fbpx
Revista Attalea Agronegócios
Image default
EVENTOS - DESTAQUES Outros Grãos

Lançada Expoarroz Tech 2019, que acontecerá de 14 a 16 de maio.

Realizado no Espaço Nave, em Pelotas (RS), o jantar de lançamento da Expoarroz Tech 2019, realizado na última quarta-feira (05), reuniu autoridades, imprensa local e representantes dos diferentes setores da cadeia produtiva do arroz. Novidades para a próxima edição, e a atual equipe de realização da feira, foram algumas das informações apresentadas ao público, que foi convidado a embarcar rumo ao futuro do mercado do arroz. A Expoarroz Tech ocorre de 14 a 16 de maio de 2019, em Pelotas (RS)

O coordenador da Expoarroz Tech 2019, Fernando Estima, assumiu a realização do protocolo de lançamento e apontou informações relevantes sobre a próxima edição da feira. A principal novidade prevista para a Expoarroz será o foco no cenário tecnológico na cadeia produtiva do arroz. Em 2019, o evento recebe mais uma edição do Fórum Expoarroz, que  terá como foco o cenário tecnológico, visando discutir os setores da cadeia produtiva, discutindo a produção e industrialização do arroz, qualificando seu processo, e promovendo o debate de assuntos relevantes ao setor como exportação e comercialização.

“Colocar tecnologia é uma das grandes saídas para agregar valor à produção. Somando isso à nossa capacidade de ensino e pesquisa sobre a questão portuária, e de logística, não tenho dúvida que inovação e tecnologia se farão presentes durante a feira”, afirmou Fernando Estima, que lembrou também a transversalidade da tecnologia entre todas as áreas de produção. “Teremos muito foco na inovação e tecnologia, que atinge pesquisa, colheita, agricultura de precisão e varejo. O fórum se repetirá, tendo novamente a oportunidade de debater grandes temas, do campo à mesa”, acrescenta.

Em 2019, a Expoarroz Tech vai receber a primeira edição do Round Tech, uma rodada, que contará com empresas desenvolvedoras de tecnologia para os mais diversos elos da cadeia produtiva, como: plantio, colheita, armazenagem, beneficiamento e áreas transversais, como ferramentas de gestão e Tecnologia da Informação. Também acontecerá a 7ª Internacional Rice Round Business, uma rodada de negócios que tem como objetivo trazer importadores de arroz de todo o mundo, para sentar-se à mesa e negociar com as indústrias e empresas exportadoras do arroz brasileiro, com o objetivo de abrir novos mercados para o arroz nacional. “É importantíssimo que se repita essa rodada internacional de negócios. O arroz se planta aqui, se colhe aqui, se industrializa, se exporta por aqui, nada mais justo que o setor manter os esforços para manutenção desta rodada”, afirma Fernando.

O Coordenador apresentou, ainda, a nova planta da feira: sua principal alteração foi a troca de lugar do Auditório, que sai do local tradicional para ser realocado ao lado esquerdo do ambiente da Expoarroz. O espaço original, segundo Estima, era confortável, porém dividia o público. Com a nova localização, será criado um equilíbrio para os visitantes, que terão o auditório de um lado, e as indústrias do outro. O auditório receberá, através de tecnologias avançadas, o poder de dispor e concentrar os painéis de maneira aberta.

Na sequência, Fernando Estima apresentou a equipe de realização da Expoarroz Tech 2019, formada por: Guilherme Schuch e Andreia Castro, no setor de Vendas e Financeiro; Luiza Brettas, responsável por Contatos Internacionais; Tiago Fortunato, da CH Stands, Montadora Oficial; Tatiane Mizetti, da Reverso Comunicação Integrada, na Assessoria de Imprensa; e Angela Velho, da Primmorum, responsável pela Relação com Patrocinadores.

Fechando o cerimonial de abertura, Fernando Estima afirmou: “Temos na Região Sul indústrias exportadoras, que atendem vários países. Queremos esses países aqui, somados aos compradores nacionais, para fortalecer esse setor. Espero que possamos colocar cada vez mais Pelotas no cenário nacional e internacional, e certamente o arroz é talvez uma das melhores ferramentas”.

O Lançamento da Expoarroz Tech 2019 contou ainda com um cardápio especial, voltado para a utilização do arroz como ingrediente principal de todos os pratos. Foram servidos diferentes tipos de petiscos de arroz, e no jantar, o tradicional Arroz de Carreteiro, e uma Paella, foram os pratos principais.

Presença de autoridades marca novo ciclo da Expoarroz

“O dia a dia de esforço dos setores, da disputa setorial, não é fácil, as junto com as entidades de classe temos recebido todo apoio necessário para conseguir fazer um evento em que se discuta a cadeira produtiva”. Desta forma, Fernando Estima agradeceu a presença de todos os representantes dos setores da cadeia produtiva do arroz, e também das autoridades que prestigiaram o lançamento.

Durante a cerimônia, o Coordenador da Expoarroz Tech fez a entrega do livro “Tropeiro que se fez Rei”, elencado por Estima como um dos documentários mais completos sobre a história do arroz na região, para a Prefeita Municipal de Pelotas, Paula Mascarenhas. Segundo Fernando, a história de Pedro Osório, contada no livro, está muito próxima a atual realidade do país, em que é preciso se reinventar: “É notório que encerramos um ciclo político no país, mas temos que nos reinventar. Acredito que conseguiremos fazer uma região melhor, pois o potencial que temos aqui dentro é suficiente para uma reconversão econômica, uma reindustrialização, e um volume maior de oportunidades”, afirma.

Na sequência, a Prefeita Paula Mascarenhas agradeceu o presente, afirmando que irá ler e aprender com os grandes líderes de nossa história, e parabenizou a iniciativa da equipe da Expoarroz Tech de unir a tecnologia a uma cadeia produtiva tão importante como a do arroz. “Pelotas tem muito orgulho do que vem construindo até aqui, e dessa cadeia produtiva da qual a cidade é referencia, que tem sustentado a nossa economia, e tem sabido enfrentar as dificuldades, se reinventar”, afirma Paula.

A Prefeita lembrou ainda que a cadeia produtiva do arroz precisa cada vez mais de apoio e estímulo, para agregar valor e gerar emprego. “Nosso governador eleito, Eduardo Leite, tem falado muito nisso, que a mudança vai se fazer através de quem produz, empreende e acredita nos valores e capacidade de trabalho e inovação”, encerra.

Sobre o assunto, Estima lembrou que há 108 anos a Região Sul não elegia um governador, e afirmou que agora é preciso convocar a todos os cidadãos para colaborar com o momento: “Com muito entusiasmo queremos contribuir com o governador que elegemos, e que aumentou a responsabilidade da região sul. Chegou o momento de iniciar o grande desafio, temos uma grande expectativa para trabalhar com um jovem que mostrou pra que veio e que pode ajudar a transformar e dar serenidade a uma série de movimentos”, comenta.

Por fim, o Coordenador da Expoarroz Tech 2019 lembrou das oportunidades e desafios postos para transformar a região: “Temos uma oportunidade gigantesca pela frente para fazer um porto mais eficiente, um distrito industrial mais recheado, modificar o modelo meramente de produção primária e conseguir ter um parque industrial recuperado”, encerrou.

Além da Prefeita, também participaram do evento o Chefe Geral da Embrapa Clima Temperado, Clenio Nailto Pillon; Presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz – Irga, Guinter Frantz; o Presidente do Sindicato Rural de Pelotas, Fernando Rechsteiner; o Vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul – FARSUL, Fábio Avancini; o representante do Sindicato das Indústrias do Arroz do RS, Thiago Barata; Luiz Carvalho, representando o as empresas varejistas; o Deputado Federal, Daniel Trzeciak; o Deputado Estadual, Luiz Henrique Viana; o Deputado Federal Suplente, Marco Marchand.

Arroz também é destaque em dois grandes eventos previstos para a Região Sul

Durante a cerimônia de lançamento da Expoarroz Tech 2019, Fernando Estima destacou a realização de dois importantes eventos da cadeia produtiva de arroz que serão realizados nos próximos anos na Região Sul. Em fevereiro de 2019, a região será sede da 29ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, uma realização da FEDEARROZ – Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul. Para 2020, está prevista a realização da Conferência Internacional de Arroz de Clima Temperado, evento que chega à Pelotas (RS) pelo esforço da equipe da Embrapa Clima Temperado.

O Presidente do IRGA – Instituto Rio Grandense do Arroz, Guinter Frantz, falou sobre a 29ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, e convidou o público para prestigiar o evento que acontece de 20 a 22 de fevereiro de 2019. “É um evento itinerante, e coube agora à região de Pelotas ser sede. Ele é uma realização da Federarroz, com apoio da Embrapa, e conta com programação voltada para reunir os produtores e demais interessados na cadeia produtiva do arroz”, informa Guinter.

Já a Conferência Internacional de Arroz de Clima Temperado foi apresentada pelo Chefe Geral da EMBRAPA Clima Temperado, Clenio Nailto Pillon. Ele destacou a realização dos três eventos na região, e apontou a importância da união entre as entidades envolvidas com o tema. “Nos próximos dois anos teremos uma atenção especial para a Região, o que é muito bom. Fizemos uma articulação com equipe técnica da Embrapa, visando trazer a Conferência em 2020, o que se tornou um motivo de orgulho. O evento reúne os melhores especialistas do mundo para falar das novas tecnologias relacionadas ao arroz de clima temperado”, conta Clenio.

FONTE: Grazieli Gotardo – REVERSO COMUNICAÇÃO INTEGRADA
assessoria@reversocomunicacao.com.br

Related posts

1° Força no Campo reúne produtores no interior paulista

Revista Attalea Agronegócios

25ª HORTITEC: Alltech Crop Science apresenta tecnologia à base de aminoácidos

Revista Attalea Agronegócios

25ª HORTITEC: Makita apresenta soluções para paisagismo e jardinagem

mkt

Deixe um comentário