Image default
ARTIGOSPolítica Agrícola

[Jônadan Hsuan Min Ma] – Carta da FEBRAPDP ao Governo do Paraná

Foz do Iguaçu, 22 de janeiro de 2019

 

Assunto: Reconhecimento da importância do IAPAR pela FEBRAPDP.

 

Ao Excelentíssimo Senhor Carlos Massa Ratinho Junior

Governador do Estado do Paraná

Com cópia para o Excelentíssimo Senhor Secretário da Agricultura Norberto Anacleto Ortigara

 

A Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (FEBRAPDP) é uma entidade nacional de utilidade pública, fundada por agricultores do Estado do Paraná em 1992, com o objetivo de promover a adoção do Sistema Plantio Direto (SPD) e da Irrigação no Brasil e no Mundo. Representa os produtores brasileiros praticantes da Agricultura Sustentável e da Irrigação racional nos mais variados ambientes, nacionais e internacionais, valorizando a atividade agropecuária brasileira. Atualmente, organiza, articula e promove a integração entre as esferas pública e privada por meio de debates e discussões relacionados a adoção de boas práticas agrícolas.

Concordamos com as estratégias do atual Governo do Estado do Paraná de reduzir o tamanho da máquina pública, melhorando a eficiência das suas instituições, racionalizando e melhorando a administração pública do Estado, como a redução das Secretarias de Estado de 28 para 15, em um primeiro momento.

Acompanhamos também, a proposta adotada pelo atual Governo do Estado do Paraná em fundir Pesquisa, Extensão e Desenvolvimento em uma única instituição. Para tanto, expressamos nesse documento nossa preocupação em relação a destinação que será dada às instituições Emater-PR e IAPAR, por se tratarem de instituições fundamentais para o progresso e desenvolvimento da agricultura no Paraná e no Brasil. Além disso, o IAPAR é conhecido historicamente como o berço das pesquisas no Sistema Plantio Direto em nosso país, uma vez que foi a primeira instituição pública a se dedicar e a acreditar no SPD desde 1976 (apenas quatro anos após o agricultor pioneiro Herbert Bartz iniciar o SPD em sua propriedade no Norte do PR, seguido anos depois pelos pioneiros de Mauá da Serra e por Nonô Pereira e Franke Dijkstra nos Campos Gerais). E todo esse trabalho, ao longo desses 46 anos, é reconhecido e referenciado internacionalmente. Sendo assim, para os membros da FEBRAPDP é difícil imaginar o fim dessa marca, mesmo sabendo do zelo com que a Vossa Excelência, o Senhor Secretário Norberto Anacleto Ortigara e toda a administração estão tratando a questão.

Diante do exposto, a diretoria da FEBRAPDP solicita que, de alguma forma, o nome IAPAR fosse mantido em seus produtos e que o CNPJ do Instituto também fosse mantido para salvaguardar a condição de Instituição de Ciência e Tecnologia, que lhe confere acesso às verbas de Ciência e Tecnologia, verbas da Lei de Inovação, isenções na aquisição de equipamentos e manutenção de curso de pós-graduação, dentre outras facilidades que não podem ser perdidas.

Reforçamos que novos quadros de pesquisa e de extensão sejam contratados para atender aos desafios da aplicação da Ciência na Agricultura moderna, que é a maior carência destas instituições no atual momento.

No mais, desejamos os melhores augúrios de uma profícua gestão e que a modernização do Estado possa promover uma melhoria nas entregas do novo marco institucional, trazendo maiores benefícios ao povo do Paraná e do Brasil. É o nosso desejo.

 

Atenciosamente,

Jônadan Hsuan Min Ma

Presidente da FEBRAPDP

Related posts

MAPA amplia calendário de semeadura da soja em sete estados

carlos

[Arnaldo Luiz Corrêa] – MERCADO DE AÇÚCAR – 28/05 a 01/06/2018

Mario

[Felipe Ceolin] – Desafios no período de creche na produção suína

Mario

Deixe um Comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais