Bancos e Crédito Rural

Patrocinador da Agrishow 2024, Sicredi se consolida como principal parceiro do agronegócio

Com mais de 700 mil produtores rurais associados, Sicredi já desembolsou mais de R$ 42 bilhões nos primeiros meses do Plano Safra 2023/2024.

A 29ª AGRISHOW, uma das maiores feiras agrícolas do mundo, será realizada de 29 de abril a 3 de maio, em Ribeirão Preto (SP), e deve atrair mais de 195 mil visitantes. O Sicredi é patrocinador do evento no qual levará soluções financeiras voltadas ao desenvolvimento do agronegócio brasileiro.

A instituição financeira cooperativa, que tem mais de 7,5 milhões de associados e 2,7 mil agências em todo o país – sendo 375 no estado de São Paulo -, já desembolsou mais de R$ 42 bilhões aos produtores rurais nos primeiros nove meses do Plano Safra 2023/2024. O valor representa um crescimento de 15% em relação ao mesmo período do ano-safra anterior e foi concedido por meio de 250 mil operações.

“Participar da Agrishow é uma oportunidade única para manter a proximidade com o agronegócio e apresentar diversas soluções para os produtores, como consórcios, seguros, linhas de crédito, entre outras. O Sicredi é uma instituição que preza por um relacionamento próximo e busca compreender a realidade de cada associado. Na feira, temos a oportunidade de ouvir as demandas do setor e oferecer alternativas conforme as necessidades de cada um”, ressalta o gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, Gilson Farias.

Parceiro dos produtores rurais há mais de um século, o Sicredi é a segunda maior instituição financeira do Brasil em carteira agro com mais de R$ 85,3 bilhões, um apoio importante para o setor que representa aproximadamente 25% do PIB brasileiro. Vale destacar que a instituição financeira cooperativa foi o principal agente financeiro na concessão de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 2023.

No total, foram liberados R$ 8,2 bilhões pelo Sicredi em operações para pessoas físicas e jurídicas de micro, pequeno e médio porte, além de produtores rurais via BNDES no ano passado. A instituição financeira cooperativa também foi a principal repassadora de recursos para o agronegócio, com R$ 5,7 bilhões concedidos, aumentando em 37% o volume liberado.

Impacto positivo para pequenos agricultores e comunidade

Ainda, dos mais de 700 mil associados agro ao Sicredi, atualmente 95% são pequenos e médios produtores rurais. Somente em 2023, o Sicredi destinou mais de R$ 10,6 bilhões para apoiar pequenos produtores, com foco especial na agricultura familiar por meio do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). Já na Safra atual (julho a março), foram mais de 140 mil operações via Pronaf, com um valor acima de R$ 9,3 bilhões.  

“Buscamos oferecer condições justas para os produtores e temos interesse genuíno no fomento do agronegócio. Nossa rede de atendimento tem forte presença em regiões agrícolas – em mais de 200 cidades do Brasil, somos a única instituição financeira fisicamente presente, disponível para dar o suporte que os produtores necessitam”, destaca Thiago Rossoni, superintendente de Agronegócio do Sicredi.

Benefícios para produtor e prosperidade para o campo  

Os benefícios gerados pelo Sicredi no campo são amplamente reconhecidos por produtores rurais, como Elizeu Martins, de Batatais (SP). Com o financiamento obtido pelo Pronamp Rural (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural), o associado ao Sicredi pôde reformar dois galpões de granja em sua propriedade. “Para mim, foi tudo de bom. É uma instituição muito boa, que nos deu a maior atenção; gostamos demais da cooperativa que nos ajudou a conquistar algo importante”, celebra Elizeu. 

Por meio das linhas de crédito disponibilizadas pelo Sicredi, produtor rural Elizeu conseguiu reformar galpões e instalar painéis solares em sua propriedade. (Crédito: Divulgação/Sicredi)

Recentemente, Elizeu também conseguiu a liberação de crédito para a instalação de painéis solares na propriedade. A linha é uma das diversas que se enquadra dentro do critério de Economia Verde para concessão de crédito, uma vez que gera impacto social e ambiental. Somente em 2023, a carteira de crédito para Economia Verde da instituição foi de R$ 51 bilhões, sendo que, deste total, R$ 5,8 bi foram para Energia Renovável e Sustentabilidade Ambiental. 

No Brasil, o saldo da carteira de crédito do Sicredi destinada à energia solar e eficiência energética fechou 2023 com R$5,7 bi, considerando os produtos de financiamento e CPR Solar. Já nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, o total da carteira de crédito do Sicredi destinada à energia solar e eficiência energética alcançou R$ 1,2 bilhão em 2023, com mais de 31 mil contratos, beneficiando direta e indiretamente mais de 1 milhão de pessoas.

Apoio à agricultura feminina

No Sicredi, a carteira de crédito para a agricultura feminina também tem registrado um crescimento significativo. O montante total dessa classificação fechou 2023 com R$ 22,9 milhões, uma alta de 27% em comparação ao ano anterior.

A associada e produtora rural Kellen Ramirez destaca a importância dessa parceria. “Conheci o Sicredi logo que chegou na nossa região e ele veio com um forte propósito de trabalhar no agronegócio, com pessoas que realmente entendem sobre o setor. O gerente sempre me atendeu muito rapidamente, com educação, se colocando no meu lugar e me ajudando sempre”. A produtora também integra o Comitê Mulher da cooperativa, numa iniciativa que promove a equidade de gênero, o empoderamento e a capacitação das mulheres. 

Related posts

BNDES e MAPA anunciam R$ 2 bilhões de crédito rural para financiamento em dólar

Mario

Sicredi destaca crescimento do segmento no Dia Internacional das Cooperativas de Crédito

Mario

Produtores podem contratar seguro agrícola na Rede AgroServices

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais