado a isso, está localizado no Supera Parque, o que possibilita acesso a um espaço inovador e motivador. Também há o fato de Ribeirão Preto ser uma cidade importante e estratégica para o nosso negócio”, finaliza Fábio.

Sobre o Sevna Startups
O Sevna Startups é o programa de aceleração de startups mantido pelo Instituto Sevna, com sede no Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto (SP), e é a primeira do Brasil a fazer parte da GAN (Global Accelerator Network). A aceleradora iniciou sua operação em 2015, promoveu cinco ciclos de aceleração completos e iniciou o sexto em outubro. O Sevna reúne atualmente um portfólio de 27 startups, cujo valor está estimado em R$ 56 milhões.

 

FONTE: Jacqueline Pioli – OPA Assessoria em Comunicação
jac@sejaopa.com.br

Related posts

Agricultor de Piratuba (SC) produz energia elétrica para propriedade com painéis solares

Santa Clara Agrociência anuncia Conferência Internacional em Ribeirão Preto (SP)

Revista Attalea Agronegócios

AGCO adquire Appareo Systems

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário