fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Bovinos de Leite EVENTOS - DESTAQUES

Megaleite 2019 termina com faturamento de R$30 milhões e premiação dos melhores do Ranking 2018/2019

A exposição reuniu as principais raças leiteiras do país em Belo Horizonte (MG), atraindo quase 70 mil visitantes. Uma novidade foi o lançamento do grupo Girolando Mulher

Maior estado produtor de leite do Brasil, Minas Gerais recebeu nos últimos dias milhares de visitantes de várias regiões e de outros países interessados em conhecer as novidades da pecuária leiteira. A 16ª edição da Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite (Megaleite 2019), realizada de 19 a 22 de junho, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte/MG, terminou com uma movimentação financeira estimada de R$ 30 milhões (R$5 milhões acima da edição anterior) e a participação de mais de 80 empresas expositoras.

Desse montante, R$4.037.050,00 foram provenientes das vendas ocorridas em seis leilões e um shopping de animais. O Shopping Virtual RC Genética vendeu ao longo da feira exemplares das raças Girolando e Gir Leiteiro, faturando R$258.000,00. A agenda de leilões foi aberta pelo “O Fabuloso Gir Leiteiro e o Magnífico Girolando Meio Sangue”, no dia 19 de junho, que vendeu 28 lotes por R$645.450,00. No dia 20, o leilão 2° Núcleo das Gerais teve faturamento de R$352.800,00 com a venda de 27 lotes. Já o “7° Divas do Girolando”, ocorrido no mesmo dia, movimentou R$337.800,00 com a comercialização de 25 lotes. Fechando o dia 20 de junho, o “Leilão Gir Leiteiro Fazenda Brasília” leiloou 31 lotes pela soma de R$888.600,00. No dia 21 de junho, dois leilões encerraram a agenda de remates da Megaleite. O “Girolando Elo de Minas” teve R$646.900,00 em faturamento, com 42 lotes vendidos. Já o “Orgulho de Minas Reserva Especial 2B” movimentou R$ 907.500,00 para 34 lotes vendidos.

Outro evento que terminou com bom resultado financeiro foi o “1° Dia de Bons Negócios”, ocorrido no dia 20 de junho. As 12 empresas Parceiras Premium e Master da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando fizeram um dia inteiro de promoções para os participantes da Megaleite. A ação terminou com negócios estimados em mais de R$1,5 milhão.

De acordo com o presidente da Girolando Luiz Carlos Rodrigues, os números reafirmam a Megaleite como a maior exposição de pecuária leiteira da América Latina. “A grande qualidade genética dos animais e as inúmeras tecnologias disponíveis têm atraído a cada ano mais e mais produtores do Brasil e de outros países para a Megaleite. Continuamos sendo referência mundial em genética bovina de Girolando graças ao criterioso trabalho de seleção dos criadores e essa qualidade da nossa pecuária leiteira pôde ser constatada nos animais expostos na Megaleite”, disse Rodrigues.

Inovações e palestras atraem o público

As tecnologias desenvolvidas para a pecuária leiteira assim como os cerca de 1800 animais expostos na Megaleite, além de diversas outras atrações, chamaram atenção do público. Este ano, a feira recebeu 67 mil visitantes, vindos inclusive de países como Belize (nação que pela primeira vez participou da Megaleite), Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Índia, México e Panamá.

A mini fazenda da Megaleite, que contou com mini animais de várias espécies, atraiu milhares de crianças e adultos. Cerca de quatro mil estudantes de escolas de Belo Horizonte, além de outras crianças levadas pelos pais, participaram da visita guiada pela feira, sob o comando dos monitores da empresa AgroTour, e receberam informações sobre o agronegócio.

A feira ainda contou com uma série de palestras técnicas, audiência pública sobre as Instruções Normativas 76 e 77 (que preveem critérios para os processos envolvendo a produção do leite), lançamento do Sumário de Touros e Sumário de Vacas Girolando 2019 e do Anuário Leite 2019 – Embrapa Gado de Leite, dentre outros eventos.

Girolando Mulher

O grupo Girolando Mulher teve seu primeiro encontro na feira e reuniu mais de 60 produtoras rurais e profissionais do setor, vindas de várias regiões do Brasil. Durante o evento “Descobrindo as Mulheres do Leite”, elas puderam conhecer o dia a dia do trabalho da criadora de Girolando Magnólia Martins, da empresária Angela Ma e das especialistas do setor, a professora da UFV, Viviane Lirio, e a médica-veterinária e doutora em Reprodução Animal, Tatiane Tetzner.

As participantes debateram sobre os desafios da mulher na pecuária leiteira. Também foi anunciado que, a partir de agora, as mulheres ganharão um espaço especial nos canais de comunicação da entidade e terão suas fotos e histórias divulgadas.

Competições

Com a participação das raças Girolando, Gir Leiteiro, Holandês, Guzerá e Jersey, a Megaleite teve quatro dias de disputas e quebra de recordes. O 30º Torneio Leiteiro Nacional de Girolando terminou com três novos recordes de produção.

A vaca Girolando 1837 Ametista Mountfield Tannus bateu o recorde da categoria e sagrou-se Grande Campeã da Megaleite 2019. De propriedade de Délcio Vieira Tannus, ela produziu um total de 291,170 kg/leite e média de 97,057 kg/leite, superando o recorde anterior de 90,180kg/leite, que vinha desde a Megaleite 2016. Além de ser Grande Campeã de Produção, ela foi a Grande Campeã de Composição do Leite.

Outro recorde foi na categoria Novilha CCG 1/2 HOL + 1/2 GIR. Salobo Penelope III FIV produziu um total de 267,460 kg/leite, com média de 89,153 kg/leite, batendo o recorde anterior da Megaleite (86,020 kg/leite-2018) e o recorde nacional (87,952 kg/leite-2016). De propriedade de Hebert Lever José do Couto, Salobo conquistou o título de Campeã Novilha Geral.

A Novilha CCG 3/4 HOL+ 1/4 GIR, Naja Glenn Ann 0721 Sta Luzia, também foi recordista da sua categoria com uma produção total de 195,580 kg/leite e média de 65,193 kg/leite, superando o recorde anterior de 59,020 kg/leite. Naja pertence ao expositor Hebert Lever José do Couto. As raças Gir Leiteiro e Guzerá também tiveram torneios leiteiros e os resultados podem ser consultados nas respectivas associações de raça.

No julgamento, a qualidade dos animais impressionou o público e o trio de jurados Arthur Patrús, Claudio Aragon e Juscelino Ferreira. Na raça Girolando, o Grande Campeão foi Novake Octane Delib, do expositor Eugênio Deliberato Filho, e a Grande Campeã Aurora Gold Dust 585 TL da Querença, do expositor Rodrigo Lauar Lignani.

Entre os animais da composição racial CCG 1/2HOL + 1/2GIR, a Grande Campeã foi Iage Sanchez Vilarejo 1880 FIV, do expositor Isaac Soares Aureliano/ Tandara Soares Aureliano. Já na composição racial CCG 3/4 HOL + 1/4 GIR o Grande Campeão foi Aquiles Expander FR Recreio, da expositora Mila de Carvalho Laurindo e Campos, e a Grande Campeã foi J.E.L.Rancho Grande Mr Orly FIV, do expositor Isaac Soares Aureliano/Tandara Soares Aureliano.

Os resultados de todas as categorias estão disponíveis no site do vento (megaleite.girolando.com.br).

A Megaleite ainda contou com uma mostra inédita de animais CCG1/4HOL+ 3/4GIR, composição racial que passará a fazer parte do Ranking Nacional de Girolando 2019/2020.

Com os resultados da Megaleite, a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando encerrou o Ranking Nacional 2018/2019. A premiação dos vencedores do Ranking ocorreu no último dia da feira. O Melhor Criador/Expositor Geral foi Rodrigo Lauar Lignani. Também foram divulgados os vencedores dos Rankings Estaduais de Alagoas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Sergipe.

O resultado completo dos Rankings pode ser acessado no site da Girolando (www.girolando.com.br).

As raças Gir Leiteiro, Holandês e Jersey também competiram na pista de julgamento e os resultados estão disponíveis nas respectivas associações de raça.

Diretoria da Girolando na Megaleite 2019
Leilões da Megaleite

Related posts

2ª FAMCAFÉ – No dia 23/10 também terão início as Apresentações de Barismo

Revista Attalea Agronegócios

Distribuidores terão de redobrar cuidados com nova Lei de Proteção de Dados, que entra em vigor em 2020

Horticultores do Brasil e do Exterior se preparam para a edição de 25 anos da HORTITEC

Revista Attalea Agronegócios

Deixe um comentário