Powered by Rock Convert
Revista Attalea Agronegócios
Café NOTÍCIAS Política Agrícola

MAPA promove encontro para reconhecimento de Indicações Geográficas brasileiras na UE

O MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento promove nos próximos dias 24 e 25 de junho, em Brasília, o Workshop sobre o Reconhecimento de Indicações Geográficas (IG) Brasileiras na União Europeia.

O encontro contará com a participação da consultora Liliana Locatelli,  que abordará o sistema de Indicações Geográficas no Brasil, e a consultora portuguesa Ana Soeiro, que apresentará os procedimentos para proteção de IGs de terceiros países na União Europeia.

A programação também conta com palestras sobre a estrutura, procedimentos de controle e rastreabilidade das IGs de São Matheus (erva-mate) e Região do Cerrado Mineiro (café), além de um painel onde será discutida a promoção de produtos brasileiros no exterior.

De acordo com Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do MAPA, é essencial que as IGs brasileiras tenham uma estratégia para alcançar o mercado internacional, por isso o evento é voltado para produtores e técnicos vinculados às Indicações Geográficas potenciais e registradas.

O workshop está previsto no projeto do Mapa no âmbito dos Diálogos Setoriais União Europeia-Brasil, com parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), o Ministério da Economia (ME) e a Delegação da União Européia no Brasil (Delbra).

As inscrições são limitadas e podem ser feitas até o dia 19 (quarta-feira).

IG – Indicações Geográficas

As Indicações Geográficas (IG) são importantes instrumentos de diferenciação e valorização de produtos e suas regiões, possibilitando agregação de valor e alcance a mercados de qualidade, num mundo globalizado caracterizado pela concorrência nas cadeias agroalimentares.

As IG caracterizam produtos diferenciados por meio de sua tipicidade, qualidade, tradição e cultura na produção. É um ativo de propriedade intelectual reconhecido e valorizado internacionalmente, principalmente na União Europeia. Países como França, Itália, Espanha e Portugal tem diversos produtos registrados como indicação geográfica e seus consumidores reconhecem e valorizam estes produtos, além de serem seus principais produtos exportados.

SERVIÇO
Workshop Reconhecimento de Indicações Geográficas Brasileiras na União Europeia

Data: 24 e 25 de junho (segunda e terça-feira)
Horário: 9h às 18h e 9h às 12h
Local: sede do Sebrae Nacional – SGAS Quadra 605, Conjunto A – Brasília (DF)

Powered by Rock Convert

Related posts

Análise do Cadastro Ambiental Rural deve ser automatizada, disse Valdir Colatto

[Celso Vegro] – Brasil: força de tração! (um desiderato)

Rondônia reduz área plantada com café em 54% e produtividade cresce 154% na última década

Deixe um comentário