HortiFruti

Livro mais atualizado sobre pragas e doenças da batata está disponível para download gratuito

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo disponibiliza de forma gratuita o livro “Cultura da Batata – Pragas e Doenças”. Organizada por pesquisadores do Instituto Biológico (IB-APTA), esta é uma das obras mais atualizadas sobre questão fitossanitária da batata no Brasil.

Os interessados podem fazer o download da publicação no link  https://bit.ly/3gRXyXD

O objetivo da obra é compartilhar informações com agricultores, estudantes e pesquisadores sobre os sintomas e manejo dos principais pragas e doenças que ocorrem na cultura em uma linguagem acessível e direta.

De acordo com o pesquisador do IB, Fernando J. Sanhueza Salas, a publicação trata sobre os atuais problemas fitossanitários limitantes na bataticultura nacional. “Os capítulos foram escritos por pesquisadores do Instituto Biológico e por alguns colaboradores externos envolvidos com o combate a estes problemas”, afirma.

Lançada em dezembro de 2017, a versão impressa da obra já se esgotou. Devido ao sucesso da busca pela publicação, o Instituto resolveu disponibilizá-la de forma gratuita e online. “Com isso, mais produtores rurais podem ter acesso ao material. A última obra sobre o assunto havia sido lançada em 2003”, explica Salas.

De acordo com o pesquisador do IB, o estudo das doenças da cultura da batata se iniciou no Instituto na década de 1930. A publicação visa resgatar este legado, além de apresentar trabalhos desenvolvidos pela equipe de pesquisadores e colaboradores, que compõem o quadro do Instituto Biológico, e difundir os esforços para fomentar o cultivo. “Se observa que além de ser o terceiro alimento consumido no mundo, também a importância desta cadeia produtiva, geradora de vários empregos diretos e indiretos, que auxiliam e movimentam o agronegócio brasileiro”, avalia o pesquisador.

Dados do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) mostram que o Estado de São Paulo produziu 891.547.050 quilos de batata em 2019. O Valor da Produção da cultura no ano foi de R$ 1.7 milhão.

Pragas e doenças

Segundo Salas, as principais pragas da cultura da batata são: mosca branca, traça da batatinha, larva alfinete, mosca minadora, lagarta do cartucho e trips. Essas pragas podem reduzir a produtividade das lavouras entre 40% e 100% através de danos diretos e indiretos. Para evitar a ocorrência, o pesquisador indica o monitoramento constante das áreas plantadas e a utilização de sementes certificadas.

As principais doenças da cultura são a murchadeira, requeima, fusariose e canela-preta. Há também o grupo de vírus crinivírus, begomovírus e potivírus. “É possível a perda total da produção em decorrência do aparecimento de doenças bacterianas e as provocadas por fungos e vírus, dependendo da forma de transmissão e do sistema de cultivo. Para evitar a ocorrência, o produtor deve utilizar sementes certificadas e solo idôneo de inóculos destes patógenos”, explica Salas.

Related posts

FruitAttraction: Feira internacional de fruticultura é tema de reunião na Secretaria de Agricultura

carlos

Alho-semente livre de vírus tem produção consolidada na Bahia

Mario

Governo de SP isenta de ICMS hortaliças e frutas que passam por processamento mínimo

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais