Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Agrobiológicos EVENTOS - DESTAQUES NOTÍCIAS

“Redução do uso de antibióticos é um movimento sem retorno”, diz diretor geral da Biomin Latam

Os produtores de proteínas animais precisam se ajustar às novas exigências do mercado e dos consumidores. Para isso, têm de tomar decisões rápidas e com foco na qualidade e na segurança alimentar. Esse processo simplesmente não tem volta. E não é para amanhã; é para hoje”. As palavras são de Ricardo Pereira, Managing Director da Biomin para a América Latina, que promoveu o fórum ABReduction Day, um dia inteiro de discussões sobre soluções naturais para nutrição e saúde animal, redução do uso de antibióticos e os novos desafios da produção animal”.

O fórum reuniu cerca de 190 empresários, técnicos e formadores de opinião de toda a América Latina, em Lima (Peru), no dia anterior ao Congresso Latino-Americano de Avicultura (OVUM 2019).

“A proposta foi atualizar os produtores e técnicos sobre esse movimento global e cada vez mais intenso de redução do uso dos antibióticos na avicultura, suinocultura, aquacultura e demais atividades animais. Os antibióticos foram essenciais para a produção global de alimentos chegar no patamar em que está hoje. Porém, os antimicrobianos estão, em várias situações, perdendo a capacidade de controlar as bactérias. Com a ocorrência cada vez mais frequente de resistência, é preciso usar outras ferramentas para manter a segurança alimentar e os níveis de produtividade”, ressalta Pereira.

O Brasil é um campeão de produção de alimentos de origem animal e, informa o Managing Director da Biomin para a América Latina, está liderando o processo de substituição dos antibióticos por aditivos naturais. “Nosso país representa cerca de 40% das vendas de probióticos da Biomin no mundo. Os produtores brasileiros reconhecem a necessidade de transformação da nutrição e da saúde animal”

Ricardo Pereira, Managing Director da Biomin para a América Latina, que promoveu o fórum ABReduction Day

Luciano Sá, Diretor Técnico e de Marketing da Biomin para a América Latina, esclarece que a realização do fórum ABReduction Day objetivou disseminar os mais recentes conhecimentos sobre a soluções naturais e a necessária redução do uso dos antibióticos na produção animal. “Uma grande preocupação dos produtores é se as tecnologias disponíveis já conseguem manter os índices de produtividade na avicultura e na suinocultura. A resposta é: sim. Há um arsenal de ferramentas disponível para ajudar as granjas a trabalhar com segurança, bem-estar, conforto e indicadores de produtividade”, explica o especialista da Biomin.

Com o objetivo de cumprir o seu papel de “polinizar conhecimento”, o fórum ABReduction Day reuniu especialistas de várias partes do mundo. Nataliya Roth (Biomin Áustria) deu uma visão geral sobre o uso de antibióticos no mundo e defendeu que sua redução é “uma importante mensagem para a população de que, sim, estamos preocupados e, sim, estamos trabalhando nisso”.

Ana Caselles (Sanphar Latam) descreveu as conquistas da avicultura nas últimas décadas e, olhando para o futuro, mostrou os desafios a serem superados com as tecnologias já disponíveis. “É preciso pensar em várias frentes, inclusive de intensificação das práticas de biosseguridade nas granjas”, recomendou.

Plínio Barbarino (Biomin Áustria) enfatizou esse ponto, apresentando os diferentes fatores envolvidos na redução do uso de antibióticos. “Trata-se de uma demanda crescente dos consumidores; é preciso pensar em produtividade com sustentabilidade; e não se pode esquecer de que se trata de uma questão de saúde pública”.

Maarten De Gussem (Vetworks Bélgica) concentrou sua apresentação em dois pontos: biosseguridade e vacinação. “É preciso lançar mão de várias ferramentas complementares para contribuir para a redução do uso de antibióticos na produção animal. Os produtores precisam ser eficientemente alertados para isso”, disse.

A saúde intestinal das aves foi um importante tópico do fórum ABReduction Day, da Biomin. Breno Beirão (Imunova e Universidade Federal do Paraná) abordou tecnicamente a fisiologia da inflamação intestinal, com destaque para suas causas e iniciativas de proteção, como ação contra as micotoxinas.

Francisco Aspée (Aritzía Chile) reforçou o tema, alertando para a importância da nutrição de qualidade tanto para a saúde intestinal como para o desempenho das aves.

Melina Veron (Granja Três Arroyos Argentina) deu depoimento sobre a granja argentina que, há três anos, não usa antibióticos. “É uma decisão também pensando nas próximas gerações”, enfatizou.

O fórum ABReduction Day encerrou com duas mesas-redondas de especialistas da Biomin (Brasil e Áustria), Sanphar, Romer Labs e consultores, que compartilharam suas visões, cases e experiências sobre redução do uso de antibióticos na produção animal e manutenção do desempenho produtivo.

Renata Reis, Christiane Matias e Sergio Alvarez (Biomin Brasil) e Alexandro Marchioro (Biomin Áustria) aprofundaram a discussão sobre “Redução dos Antibióticos: Efeitos Diretos dos Aditivos Nutricionais”, com casos de sucesso sobre a atuação das soluções naturais da Biomin.

Leonardo Teixeira (Romer Labs Brasil), Rogério Frozza (Sanphar Brasil), Fabrício Delgado (consultor) e Gustavo Triques (Biomin Áustria) avançaram no tema “Como Reduzir o Uso de Antibióticos e Manter um Bom Desempenho”, comprovando que as alternativas disponíveis apresentam custo-benefício positivo e elevados índices de produtividade nas granjas.

“O fórum ABReduction Day obviamente não esgota o tema, mas certamente evoluímos muito na discussão e difusão de conhecimento. Ficou claro que o movimento é irreversível e que a produção animal precisa se ajustar o quanto antes a uma realidade de uso racional de antibióticos e aditivos naturais, prevenção e biosseguridade”, pontuou Ricardo Pereira.

 

FONTE: Dâmaris Dellova – TEXTO COMUNICAÇÃO
damaris@textoassessoria.com.br

Powered by Rock Convert

Related posts

ONU e Nasa lançam plataforma para usar satélites no monitoramento de terras e meio ambiente

Fundo Amazônia tem projetos da Embrapa Pesca e Aquicultura complementares a outras iniciativas da instituição

Revista Attalea Agronegócios

COCATREL inaugurou loja modelo em Nepomuceno (MG)

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário