fbpx
Revista Attalea Agronegócios
NOTÍCIAS Tecnologia

TIM reforça rede 4G em áreas que beneficiam o agronegócio

A conectividade em áreas rurais ainda tem bastante para avançar. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), enquanto em locais urbanos ela ultrapassa 90%, no campo, ainda está limitada a um percentual pouco acima de 11%. No entanto, já são grandes os avanços dos últimos tempos, e a TIM é uma das companhias que investe na ampliação do sinal em áreas mais remotas, impactando positivamente o agronegócio e, até mesmo, o setor de logística. O último empenho da operadora, nesse sentido, foi reforçar a infraestrutura de rede nas estradas de São Paulo, incluindo trechos do interior paulista.

Antena off-grid instalada no interior paulista / Crédito: Divulgação

Com isso, a cobertura 4G chegou às principais interligações de municípios do estado, como Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Bauru, Sorocaba e a própria capital paulista, além de pontos nas divisas com outros estados. A infraestrutura que garantirá sinal de celular nas estradas cobrirá 5 mil quilômetros de rodovias, incluindo importantes rotas de escoamento de produção agrícola e de bens produzidos na região, como as rodovias Régis Bittencourt e Castelo Branco.

Esse novo passo aproxima a TIM do plano de integrar a operadora, os parceiros e os fornecedores e oferecer conectividade 4G em 700MHz em 100% dos municípios brasileiros. Até mesmo em localidades em que não há fornecimento de energia elétrica – casos em que, para ampliar o sinal, são instaladas antenas off-grid com painéis solares.

As primeiras desse modelo foram colocadas recentemente, em meados de abril, também no interior. Uma fica em Presidente Bernardes, na região Oeste do Estado, a 578 quilômetros da capital, e fornece cobertura 4G para parte da BR-374 (Rodovia Raposo Tavares), no trecho entre as cidades de Presidente Prudente e Presidente Venceslau. A outro está em General Salgado, a 80 quilômetros de Araçatuba, no Centro-Oeste paulista, atendendo a rodovia estadual SP-463. A empresa deve instalar ainda outros 13 sites off-grid.

“Levar a cobertura 4G a áreas mais distantes e remotas exigiu grandes investimentos, com a implantação de estruturas em milhares de locais em todo o país. Em São Paulo, a TIM está levando conectividade para algumas das rotas mais movimentadas do Brasil, o que é essencial para incrementar o agronegócio, promover a inclusão social e também incentivar o desenvolvimento da economia das localidades beneficiadas e seu entorno, gerando ainda mais recursos para o estado e para o país”, afirma o Gerente de Engenharia da TIM Brasil, Homero Salum.

Sobre a TIM

“Evoluir juntos com coragem, transformando tecnologia em liberdade” é o propósito da TIM, que atua em todo o Brasil com serviços de telecomunicações, focada nos pilares de inovação, experiência do cliente e agilidade. A empresa é reconhecida por liderar movimentos importantes do mercado desde o início de suas operações no país e está à frente da transformação digital da sociedade, em linha com a assinatura da marca: “Imagine as possibilidades”. É, desde 2015, líder em cobertura 4G no Brasil, conectando, inclusive, o campo para viabilizar a inovação no agronegócio. Foi pioneira na ativação de redes 5G no país, com a criação dos Living Labs em 2019, e está pronta para a próxima geração de redes móveis.

A TIM valoriza a diversidade e promove uma cultura sempre mais inclusiva, com um ambiente de trabalho pautado no respeito. A companhia atua comprometida com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança e, por isso, integra importantes carteiras da bolsa brasileira, como a do S&P/B3 Brasil ESG, do Índice de Carbono Eficiente (ICO2) e do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), sendo operadora por mais períodos consecutivos – 13 anos – nesta lista. Faz parte ainda do Novo Mercado da B3, reconhecido como nível máximo de governança corporativa, e foi a primeira empresa de telefonia reconhecida pela Controladoria-Geral da União (CGU) com o selo “Pró-ética” e a primeira operadora a obter a certificação ISO 37.001. Para mais informações, acesse www.tim.com.br

FONTE: COMTEXTO – Talita Macáriotalita@ctexto.com.br

Related posts

Variedades de cana de açúcar criadas na UFSCAR representam 64% do cultivo em SP e MS

Presença feminina na TCP aumenta 1.955% nos últimos 20 anos

Revista Attalea Agronegócios

BNDES aprova R$ 2,89 bilhões à Rumo S.A. para melhorar ferrovias brasileiras.

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário