Abelhas

Nova espécie de abelha recebe nome de professor do ICB

Fernando Silveira, que morreu em 2022, foi vinculado à pós-graduação em Zoologia e estudava conservação de abelhas e biodiversidade

Uma nova espécie de abelha, descrita em artigo publicado na revista EntomoBrasilis, recebeu o nome do professor Fernando Amaral da Silveira, que morreu no ano passado e era vinculado à pós-graduação em Zoologia do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade Federal de Minas Gerais.

A homenagem foi feita por colegas como o professor Thiago Mahlmann Lopes, doutorando no Programa de Pós-graduação em Entomologia do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa). A nova espécie se chamará Ceratina (Calloceratina) silveirai – Mahlmann & Oliveira, 2023.

“O professor Fernando foi uma pessoa maravilhosa e sempre nos encantou com seu conhecimento ímpar, particularmente sobre as abelhas”, afirma Thiago Mahlmann. “Resolvemos homenageá-lo dando o nome de uma nova e belíssima espécie. Queremos, com isso, eternizar o nome de alguém que tanto fez pela ciência brasileira.”

No artigo Taxonomia de espécies sul-americanas de Ceratina (Calloceratina) Cockerell, 1924 com comentários sobre novos grupos de espécies propostos para este subgênero (Hymenoptera: Apidae: Xylocopinae), os pesquisadores descrevem e ilustram duas novas espécies do gênero Ceratina (Calloceratina) Cockerell, 1924. Ceratina (Calloceratina) mourei e Ceratina (Calloceratina) silveirai formam o grupo de espécies silveirai, que é muito distinto dentro do subgênero C. (Calloceratina).

Foram redescritas e ilustradas as espécies Ceratina (Calloceratina) chloris (Fabricius, 1804) e Ceratina (Calloceratina) triangulifera (Cockerell, 1914), e foi proposto para elas o grupo de espécies chloris. O artigo apresenta o diagnóstico para o subgênero Calloceratina e propõe uma chave de identificação para as espécies sul-americanas.

Holótipo Feminino de Ceratina (Calloceratina) triangulifera Cockerell. (A) cabeça em vista frontal; (B) habitus lateral; (C) etiquetas anexadas à amostra. Barra de escala (B) = 5,0 mm. (Créditos: T.Mahlmann)
Macho de Ceratina (Calloceratina) triangulifera Cockerell. (A) cabeça em vista frontal; (B) T7; (C)S5; (D)S6; (E) cápsula genital. Barra de escala: = 1,0 mm. (Créditos: T.Mahlmann)
Lectótipo Feminino de Ceratina (Calloceratina) chloris (Fabricius). (A) cabeça em vista frontal; (B) habitus lateral; (C) etiquetas anexadas à amostra. Barra de escala (B) = 5,0 mm. (Créditos: T.Mahlmann)
Macho de Ceratina (Calloceratina) chloris (Fabricius). (A) cabeça em vista frontal; (B) T7; (C)S5; (D)S6; (E) cápsula genital. Barra de escala: = 1,0 mm. (Créditos: T.Mahlmann)

O PROFESSOR E A DESCOBERTA
O professor Fernando Amaral da Silveira morreu no dia 7 de agosto de 2022. Ele era um dos líderes do Laboratório de Sistemática de Insetos do ICB e trabalhava com abelhas ameaçadas de extinção, estudando aspectos como a flutuação da abundância e da riqueza de espécies desses insetos. Há cerca de 13 anos, Silveira descobriu, na Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais, uma nova espécie de abelha, a Actenosigyne mantiqueirensis

À época, havia apenas outra espécie desse gênero conhecida, a Actenosigyne fulvoniger, endêmica no Brasil e encontrada no sul do país. Um tempo depois, uma terceira espécie foi descoberta no Parque do Itatiaia, no Rio de Janeiro.

Silveira era conhecido pelos colegas como bem-humorado, socialmente orientado, crítico sensível e paciente, relembra Thiago Mahlmann. Ele publicou diversos textos científicos e quatro livros de literatura:  Encruzilhadas (2016), Contos de outros mundos (2017), Espelho virtual (2019) e Cândida e outras vidas (2022). Antes de morrer, trabalhava em um livro de contos e em uma novela.

Fernando Silveira em edição do Boletim UFMG em 2002

Related posts

GeoApis harmoniza lavouras e apiários para benefício mútuo

Mario

Abelha-Gigante-de-Wallace: a maior abelha do mundo é reencontrada após 38 anos

Mario

Abertas as inscrições para o 8º Seminário de Meliponicultura de Franca (SP)

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais