fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Bancos e Crédito Rural NOTÍCIAS

Nova linha de crédito para caminhoneiros é lançada pelo Banco do Brasil

Nesta quinta-feira (07), o Banco do Brasil lançou oficialmente a linha de créditos para a antecipação de frete de caminhoneiros autônomos. A medida já vinha sendo anunciada nos últimos meses e é vista de forma positiva pela Confederação Nacional dos Caminhoneiros e Transportadores Autônomos de Bens e Cargas (CONFTAC), que tem acompanhado a divulgação dos benefícios à categoria.
 
A linha de antecipação de fretes é semelhante à lançada pela Caixa Econômica Federal há dois meses. No caso do Banco do Brasil, os juros cobrados serão a partir de 1,79% ao mês, com a taxa final sendo definida conforme o perfil do tomador. A linha do BB será válida somente para aqueles que são correntistas do banco. A partir da antecipação dos fretes já contratados, a liquidação será feita pela própria empresa.

A empresa conveniada ao Banco do Brasil cadastra no sistema o pagamento dos fretes futuros. Os recursos ficarão automaticamente à disposição dos caminhoneiros, que poderão antecipar, a qualquer momento, o recebimento do frete mediante o pagamento de juros. Segundo o presidente do BB, Fausto Ribeiro, a instituição tem mais de 2,5 mil empresas de transporte que são correntistas e mais de 132 mil caminhoneiros autônomos como clientes.

“Considerando a renda média desses clientes, estamos falando de um potencial de quase R$ 8 bilhões por ano em fretes antecipados. E o Banco do Brasil está de braços abertos para receber todos os caminhoneiros e empresas do segmento para abrir as contas”, declarou Ribeiro, durante o evento de lançamento.

André Costa, Presidente da CONFTAC, orienta que os caminhoneiros autônomos analisem as ofertas, comparem as taxas de juros entre as instituições e então façam a decisão da melhor forma. “Sem dúvida, esse tipo de medida é mais uma maneira de fortalecer os transportadores, que devem buscar a orientação para entender quando o crédito é o melhor caminho. Quanto mais alternativas encontrarem, melhor para toda a economia do nosso país”, salienta André Costa.

FONTE: Agência Brasil e Reverso Comunicação

Related posts

Programa Pronutiva®, da Arysta LifeScience, auxilia os agricultores no início do estabelecimento dos cultivos

Revista Attalea Agronegócios

Produtores artesanais de alimentos de origem animal recebem SISP Artesanal

Revista Attalea Agronegócios

Desenvolvimento de fertilizantes exige tecnologia e alto investimento

Deixe um comentário