fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
Educação no Agronegócio NOTÍCIAS

UFV é segunda de Minas e sétima do país pelo Índice Geral de Cursos

A UFV – Universidade Federal de Viçosa conquistou novamente o conceito máximo (5) no Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado nesta terça-feira (18), pelo Ministério da Educação (MEC). Os dados são referentes a 2017 e contou com a avaliação de 2.066 instituições de ensino superior. Apenas 1,6% alcançou o conceito máximo, dentre elas a UFV, que se destacou no ranking com o segundo lugar em Minas Gerais e o sétimo no âmbito nacional.

A primeira colocada pelo IGC foi a UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas, já a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) ficou com a melhor classificação no ranking mineiro. Também foi divulgado o Conceito Preliminar de Curso (CPC), que avaliou 10.210 cursos no país em áreas como bacharelado e licenciaturas, Ciências Exatas, Engenharias e Tecnologias. Nessa avaliação, obtiveram o conceito máximo (5) o curso de Engenharia Florestal, do campus Viçosa, e as licenciaturas em Física e Matemática, do campus Florestal.

Para a reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares, estar entre as melhores instituições do país é a prova do trabalho qualificado que a UFV sempre preza por desenvolver nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. Ela também mencionou que o fato de a Universidade ter subido uma posição no ranking do IGC nacional, em comparação aos divulgados nos dois anos anteriores, é uma conquista que se deve ao empenho de todos os professores, servidores técnico-administrativos e estudantes.

Índice Geral de Cursos

O IGC é um indicador de qualidade das instituições de educação superior. Ele é calculado anualmente, considerando a média dos últimos Conceitos Preliminares de Curso (CPCs), a média dos conceitos dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino.

Mais informações podem ser encontradas no portal do Inep.

Related posts

Banco do Brasil destina R$ 16 bilhões para pré-custeio do agro

Revista Attalea Agronegócios

Dia Especial da Lavoura Cafeeira mostra assistência técnica a povos indígenas

Revista Attalea Agronegócios

Nespresso investe pesado no café do Zimbábue em meio a reformas agrícolas

Deixe um comentário